• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Luta pela urgência de mais funcionários na Escola BS Oliveira Júnior

Aprovação de nova Lei de Bases Saúde ainda é possível

Novo fôlego dado à negociação com proposta entregue ontem ao Governo pelo PCP, que poderá permitir ainda a convergência para uma nova Lei de Bases da Saúde.

Créditos / Rádio Campanário

A votação da Base mais polémica – aquela que versa sobre a gestão privada em regime de parcerias público-privadas (PPP) – do texto da Lei de Bases da Saúde (LBS) foi novamente adiada.

Prosseguem as negociações depois de ontem o PCP ter enviado ao Governo uma proposta que pode permitir que se chegue a bom porto na aprovação de uma LBS em sentido mais progressista do que aquela que vigora hoje.

Lê-se em nota de imprensa que para aquele partido há «ainda espaço para que a discussão prossiga de forma a que se encontre solução para os vários problemas referenciados» e que têm impedido a convergência para aprovação do texto.

Através do cruzamento de diversas normas do texto da LBS em discussão, o PCP vem garantir que é possível garantir que os estabelecimentos de saúde tenham gestão pública, ao mesmo tempo que possa contratualizar-se com privados a «prestação de cuidados (e não da gestão dos estabelecimentos de saúde), de forma supletiva e temporária e fundamentando a sua necessidade» sempre que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) não tem os meios necessários para dar resposta.

Ao mesmo tempo, o PCP propõe a revogação do Decreto-Lei que definiu o regime das PPP na Saúde e a definição de um regime transitório que impeça a renovação das actuais PPP.

Esta proposta vai em sentido diverso da proposta do BE que há dias propunha que a LBS fosse omissa quanto a PPP, o que encerraria em si o risco de qualquer governo, em qualquer momento, pudesse vir a definir a gestão privada em regime de PPP de qualquer estabelecimento de Saúde.

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/nacional/aprovacao-de-nova-lei-de-bases-saude-ainda-e-possivel

Artigos relacionados

António Arnault
António Arnault     Conheci-o na Noruega, há quatro décadas, numa delegação parlamentar, que ele chefiava. Eu estava enc... 32 views Mon, 16 Sep 2019, 11:21:20
Presidente promulga Lei de Bases da Saúde criticando a «exclusão» da d...
Presidente promulga Lei de Bases da Saúde criticando a «exclusão» da d... O Presidente da República admitia, em Janeiro, chumbar uma nova Lei de Bases da Saúde, mesmo que o diploma fosse votad... 153 views Sat, 17 Aug 2019, 00:51:59
Bufarias e outras manifestações de falta de escrúpulos no setor da saú...
Bufarias e outras manifestações de falta de escrúpulos no setor da saú... Por uma vez tenho de dar razão a um dos responsáveis editoriais do «Público», David Pontes, por ter assinado um ed... 31 views Fri, 09 Aug 2019, 11:49:48
ADSE: da «obscura» revisão das tabelas à regularização adiada
ADSE: da «obscura» revisão das tabelas à regularização adiada Para Francisco Braz, membro do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, é «inaceitável» o actual incumprimento dos praz... 39 views Sun, 04 Aug 2019, 17:25:56
Portugal | Profissionais da saúde não merecem isto
Portugal | Profissionais da saúde não merecem isto     Manuel Molinos * | Jornal de Notícias | opinião   O facto de apenas admitir que uma mulher pu... 69 views Mon, 22 Jul 2019, 14:05:52
ODiario.info » Votar na Saúde
ODiario.info » Votar na Saúde Jorge Seabra    08.Jul.19 Com as piruetas do Governo minoritário do PS a que se vem assistindo, quem q... 103 views Mon, 08 Jul 2019, 10:32:33

Saúde, Dossiê: Revisão da Lei de Bases da Saúde

  • Criado em .
  • Visualizações: 292

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate