• Ladrões de Bicicletas (Nuno Serra)

Uma década perdida

Os dados da população residente em 2019, divulgados há dias pelo INE, confirmam a tendência cumulativa de esvaziamento demográfico do interior norte e sul, com perdas acima dos 6% na última década e que chegam a superar os 10% no Alto Alentejo. Aliás, em boa verdade, o dado mais relevante a reter neste período é a confirmação de que apenas a Área Metropolitana de Lisboa (AML) não perde população, registando um aumento de 1,3% e confirmando o «crescimento unipolar» de que fala José Reis no seu mais recente livro, «Cuidar de Portugal».

Esta é de resto uma das principais diferenças quando se compara o período entre 2011 e 2019 com a década anterior. Se entre 2001 e 2011 se registam aumentos da população em praticamente todo o litoral e no Algarve, numa clara lógica de litoralização, a dinâmica subsequente é a da tendência para a concentração unipolar na AML. Ou seja, depois do afluxo de população do interior para todo o litoral, a AML parece absorver, na fase seguinte, uma parcela demográfica desse mesmo litoral. Cumulativamente, o resultado é claro: nas últimas duas décadas todas as NUT do interior registam perdas acima de 10% e a faixa litoral não metropolitana, a par do Algarve, entra em declínio.

Os anos do «ajustamento» obrigam, contudo, a considerar duas fases distintas no período de 2011 a 2019. Usando a mesma escala de variação, não há nenhuma NUT que tenha registado um aumento da sua população entre 2011 e 2015, mesmo que as perdas tenham sido menores (abaixo de 3%) nas áreas metropolitanas e nas NUT mais próximas. Entre 2015 e 2019 já não é assim, regressando as áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto às variações positivas, com ganhos inferiores a 3%. O que não impede, como é óbvio, que continuemos a ter que falar no acentuar de desequilíbrios regionais, nas perdas continuadas de população no interior e em parte do litoral e Algarve, a par do reforço da metropolização (sendo que, ao longo da década, apenas a AML regista uma evolução demográfica positiva).

Apesar das dinâmicas recentes, de unipolarização (AML) e de declínio da rede de cidades médias, que importa não desvalorizar, a fratura entre litoral e interior continua a ser o traço mais saliente dos desequilíbrios regionais à escala do continente. A consciência dessa fratura foi aliás tornando-se cada vez maior, alimentando sucessivas proclamações de «combate à interioridade», a par da adoção de medidas na maior parte dos casos superficiais ou avulsas que, não há como não o reconhecer, não conseguiram até hoje inverter a situação. Bem pelo contrário, como demonstra a evolução nos quase últimos vinte anos, a mais recente década foi, deste ponto de vista, uma década perdida.

 

Ver original em 'Ladrões de Bicicletas' (aqui)

Artigos relacionados

Desigualdades na dinâmica demográfica na Península Ibérica (1990/2019)   Espanha e Portugal são duas realidades demográficas muito distintas. Em Espanha há elevada imigração e crescimento da população autóctone. Em Portugal, observa-se uma imigração comparativamente modesta e queb... 68 views Thu, 16 Jul 2020,
Prémio à laboração contínua
Prémio à laboração contínua Mais de dois é possível mas já é um bocadinho apertado «IRS só baixa para quem tem dois filhos com menos de 3 anos» («Expresso) O estimulo à natalidade prometido pelo Governo em sede de IRS acabará por chegar a um ... 41 views Tue, 17 Dec 2019,
Portugal perdeu um terço de crianças e jovens em 30 anos
Portugal perdeu um terço de crianças e jovens em 30 anos No dia em que se assinalaram os 30 anos da aprovação da Convenção sobre os Direitos da Criança, o Instituto Nacional de Estatística revelou dados que atestam a diminuição da natalidade no País. CréditosJoão Relvas /... 67 views Fri, 22 Nov 2019,
Crise financeira na Grécia ainda afeta taxas de natalidade
Crise financeira na Grécia ainda afeta taxas de natalidade Atenas, 3 nov (Xinhua) -- Oito em cada dez jovens casais na Grécia gostariam de ter uma família grande, mas não podem arcar com uma, de acordo com um novo estudo sobre as causas da infertilidade no país, realizado de... 116 views Mon, 04 Nov 2019,
CDS insiste em falar do incentivo à natalidade, que atacou quando era governo
CDS insiste em falar do incentivo à natalidade, que atacou quando era governo A presidente do CDS-PP anunciou uma proposta de alargamento da licença de parentalidade a incluir no programa eleitoral, tentando fazer esquecer a política que aplicou de empobrecimento das famílias. É notória a res... 69 views Mon, 29 Jul 2019,
Baixa de gravidez em profissões de risco será finalmente paga a 100%
Baixa de gravidez em profissões de risco será finalmente paga a 100% Esta e outras medidas de reforço dos direitos de maternidade sobem esta sexta-feira a plenário para votação final, depois de aprovadas por unanimidade na comissão parlamentar. Aguarda-se luz verde. Créditos / Pixaba... 125 views Fri, 03 May 2019,

Demografia

  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate