O vírus, a razão e a emoção

Isabel do Carmo *
9 de Julho de 2020
 
 

O vírus anda por aí e as pessoas também. A prevenção com as medidas indicadas e que neste momento mereciam nova campanha é o melhor produto da razão.

 
Virus001
 

 

 

O vírus é tudo o que há de mais parecido com as primeiras formas de vida em cima da terra, há milhares de milhões de anos. Faz o que sabe, hospedar-se e multiplicar-se. Todavia, o ser humano, há uns escassos 300 mil anos, possui um cérebro que dá para raciocinar, transmitir aos outros e sobretudo usar para actuar sobre a realidade. Esta é a razão. Mas como não há razão pura, é acompanhada de emoção. E o medo pode chegar ao alarme e ao pânico. É a condição humana. Porém, usá-lo como arma de arremesso e manobra política excede o campo da luta de ideias para pertencer à área da moral. E é feio.

O medo é o que permite aos animais em geral e ao ser humano sobreviver. Mas há um momento em que a emoção pode transformar o medo em alarme e este conduzir ao pânico. O raciocínio fica bloqueado, a acção descontrola-se e a doença deixa de ser acompanhada da serenidade necessária. Agrava-se. Ora neste momento precisamos: pensar com clareza, aplicar prevenção e ter esperança. Após o terramoto de 1755, o padre Malagrida percorria as ruas proclamando que era a consequência dos pecados da população e do poder político da altura, o Marquês. Este respondeu cruelmente, mas construiu uma nova cidade. Há sempre Malagridas que esperam por nós... Felizmente não há política cruel, há democracia.

De acordo com os dados da excelente conferência que o pneumologista Filipe Froes proferiu a 30 de Junho na sessão realizada no Infarmed por um grupo de profissionais com o título Estamos do lado da solução, a expressão do vírus nas pessoas atingidas é a seguinte: 85% não tem sintomas, 15% tem sintomas e 5% morre. Aquilo que se tem feito em todos os países (excepto a pequena Islândia) não são estudos de prevalência com amostras aleatórias. Segue-se a trajectória da observação: começa no doente e, portanto, nos sintomas. É extraordinário o trabalho hospitalar, a capacidade de transformar espaços, estabelecer isolamentos, separar doentes de acordo com a gravidade. O pessoal dedica dias e noites ao tratamento. Merecem a alegria de terem salvo muitas vidas.

Mas há um outro trabalho que não é tão destacado. Pelo contrário, pode ser minado pela desconfiança. É o trabalho de formiguinhas dos médicos de família e dos médicos de saúde pública. Sigamos o doente. Tem febre, tem tosse, tem dificuldades respiratórias e vai ou ao hospital ou ao Centro de Saúde. Só com alguma gravidade indica hospitalização. Se for ao Centro de Saúde, há uma triagem à entrada que direcciona o doente com estes sintomas para um ou mais centros criados pelos Agrupamentos de Centros de Saúde da zona, destinados exclusivamente para estas queixas. É feita a colheita e a maior parte dos doentes vai para casa e aguarda pelos resultados cerca de dois dias. Se o doente for positivo, mas sem gravidade, o que se passa na maioria dos casos, passa a ser vigiado diariamente pelo médico de Medicina Geral e Familiar e é isolado em casa, separado dos familiares, tanto quanto possível. No entanto, todo o resto da família também é confinado de quarentena em casa, até o doente negativar na análise. É aqui que entra o trabalho do médico de saúde pública, que faz o chamado inquérito epidemiológico, que é um trabalho de detective – por onde andaram, onde trabalhavam, com quem conviveram. Por vezes são localizados bairros, pontos de partida do contágio. Todos os contaminados passam a fazer parte de uma plataforma informática, à qual têm acesso por código o respectivo médico de família e o médico de saúde pública. Para quem sabe o que é depender de plataformas informáticas, calcula o que foi montar isto a funcionar em tempo relâmpago. Detalha-se toda esta rede, para que o público em geral tenha consciência do que se passa nos bastidores para salvaguarda da saúde de todos nós e que não aparece nos alarmes e protestos injustos.

E é aqui que entra a realidade de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), como entrou e entra a região do Porto. Graças ao estreitamento de entrada para as faculdades ocorrida nos anos 90 do século XX, em 2018 (últimos dados acessíveis) os médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF) com menos de 55 anos eram apenas 23 por 100.000 habitantes no país em geral. Por outro lado, tal como descreveu na mesma sessão o professor Correia de Campos, incluindo o seu mea culpa, à medida que a população se concentrava à volta dos grandes centros metropolitanos, nomeadamente à volta de Lisboa, a percentagem de colocação de médicos em LVT ia diminuindo. De tal modo que quando se faz a diferença do número de médicos por 100.000 habitantes entre 1996 e 2018 (INE) esta região é de longe a mais prejudicada, com uma redução de cerca de 25% dos médicos entre os 31 e 55 anos, enquanto todas as outras aumentavam! Inteligente? Não. Demagogia política para satisfazer descentralização? Talvez.

Quanto aos médicos de Saúde Pública, a realidade é dramática. Nesta região há apenas 101 e a idade média é de 59 anos. A maior parte, ao escolher a especialidade, sonhava actuar sobre as determinantes da Saúde (habitação, alimentação e outras), mas vê-se confinada a juntas médicas e burocracia. Este é o panorama técnico e clínico numa região em que a norte e a sul do concelho de Lisboa crescem bairros que têm todas as condições para a expansão da epidemia. Adaptando a análise do geógrafo Hervé Thery (escola francesa de geografia) publicada a 5 de Julho de 2020 na La Revue Géopolitique relativa ao Brasil, alguns destes nossos bairros têm as seguintes características: densidade populacional com alojamento com mais do que duas pessoas por compartimento, baixa relação entre a população activa e a economicamente dependente, água e esgotos insuficientes, percentagem elevada de afrodescendentes, poucos anos de estudo, taxa de analfabetismo acima da média e elevada percentagem de pessoas de 18 anos ou mais sem rendimento. Estão reunidas todas as condições. Quando os historiadores da ciência estudam as epidemias, localizam a primeira epidemia da varíola no século IV a.C., quando começaram a aglomerar-se as cidades. E o vírus foi endémico até ao aparecimento da vacina. Mas, neste momento, o ser humano e a sua razão poderiam, para além de criar vacinas, pensar as cidades em função da saúde e não do lucro.

A Saúde Pública poderia então ter uma palavra a dizer, não só em aconselhamento mas em decisões. No ano de 2018 houve um total de óbitos de 113.051 pessoas, em 10.283.820 registadas. Isto talvez ajude a relativizar os nossos 1600 da covid-19. Foram sobretudo pessoas mais velhas e nos meses frios. Digamos que é “natural”, embora não seja natural viver com frio. Mas o que já não é natural é que a causa de morte tenha sido a diabetes para 4000, provavelmente subavaliada. Não fosse esta sociedade obesogénica e teriam sido muito menos. Tivesse poder a Direcção-Geral da Saúde e houvesse vontade política dos municípios para além das rotas pedestres e não haveria abertura de grandes estabelecimentos de marca de comida hipercalórica na área das escolas dos ciclos e do secundário, nem com grande evidência ao lado do Estádio Universitário. Não venham com a liberdade de escolha individual, que é argumento que já não colhe em nenhuma investigação científica!

São os dez milhões de infectados no mundo pela covid-19 e as 500.000 mortes já assinaladas que assustam a Organização Mundial da Saúde e com razão. Portugal tem evoluído em lume brando e deve olhar-se para os números de internados e de óbitos mais do que para os números de infectados. O vírus anda por aí e as pessoas também. A prevenção com as medidas indicadas e que neste momento mereciam nova campanha é o melhor produto da razão.

E há a esperança. Porque os seres humanos, a par das manobras políticas, também sabem cuidar uns dos outros. A vacina vai atrás do dinheiro, mas sobretudo vai atrás de um grande entusiasmo e colaboração científica. E ela virá

* Médica; professora da Faculdade de Medicina de Lisboa; activista política

 

Artigos relacionados

Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra
Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra Jagadeesh Nv / EPA   O novo coronavírus continua a alastrar-se um pouco por todo o mundo. Enquanto alguns países estão a conseguir lidar com a pandemia de covid-19, outros estão a fracassar nessa tarefa. ... 7 views Mon, 10 Aug 2020,
EUA, Brasil e Índia têm quase metade dos casos de coronavírus no mundo
EUA, Brasil e Índia têm quase metade dos casos de coronavírus no mundo De acordo com Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS, EUA, Brasil e Índia, que estão sofrendo aumentos rápidos nos casos de coronavírus, ainda podem superar a pandemia. Os três países somam mais de 7,5 milhõ... 72 views Fri, 24 Jul 2020,
Brasil passa marca de 75 mil mortes por COVID-19
Brasil passa marca de 75 mil mortes por COVID-19 Rio de Janeiro, 15 jul (Xinhua) -- O Brasil superou a marca de 75 mil óbitos pela COVID-19, após confirmar mais 1.233 mortes nas últimas 24 horas, elevando o total para 75.366, de acordo com o boletim divulgado nesta... 56 views Thu, 16 Jul 2020,
Consenso e conhecimento em democracia
Consenso e conhecimento em democracia Tive oportunidade de me pronunciar favoravelmente sobre o mecanismo de informação relativo à pandemia de Covid-19 dirigida a dirigentes políticos e sociais, tal como foi praticado, com uma periodicidade irregular, ... 88 views Wed, 15 Jul 2020,
Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax
Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax revger / Flickr   O facto de vários departamentos de saúde pública norte-americanos ainda utilizarem o fax para trocarem informação com hospitais, centros de saúde e laboratórios que realizam testes de ... 51 views Tue, 14 Jul 2020,
 Maternidade sob controle
Maternidade sob controle por Andrea Natalia Rivera Rosario [*]     Os porto-riquenhos são sem dúvida a raça mais suja, preguiçosa, degenerada e ladra entre os homens que alguma vez habitaram esta esfera.   O que a i... 85 views Wed, 08 Jul 2020,

Saúde, Covid-19

  • Criado em .
  • Visualizações: 186

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Filtrar por categoria
10, agosto 2020

DESPISTE. Condutor de 80 anos ferido na estrada da Malveira da Serra

em Cascais

por CASCAIS24

SEGURANÇA Bombeiros, técnico do INEM e GNRs socorrem o ferido (Fotos BVAlcabideche) Por Redação 10 agosto 2020 Um homem, na casa dos 80 anos, ficou ferido no despiste do veículo ligeiro que conduzia, esta segunda-feira,…
10, agosto 2020

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava “morta”

em Mundo

por ZAP in ZAP

Yuri Gripas / EPA POOL   Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que “a NASA estava fechada e morta” até que o próprio fez com que voltasse a…
10, agosto 2020

Ataturk – citação (Homenagem à criação do museu Agia Sophia)

em Mundo

por Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

  “As regras e teorias de um velho sheik árabe chamado Maomé e as abstrusas interpretações de gerações de sujos e ignorantes padrecos fixaram a lei civil e penal da Turquia. Eles determinaram a forma…
10, agosto 2020

O rei vai nu

em Mundo

por in 'Estátua de Sal'

(Daniel Oliveira, in Expresso, 08/08/2020) Daniel Oliveira As suspeitas que recaem sobre Juan Carlos não são, na sua natureza, muito diferente das que recaíram sobre José Sócrates. Mas um foi detido à chegada a Lisboa,…
10, agosto 2020

A hora dos reformadores sociais

em Portugal

por Mudar de Vida

 9 Agosto 2020 Chovem as promessas de que “isto” tem de mudar, por se ter tornado (evidentemente) insustentável. “Isto” é o aumento das desigualdades, o desperdício, a destruição ambiental. Disse-o recentemente, falando para o mundo,…
10, agosto 2020

Portugal fora da lista de países que querem proibir robôs assassinos

em Mundo

por Lusa in ZAP

Chris.Jeriko / Flickr   Apesar de apoiar a realização de negociações para o fim do uso de robôs assassinos em conflitos militares, Portugal está fora da lista de países que procuram explicitamente proibir armas totalmente…
10, agosto 2020

Suspeito de matar Marielle foi instrutor de tiro de Flávio Bolsonaro

em Mundo

por Brasil24/7

Em depoimento ao Ministério Público do Rio (MP-RJ), Flávio Bolsonaro confessou que ex-capitão do Bope e miliciano Adriano da Nóbrega, morto na Bahia e suspeito pelo assassinato da vereadora Marielle Franco, foi seu instrutor de…
10, agosto 2020

Morreu músico angolano Waldemar Bastos

em Mundo

por Fernanda Mira

10/08/2020     O músico angolano Waldemar Bastos morreu hoje de madrugada em Lisboa, vítima de cancro, aos 66 anos, disse fonte do gabinete de comunicação do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente de Angola.…
10, agosto 2020

Presidente do Líbano quer ajuda, mas não aceita imposições de Bolsonaro, Macron e Trump

em Mundo

por Brasil24/7

Nenhuma potência colonial poderá retornar ao Líbano, diz presidente da República do Líbano, Michel Aoun. A renúncia do governo libanês abre portas à interferência estrangeira, aponta o ministro da Indústria, um dos encarregados de esclarecer…
10, agosto 2020

Ministros de Bolsonaro dão versões diferentes sobre reunião que articulou golpe de Estado em maio

em Mundo

por Brasil24/7

Ministros dão versões contraditórias sobre reunião de 2 de maio na qual Bolsonaro articulou com generais um golpe de Estado com o fechamento do STF. Projeto foi frustrado, mas o país esteve à beira de…
10, agosto 2020

Novo Banco vendeu seguradora com desconto de 70% a magnata condenado por corrupção

em Portugal

por ZAP in ZAP

José Sena Goulão / Lusa António Ramalho, presidente do Novo Banco O Novo Banco vendeu em outubro uma seguradora com desconto de quase 70% a fundos geridos pela Apax, operação que gerou uma perda de…
10, agosto 2020

Nova identidade, ordenado e casa. PJ deverá recrutar Rui Pinto para ser investigador do Estado

em Portugal

por ZAP in ZAP

Mário Cruz / Lusa   O Correio da Manhã avançou este domingo que a Polícia Judiciária (PJ) vai recrutar o pirata informático Rui Pinto, criador do Football Leaks e fonte do caso Luanda Leaks, para…
10, agosto 2020

Racismo estrutural

em Mundo

por António Duarte

O recorte do Jornal de Notícias é de 28 de Julho de 1888. Mais de um século volvido sobre a Declaração de Independência dos EUA, onde solenemente se proclamava a crença de que todos os…
10, agosto 2020

Bloco revela os três pilares da negociação do OE2021

em Portugal

por ZAP in ZAP

Mário Cruz / Lusa   O Bloco de Esquerda revelou os seus três pilares fundamentais da negociação para o Orçamento do Estado para 2021. O PCP e o PAN não abriram jogo, enquanto o PEV…
10, agosto 2020

Plano do hidrogénio vai sair “muito caro” aos portugueses

em Portugal

por ZAP in ZAP

Matt Gibson / Flickr   Os fundadores da Tertúlia Energia defendem que o plano do hidrogénio do Governo tem várias lacunas e vai custar “muito caro” aos consumidores portugueses.   Num artigo publicado no jonal…
10, agosto 2020

No Novo Banco cumpre-se o ditado: cada tiro, cada melro!

em Portugal

por jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Em 2015 o Novo Banco vendeu a seguradora Tranquilidade ao fundo norte-americano Apollo por 40 milhões de euros. Quatro anos depois, em Julho de 2019, o novo proprietário transacionou esse ativo, juntamente com a Açoreana…
10, agosto 2020

Oficial do Fed dos EUA pede quarentena econômica para "esmagar vírus"

em Mundo

por XINHUA Português

Washington, 8 ago (Xinhua) - O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) de Mineápolis, Neel Kashkari, pediu "uma quarentena mais restritiva" por até seis semanas para acabar com a disseminação de…
10, agosto 2020

Laboratório construído pela China ajuda Iraque em batalha contra COVID-19

em Mundo

por XINHUA Português

Bagdá, 8 ago (Xinhua) - É uma corrida contra o tempo. Os médicos estão embaralhando pilhas de amostras de cotonetes à espera do teste de COVID-19 em um laboratório construído pela China no Iraque.  …
10, agosto 2020

Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra

em Mundo

por ZAP in ZAP

Jagadeesh Nv / EPA   O novo coronavírus continua a alastrar-se um pouco por todo o mundo. Enquanto alguns países estão a conseguir lidar com a pandemia de covid-19, outros estão a fracassar nessa tarefa.…
10, agosto 2020

Governo vai lançar plano para salvar empresas viáveis em dificuldades (e perdoar juros ao Fisco)

em Portugal

por ZAP in ZAP

José Sena Goulão / Lusa   O Governo vai lançar um plano para salvar empresas viáveis que será um novo mecanismo temporário para ajudar empresas que se encontrem em situação económica difícil ou em insolvência…
10, agosto 2020

Gestão privada: dois mitos desfeitos

em Portugal

por Ladrões de Bicicletas (Vicente Ferreira)

  Reagindo à notícia do Público sobre mais um negócio duvidoso com prejuízos cobertos pelo Estado, o Novo Banco fala numa "campanha continuada" do jornal e ameaça processá-lo. Já se percebera que a gestão privada…
10, agosto 2020

Juventude do MAS pede apoio à luta pela democracia na Bolívia

em Mundo

por AbrilAbril

A Juventude do Movimento para o Socialismo (MAS) juntou-se aos protestos em defesa da democracia. Grupos paramilitares atacaram, este domingo, manifestantes em vários pontos do país andino. Manifestantes reunidos em Parotani, na auto-estrada Cochabamba–Oruro, exigem…
10, agosto 2020

Dona da TVI passa de lucros a prejuízos de 14,4 milhões. A culpa é da pandemia e das audiências

em Portugal

por Lusa in ZAP

TVI / Facebook   O grupo Media Capital obteve um prejuízo de 14,4 milhões de euros no primeiro semestre deste ano face a 5,9 milhões de lucros em igual período de 2019, segundo dados provisórios…

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate