• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Portugal é dos países mais atrasados a implementar medidas anticorrupção

SEM O BOMBO DA FESTA NÃO HÁ FESTA

Desde os tempos em que Miguel Cadilhe informou o país de que haviam 150.000 funcionários públicos a mais e Cavaco Silva criou listas de disponíveis com vista ao seu despedimento que todos os males dos país são provocados pelos funcionários públicos. De vez em quando andam distraídos, com ciganos, africanos, gays, gagos e obstetras mas rapidamente voltam ao mesmo, o bombo da festa é sempre o funcionário público.
 
 
Não há nada em Portugal que não desague no Estado e todos os incidentes e crises, sejam financeiras ou da saúde, depressa alguém prova por dois e dois que a responsabilidade é do Estado e não tarda um qualquer político descobre logo que tudo se resolve com mais umas pancadas no bombo.
 
Ganham demasiado, a média salarial de médicos e de engenheiros é maior do que a média se salários na fábrica de parafusos? Cortam-se nos vencimentos, congelam-se aumentos e promoções. É preciso mais dinheiro para a Saúde? A solução é óbvia, aumentam-se os horários de trabalho, exigem-se mais consultas por hora, multiplicam-se os truques para aumentar a produtividade.
 
O modelo deu resultado, mas está sucedendo ao Estado o mesmo que sucedeu ao burro que se habituou a viver sem comer. Descobre-se que o vencimento de um professor não dá para pagar duas rendas de casa mais os transportes para as deslocações, que os médicos estão cansados com tantas horas e urgências, que os enfermeiros estão a ir-se embora, que em muitos serviços do Estado a maioria dos funcionários estão à beira da reforma.
 
Depois de quase trinta anos de festa em que se entretiveram a bater no bombo chega-se à conclusão que o bombo está à beira de rebentar e sem bombo deixa de haver festa. Mais um par de anos deste oportunismo político, deste processo de difamação dos funcionários públicos e iremos ver muita gente pagar com língua de palmo o ter andando a encontrar falsos culpados e falsas soluções.
 
Os serviços de urgências fecham porque faltam médicos jovens, os pais manifestam-se nas escolas por falta de polícias ou de funcionários auxiliares, os alunos estão sem aulas por falta de professores, os emigrantes não se legalizam por falta de recursos humanos no SEF, é impossível renovar o cartão do cidadão porque nos registo não há quem o faça. Um pouco por todo o lado o Estado rebenta. Afinal o burro precisava mesmo de comer.
 
 

Ver original em 'O Jumento' (aqui)

Artigos relacionados

Grande adesão à greve na Efacec apesar de ameaças
Grande adesão à greve na Efacec apesar de ameaças Cerca de 100 funcionários da Efacec cumpriram, sexta-feira, o segundo dia de greve de duas horas para reclamar aumento... 32 views Sun, 17 Nov 2019, 16:52:47
Protesto contra falta de pessoal na Casa Pia
Protesto contra falta de pessoal na Casa Pia Contra a falta de pessoal e de condições de trabalho, os funcionários do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria P... 24 views Fri, 15 Nov 2019, 14:12:29
Adesão quase total à greve na Renault em Aveiro
Adesão quase total à greve na Renault em Aveiro Terminou esta terça-feira a paralisação dos trabalhadores da Renault Cacia, que exigem o aumento dos salários e o fim ... 30 views Wed, 13 Nov 2019, 19:55:54
Pedreiras de mármore não podem ser «poços de morte»
Pedreiras de mármore não podem ser «poços de morte» Depois de mais um acidente mortal ocorrido no passado sábado, o sindicato do sector denuncia as perigosas condições de... 11 views Mon, 11 Nov 2019, 17:21:10
De um décimo para um quarto com SMN
De um décimo para um quarto com SMN Só falta concluir correctamente !     (clicar para aumentar) "Ainda de acordo com os últimos da... 29 views Thu, 07 Nov 2019, 15:49:55
Frente Comum não aceita «limitações» dos últimos 4 anos
Frente Comum não aceita «limitações» dos últimos 4 anos O manifesto reivindicativo para 2020 dos trabalhadores da Administração Pública exige o aumento salarial mínimo de 90 ... 42 views Wed, 30 Oct 2019, 14:57:18

Trabalho

  • Criado em .
  • Visualizações: 60

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades