• Jornal Tornado in 'O TORNADO'

Encontro imaginário com Kirk Douglas, Antero de Quental e Louella Parsons

Novo Encontro Imaginário no local do costume, A Barraca. As personagens são com Kirk Douglas, Antero de Quental e Louella Parsons, interpretadas por Ferreira Fernandes, Guilherme D’Oliveira Martins e Maria do Céu Guerra.

Em novo Encontro Imaginário, no Teatro A Barraca, em Lisboa, amanhã, dia 13 de Julho, onde estarão em debate novas personagens da História Universal.

Com participação da sociedade civil

Fique a conhecer melhor as personagens: Kirk Douglas interpretado pelo jornalista Ferreira Fernandes, Antero de Quental pelo administrador da Fundação Gulbenkian Guilherme D’Oliveira Martins e Louella Parsons pela actriz Maria do Céu Guerra.

Saiba quem são:

 

Kirk Douglas

Amsterdam, 9 de Dezembro de 1916 — Beverly Hills, 5 de Fevereiro de 2020

Nascido Issur Danielovitch Demsky, Kirk Douglas, foi um actor, cineasta e autor norte-americano. Ele foi uma das últimas estrelas vivas da Era de Ouro do Cinema Americano.

Douglas é amplamente considerado um dos melhores actores da história do cinema. Seus pais eram imigrantes judeus .Serviu na Marinha dos Estados Unidos no início da Segunda Guerra Mundial em 1941 até seu fim, em 1945. Depois da guerra, voltou para Nova Iorque e começou a actuar no rádio e em comerciais de televisão.

Fez uma carreira de dezenas de anos no cinema, e fez o o épico clássico Spartacus, no qual também foi o produtor. A direcção ficou com Stanley Kubrick depois que Douglas demitiu o veterano Anthony Mann, que já havia realizado metade das filmagens. Discursou em agradecimento pelo Oscar, que recebeu das mãos de Steven Spielberg a estatueta em honra à sua obra cinematográfica.

Interpretação do jornalista Ferreira Fernandes.

Antero Tarquínio de Quental

Ponta Delgada, 18 de Abril de 1842 — Ponta Delgada, 11 de Setembro de 1891

foi um escritor e poeta português do século XIX que teve um papel importante no movimento da Geração de 70. Durante a sua vida, Antero de Quental dedicou-se à poesia, à filosofia e à política.

Iniciou seus estudos na cidade natal, mudando para Coimbra aos 16 anos, ali estudando Direito e manifestando as primeiras ideias socialistas. Fundou em Coimbra a Sociedade do Raio, que pretendia renovar o país pela literatura. Em 1861, publicou seus primeiros sonetos. Quatro anos depois, publicou as Odes Modernas, influenciadas pelo socialismo experimental de Proudhon, enaltecendo a revolução.

Ainda em 1866 mudou-se para Lisboa, onde experimentou a vida de operário, trabalhando como tipógrafo, profissão que exerceu também em Paris, entre Janeiro e Fevereiro de 1867. Foi um dos fundadores do Partido Socialista Português.

Em 1869, fundou o jornal A República, com Oliveira Martins. Cometeu suicídio no dia 11 de Setembro de 1891, com dois tiros, num banco de jardim.

Interpretação do administrador  da Fundação Gulbenkian  Guilherme D’Oliveira Martins.

Louella Parsons

Freeport, 6 de Agosto de 1881 – Santa Mónica, 9 de Dezembro de 1972

Foi uma escritora, roteirista e colunista social e de fofocas, considerada a primeira colunista sobre cinema de Hollywood.

Foi contratada por William Randolph Hearst e passou a escrever suas colunas que eram distribuídas para cerca de 400 jornais em todo o mundo, lidas por um público de 20 milhões, sendo considerada a Rainha de Hollywood durante muitos anos até a chegada de Hedda Hopper e Walter Winchell que com ela disputaram durante muito tempo.

Temida pelas celebridades de Hollywood, escrevia num estilo de linguagem “de cidade pequena” que agradava ao público, ficou notória por se envolver na supressão do filme Cidadão Kane em 1941, e foi uma das mulheres mais poderosas do jornalismo e do cinema americano.

Por sua importância no cinema, recebeu um Globo de Ouro Especial por Mérito Jornalístico; além disto possui duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood: uma por sua participação no rádio, outra nos filmes.

Interpretação da actriz Maria do Céu Guerra.

Encontros imaginários 2019

13 de Julho

21h30

[email protected][email protected]

213 965 360 | 913 341 683

 

Largo de Santos, 2
1200 – 808 Lisboa

Website do Teatro A Barraca



 

Ver original no jornal 'TORNADO' na seguinte ligação:

https://www.jornaltornado.pt/encontro-imaginario-com-kirk-douglas-antero-de-quental-e-louella-parsons/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=encontro-imaginario-com-kirk-douglas-antero-de-quental-e-louella-parsons

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate