• Página Global

Portugal | A cega que só vê o que quer

 
 
Paulo Baldaia | Jornal de Notícias | opinião
 
Tenho vergonha de uma sociedade que prende preventivamente uma mulher que joga no meio do lixo o filho acabado de nascer. Tenho vergonha de uma justiça que parou num dia qualquer há mais de quatro mil anos, sentenciando "olho por olho, dente por dente" e jogando essa mulher no meio do lixo.
 
Quem pode não saber que uma mulher assim, jovem e sem-abrigo, é alguém que acumula tanto sofrimento que torna impossível que não seja cada um de nós tão ou mais culpado que ela pelo que a ela e ao seu filho aconteceu? Quem pode ser tão cruel para se apressar a castigar quem precisa de ajuda psicológica e tratamento médico?
 
Não nos podemos iludir, esta decisão não é fruto de um algoritmo, não nasce do acaso. Brota de uma agenda populista, de uma Comunicação Social tabloide que semeia culpas para colher sentenças, de comentadores e políticos justiceiros a quem uma parte do Ministério Público e alguns juízes gostam de fazer a vontade. Uma imigrante africana, desinserida da sociedade, que cometeu o crime de abandonar um recém-nascido em condições que podiam ter sido fatais só é um caso a necessitar de uma "sentença" exemplar para uma justiça que alinha as suas preocupações com os populistas, que não têm nunca disponibilidade para procurar resolver, antes se apressam a condenar sem querer saber como foi possível. Sim, é evidente que neste caso a prisão preventiva funciona como castigo. Não se destina a evitar a continuidade da prática criminosa, nem pode presumir a capacidade da arguida prejudicar a investigação estando em liberdade. Fugir, sim, admito que lhe tenha passado pela cabeça, muitas vezes, fugir do destino que lhe coube em má sorte.
 
Esta justiça que procura estar sintonizada com a horda de justiceiros, que não hesita quando é para prender, é uma justiça que não procura ser justa e que quer ter as mãos mais livres para ser discricionária e agir de acordo com interesses próprios. Esta não é a justiça que queremos cega para não olhar a quem, é uma justiça que espreita pelo canto da venda. O supremo magistrado da nação convoca a "compreensão humana para o ambiente que rodeou o gesto daquela mulher" e deixou "uma palavra especial a pensar no drama daquela mãe que, numa situação de desespero, foi levada a fazer aquilo que fez". O que Marcelo nos lembrou só não vê quem não quer. Que lhes pese na consciência a decisão que tomaram.
 
*Jornalista

Ver o original em 'Página Global' na seguinte ligação:

https://paginaglobal.blogspot.com/2019/11/portugal-cega-que-so-ve-o-que-quer.html

Artigos relacionados

O pouco que sei sobre delação premiada
O pouco que sei sobre delação premiada (Francisco Louçã, in Expresso, 14/12/2019)   Ajude a Estátua de Sal. Click aqui   O debate sobr... 27 views Sun, 15 Dec 2019, 12:00:19
Quando se retiram argumentos a quem eles já faltavam!
Quando se retiram argumentos a quem eles já faltavam! O fim da suborçamentação do Serviço Nacional de Saúde, mediante o reforço de 800 milhões de euros no próximo ano e... 42 views Thu, 12 Dec 2019, 18:32:36
A delação premiada é uma boa ideia?
A delação premiada é uma boa ideia?     Pedro Tadeu | TSF | opinião   A delação premiada é uma forma nova, mais simpática, de falar d... 52 views Wed, 11 Dec 2019, 15:24:06
Delação. Não
Delação. Não Do dicionário: Delação – acusação feita em segredo, revelação de crime ou de falta cometida por outrem, geralmente... 30 views Wed, 11 Dec 2019, 13:59:15
Portugal | A Magistratura
Portugal | A Magistratura   Valter Hugo Mãe | Jornal de Notícias | opinião   Qualquer poder ilimitado tende a ser ilegítimo. A me... 45 views Sun, 08 Dec 2019, 15:24:01
Noticias inconvenientes e silenciadas
Noticias inconvenientes e silenciadas O Carlucci lá do sitio teve a lata de visitar o tribunal que condenou Lula de novo na semana passadaO conselheiro para... 57 views Fri, 06 Dec 2019, 15:15:58

Justiça

  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate