• AbrilAbril

Enfermeiros com regras iguais à Função Pública

faviconsvg.svgxml

Nesta sexta-feira, às 15h, no Ministério da Saúde, representantes do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses e do Governo vão assinar um «acordo colectivo de trabalho parcelar e transitório», aplicado exclusivamente aos enfermeiros com contrato individual de trabalho.

O SEP aponta como próximo passo a marcação de reunião para iniciar o processo negocial de revisão da carreira de enfermagem
O SEP aponta como próximo passo a marcação de reunião para iniciar o processo negocial de revisão da carreira de enfermagemCréditosMário Cruz / Agência LUSA

Os 13 600 enfermeiros com Contrato Individual de Trabalho (CIT) vão cumprir, a partir de Julho, as 35 horas semanais, ter a mesma avaliação de desempenho e ser recrutados como os restantes profissionais da Função Pública.

As medidas constam do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), assinado hoje no Ministério da Saúde, às 15h, por representantes da tutela e do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP/CGTP-IN).

O acordo é exclusivamente aplicado aos enfermeiros filiados no sindicato em questão e abrange um total de 38 entidades empregadoras.

Os concursos, a avaliação de desempenho e o horário de 35 horas semanais são alguns dos procedimentos regulados no ACT, cuja assinatura conclui a segunda etapa do processo negocial que se iniciou em Março do ano passado.

Segundo José Carlos Martins, dirigente do SEP, com este acordo os enfermeiros com CIT passarão a ser sujeitos às mesmas regras de recrutamento que os restantes profissionais a trabalhar em organismos do sector público.

O dirigente sindical afirma ainda que as questões salariais vão ser abordadas em reuniões a realizar mais tarde, as quais deverão ficar já hoje calendarizadas.

/n

Ver original aqui.

Artigos relacionados

Bom dia Informo V. Ex.ª que ontem, dia 25 de Abril de 1974, vários funcionários faltaram ao serviço, invocando ter ocorrido uma revolução no País. Esclareço que esta re...
Cascais em "guerra" contra aumento do estacionamento pago *oposição quer consulta pública de "negócio" que rendeu mais de 2,.4 milhões no ano passado   Por Cascais24 09.05.201   Com os votos contra do PS...
AINDA O ESTACIONAMENTO… Authors: in PENSAR MAIS CASCAIS Cascais vai tomar uma péssima decisão sobre esta matéria na próxima Assembleia Municipal ao valid...
A VERDADE, AS MENTIRAS E AS INSINUAÇÕES Authors: in PENSAR MAIS CASCAIS Tenho vivido nos últimos anos numa incómoda encruzilhada entre a verdade e o politicamente correto.Optei, at&ea...
Edição de Agosto de 2016 - Le Monde Diplomatique Portuguesa Authors: in le Monde diplomatique Pt Índice Editorial Provocações atlânticas[1] . SERGE HALIMI Política S...
"Duvivier" e o contencioso tributário Authors: in LADRÕES DE BICICLETASNa passada 6ª feira, o noticiário da RTP3 conduzido por Ana Lourenço convidou Pedro Vital Matos para comenta...
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location
Digite o texto apresentado na imagem abaixo. Não está claro?

- Plataforma Cascais no Facebook

LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
Contacto: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 

SSL Certificate
SSL Certificate

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha