• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Jerónimo afirma que "chantagem" do PS revelou convergência com a direita

Jerónimo afirma que "chantagem" do PS revelou convergência com a direita

O secretário-geral do PCP disse hoje, em Benavente, que a "operação de chantagem de demissão do Governo" veio mostrar a convergência do PS com a direita e o "fito" de alcançar vantagem eleitoral.

Jerónimo de Sousa discursava no final de um almoço que reuniu cerca de 300 pessoas em Benavente (distrito de Santarém), no qual fez um apelo ao reforço do voto na Coligação Democrática Unitária (CDU, que junta o PCP aos Verdes e à Intervenção Democrática) num ano de "importantíssimos combates eleitorais".
"Aquilo a que assistimos nos últimos dias à volta da demissão do Governo a pretexto da reposição do direito à progressão de carreiras dos professores e restantes trabalhadores com carreiras especiais é bem revelador [...] de como PS, PSD e CDS continuam irmanados na obediência à submissão às imposições da União Europeia, colocando-as à frente dos direitos dos trabalhadores e da resposta aos problemas nacionais", afirmou.

Para Jerónimo de Sousa, a "ameaça de demissão do Governo a cinco meses de eleições é denunciadora dos seus propósitos" e foi feita "com o fito de obtenção de uma possível vantagem eleitoral, a pensar que a precipitação das eleições pudesse deixar o PS perto da maioria absoluta".


O líder comunista considerou "particularmente reveladores" os argumentos utilizados pelo Governo e pelo PS, ao "repor o velho discurso da política do PEC e do 'pacto de agressão', embrulhado na apocalíptica ameaça da insustentabilidade financeira" e de que "não há alternativa".

Jerónimo de Sousa afirmou que depois da "ameaça" de demissão do primeiro-ministro, António Costa, foram muitos os que pediram ao PCP para não deitar o Governo abaixo e não deixar a direita regressar, até invocando, em relação às reivindicações, que "não se pode ter tudo ao mesmo tempo", o que o levou a "partilhar uma reflexão".

"Então, o mesmo Governo que diz, acompanhado depois pela direita, que não há possibilidade, segundo os critérios da União Europeia e as disponibilidades orçamentais, que concretizar esta medida não tinha sustentabilidade orçamental, financeira. Ai não? Então, camaradas, vamos lá a contas", desafiou, apontando o que se passou com o Novo Banco.

"Reparem, a mesma verba que anunciaram para os professores -- que é falsa, porque é para todos os setores da Administração Pública --, é precisamente a verba que o Novo Banco está a receber sem nenhuma preocupação por parte da União Europeia, do Governo do PS, da direita, de que isso iria atrasar as contas públicas".

"Ou seja, dois pesos e duas medidas. Quando se trata do grande capital, dos banqueiros e da banca, mãos rotas para os amigos. Quando se trata de direitos dos trabalhadores, aqui d'el rei que não tem sustentabilidade orçamental", declarou.

Para o líder comunista, a "operação de chantagem de demissão do Governo" e o que se passou a seguir veio mostrar a "convergência" do PS com o PSD e o CDS e confirmar que o que permitiu alguns avanços na reposição de direitos "não foi o PS, mas as circunstâncias e a correlação de forças na Assembleia da República".

Advertindo que uma maioria do PS nas próximas eleições irá travar esse avanço, Jerónimo de Sousa afirmou que a CDU não aceitará um "caminho de retrocesso", apelando à votação no partido já nas eleições europeias do próximo dia 26 para que haja um reforço dos deputados "que defendem os trabalhadores e o povo" e não dos que "vão obedecer às imposições europeias, como PS, PSD e CDS".

Lusa | Notícias ao Minuto

Ver o original em 'Página Global' na seguinte ligação:

https://paginaglobal.blogspot.com/2019/05/jeronimo-afirma-que-chantagem-do-ps.html

Artigos relacionados

A pulsão maioritária. Por Josep M. Vallès
A pulsão maioritária. Por Josep M. Vallès     Seleção e tradução de Francisco Tavares UM ESPECIAL AGRADECIMENTO AO PROFESSOR JOSEP M. VALLÈS POR ... 26 views Sat, 21 Sep 2019, 00:05:25
Ontem foi assim...
Ontem foi assim... A FESTA acaba sempre em FESTA. Por todo o lado se ouvia "A Carvalhesa" só que não me era dado ver aquele espectác... 28 views Sun, 15 Sep 2019, 11:58:20
Voto na CDU dá garantias na defesa dos trabalhadores e do povo
Voto na CDU dá garantias na defesa dos trabalhadores e do povo Jerónimo de Sousa sublinhou que as eleições «não são para eleger primeiros-ministros, são para eleger deputados. A vid... 37 views Mon, 09 Sep 2019, 00:32:44
Só de doidos
Só de doidos   Já alguma vez se viu um patrão encabeçando a manifestação dos seus trabalhadores e reivindicando melhores salári... 38 views Sun, 08 Sep 2019, 16:44:41
Portugal | "O voto na CDU conta e conta bem" para impedir maioria abso...
Portugal | "O voto na CDU conta e conta bem" para impedir maioria abso...     Jerónimo de Sousa acredita que foi "derrotada a versão revanchista da política de direita em 2015". ... 40 views Sun, 08 Sep 2019, 15:58:42
As televisões dos patrões
As televisões dos patrões A Festa abriu às 19 horas, consciente da perfídia, vasculhei o noticiário das 20 da RTP/SIC/TVI para saber como ser... 34 views Sat, 07 Sep 2019, 01:14:42

Partido Comunista Português, Partidos

  • Criado em .
  • Visualizações: 129

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades

Eventos

21
Set.
PATXI ANDION 50 ANIVERSARIO
sábado, 21 Set. 2019 - 21:00
  1.  Administração web
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate