• Página Global

Covid-19 | Restrições à informação impostas por Governos já custaram muitas vidas


"Morreram pessoas porque os Governos mentiram" Relator da ONU critica gestão pandémica

David Kaye deu o exemplo de países como a China, Bielorrússia, Camboja, Irão, Egito, Índia, Myanmar e Turquia.

O relator especial das Nações Unidas para a liberdade de expressão, David Kaye, considera que as restrições à informação impostas por Governos durante a pandemia de Covid-19 custaram muitas vidas.

A preocupação de David Kaye foi manifestada ao Conselho de Direitos Humanos.
"Morreram pessoas porque os governos mentiram, ocultaram informações, prenderam jornalistas, não revelaram a verdadeira gravidade da ameaça ou criminalizaram indivíduos com o pretexto de que tinham divulgado informações falsas", disse Kaye ao Conselho, atualmente reunido em Genebra.

O perito acrescentou que alguns governos "preferiram proteger-se a si próprios em vez de permitir que as pessoas partilhassem informações, aprendessem sobre a epidemia ou soubessem o que as autoridades estavam ou não a fazer para as proteger".

Kaye deu o exemplo de países como a China (a fonte da pandemia), Bielorrússia, Camboja, Irão, Egito, Índia, Myanmar (antiga Birmânia) e Turquia.

O relator apelou para que estes e outros governos a facilitem o acesso à informação, por exemplo pondo termo à prática de bloquear o acesso parcial ou total à Internet e exortou-os a "absterem-se de qualquer ataque aos meios de comunicação social" e a libertarem os jornalistas detidos por cobrirem a pandemia.

Kaye também apelou para que a alegada "infodemia" (proliferação de informações sobre o coronavírus, algumas delas falsas) não fosse tratada como "um problema que pode ser resolvido pela sua criminalização".

A pandemia de Covid-19 já provocou quase 551 mil mortos e infetou mais de 12,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

TSF | Lusa | Imagem: © Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

Ver o original em 'Página Global' na seguinte ligação:

https://paginaglobal.blogspot.com/2020/07/covid-19-restricoes-informacao-impostas.html

Comentários (0)

Rated 0 out of 5 based on 0 voters
There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Rate this post:
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location
  • Criado em .
Covid-19 | Restrições à informação impostas por Governos já custaram muitas vidas
Note 0 sur 5 Pour 0 votes

Publicações mais recentes

Últimos posts (Conversando à beira-mar)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades

página no Facebook

[an error occurred while processing this directive]
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate