• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Jerónimo afirma que "chantagem" do PS revelou convergência com a direita

Trabalhadores da Administração Pública saem à rua esta sexta-feira

Dezenas de milhares de trabalhadores da Administração Pública são esperados, em Lisboa, na manifestação nacional da Frente Comum, num protesto contra a falta de resposta do Governo às suas reivindicações.

Greve dos trabalhadores da Administração Pública em vários sectores. Foto de arquivo. Créditos / Frente Comum

A manifestação nacional que se realiza amanhã, para a qual estão previstos «muitos milhares» de trabalhadores oriundos de todos os distritos do País, está programada para arrancar às 15h do Marquês de Pombal, em direcção à residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento.

«Pensamos que esta manifestação vai ter muitos milhares de pessoas», frisou ontem aos jornalistas Ana Avoila, coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP-IN), em conferência de imprensa, tendo acrescentado que há um «descontentamento geral» com «a postura inqualificável do Governo».

Em comunicado, a Frente Comum considerou ser «lamentável» que o Executivo do PS, apesar de ter todas a condições políticas para uma «mudança efectiva» na «melhoria das condições de vida e de trabalho na Administração Pública», optando ao invés por uma estratégia de tentar colocar «trabalhadores contra trabalhadores».

«O Governo, ao não se sentar [nas negociações] faz uma demonstração, não só de falta de respeito pelos sindicatos, mas sobretudo pelos trabalhadores e indicia que não está disponível para responder aos problemas», acrescentou Ana Avoila.

Os trabalhadores da Administração Pública exigem aumentos salariais para todos, num mínimo de 60 euros para as remunerações mais baixas e de 4% para os restantes, em oposição ao aumento discriminatório imposto pelo Governo, que mantém o congelamento que persiste desde 2009 para 600 mil trabalhadores.

Outras reivindicações passam pela revisão da Tabela Remuneratória Única, que está desactualizada há anos, a contagem de todo o tempo de serviço para o efeito das progressões, a reposição e valorização das carreiras, a regulamentação do suplemento de insalubridade, risco e penosidade, bem como o fim da precariedade no Estado e a conclusão do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública.

 

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/trabalho/trabalhadores-da-administracao-publica-saem-rua-esta-sexta-feira

Artigos relacionados

Trabalhadores da General Motors nos EUA em greve
Trabalhadores da General Motors nos EUA em greve Sendo a primeira paralisação em 12 anos, a greve abrange cerca de 48 mil trabalhadores do gigante General Motors e foi... 31 views Mon, 16 Sep 2019, 15:42:16
Novo sindicato nos Açores para unir e organizar os trabalhadores
Novo sindicato nos Açores para unir e organizar os trabalhadores Novo sindicato, SITACHT, filiado na CGTP-IN, tem representação de quatro sectores de actividade: Indústria Transformad... 40 views Sat, 07 Sep 2019, 00:40:18
Fábrica de têxteis encerra nas férias e deixa 60 trabalhadoras sem emp...
Fábrica de têxteis encerra nas férias e deixa 60 trabalhadoras sem emp... A carta de despedimento chegou a 26 de Agosto e deixou 60 funcionárias desempregadas e surpreendidas com o encerrament... 28 views Thu, 05 Sep 2019, 15:25:37
Direito à greve em causa no protesto dos tripulantes da Ryanair em Esp...
Direito à greve em causa no protesto dos tripulantes da Ryanair em Esp... Os primeiros 2 de 10 dias de greve agendados para Setembro contra o encerramento de 4 bases da Ryanair em Espanha fica... 48 views Tue, 03 Sep 2019, 18:29:31
CGTP-IN exige a integração dos 46 trabalhadores que fazem falta à RTP
CGTP-IN exige a integração dos 46 trabalhadores que fazem falta à RTP O secretário-geral da CGTP-IN participou numa concentração de trabalhadores da RTP em Vila Nova de Gaia e exigiu que o... 35 views Tue, 03 Sep 2019, 18:28:08
O que Mário Centeno deveria ter perguntado aos Funcionários Públicos
O que Mário Centeno deveria ter perguntado aos Funcionários Públicos Eugénio Rosa Qual é motivação que podem ter no trabalho se, depois de 4 anos deste governo, o seu poder de compra... 28 views Mon, 02 Sep 2019, 18:10:58

Trabalho

  • Criado em .
  • Visualizações: 59

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades

Eventos

21
Set.
PATXI ANDION 50 ANIVERSARIO
sábado, 21 Set. 2019 - 21:00
  1.  Administração web
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate