• Duarte Caldeira in AbrilAbril

Covid-19: Questionar o sistema

Este é o momento para questionar o vírus do sistema capitalista que gera, por si só, as múltiplas pandemias que condenam ao confinamento social e económico, milhões de pessoas em todo o mundo.

CréditosAlberto Valdes / EPA

A crise sanitária que Portugal e o mundo está a viver constitui um teste à nossa capacidade coletiva de aprendermos a enfrentar os riscos, bem como prepararmos os sistemas de resposta aos efeitos dos mesmos.

O novo coronavírus foi declarado uma «emergência de saúde pública de interesse internacional» pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no final de janeiro e, desde então, tem exposto todas as vulnerabilidades que, de uma forma geral, os estados possuem, quando confrontados com a imprevisibilidade de situações pouco comuns.

O desastre da Covid-19 é um exemplo dos muitos alertas que a comunidade científica internacional vem formulando há vários anos, quanto aos riscos sistémicos a que as sociedades contemporâneas estão expostas. 

O Relatório de Avaliação Global das Nações Unidas de 2019 sobre Redução de Riscos de Desastres (GAR2019) – elaborado com a participação de centenas de cientistas, nomeadamente da OMS – alertou especificamente para os riscos biológicos e a consequente ameaça de epidemias e pandemias. 

Como se constata um pouco por todo o mundo, a Covid-19 é muito mais que uma emergência de saúde pública. A Covid-19 revela as contradições e vulnerabilidades em diversos sistemas (saúde pública, proteção social, segurança pública, proteção civil e outros) e expõe as condições de pobreza em que vivem milhões de pessoas, agravadas pela negligência de muitos estados na gestão da crise, criando condições para que um surto se torne numa epidemia e esta numa pandemia, dando origem a um desastre económico e social global.

«Vivemos uma oportunidade para: questionar os governos relativamente ao modelo de governança vigente, gerador de injustiças e desigualdades; mudar as opções de investimento; aprofundar o nosso relacionamento com a natureza; colocar a redução de riscos no centro de uma nova política global.»

A situação gerada pela Covid-19 põe à prova a nossa capacidade de cooperar e de aprender, perante profundas incertezas e riscos.

Vivemos uma oportunidade para: questionar os governos relativamente ao modelo de governança vigente, gerador de injustiças e desigualdades; mudar as opções de investimento; aprofundar o nosso relacionamento com a natureza; colocar a redução de riscos no centro de uma nova política global.

Qualquer plano ou iniciativa de mitigação que procure responder aos danos socioeconómicos causados pela Covid-19, deve primeiro questionar o sistema político que tornou a pandemia num desastre global.

Deste modo é imperativo que se reivindique aos governantes que assumam políticas baseadas em evidências e em ações integradas nos domínios interconectados de redução de riscos de desastres, mudança climática e desenvolvimento sustentável. 

À medida que os governos agirem para proteger as populações e resgatar a economia global, eles devem apoiar-se no conhecimento científico para garantir a eficácia das decisões de investimento e financiamento de emergência.

Importa também apelar à comunidade científica que trabalhe em conjunto, na dimensão multidisciplinar que a situação exige, ajudando a construir as interdependências entre sistemas e agentes dos mesmos.

Esta abordagem é fundamental para melhorar a nossa compreensão sobre os riscos, como eles se propagam em sistemas interconectados e como os seus impactos se refletem em cascata.

Ainda num quadro de muitas incertezas, mas identificando já com bastante nitidez as consequências e as vítimas da situação disruptiva que o sistema político global está a viver, este é o momento para questionar o vírus do sistema capitalista que gera, por si só, as múltiplas pandemias que condenam ao confinamento social e económico, milhões de pessoas em todo o mundo, contrariando a tese de que há pandemias virtuosas e vírus democráticos.

O autor escreve ao abrigo do Acordo Ortográfico de 1990 (AO90)

 

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/nacional/covid-19-questionar-o-sistema

Artigos relacionados

Brasil registra 703 novas mortes por Covid-19 e total atinge 101.752
Brasil registra 703 novas mortes por Covid-19 e total atinge 101.752   Segundo país mais afetado pela doença no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 22.048 novos casos de coronavírus, o que eleva o número total de infecções a 3.057.470   &nb... 9 views Tue, 11 Aug 2020,
Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha
Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha Mike Groll / Gabinete do Governador Andrew M. Cuomo   Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universi... 22 views Sun, 09 Aug 2020,
A fase descendente?
A fase descendente? Em regra focadas no comentário aos valores diários, que vão oscilando, muitas das notícias sobre a evolução da pandemia em Portugal não ajudam a perceber as tendências de fundo que se estão a registar e que apontam, de f... 38 views Mon, 03 Aug 2020,
Operadores de supermercado obrigados a fazer limpeza
Operadores de supermercado obrigados a fazer limpeza (Uma opinião sobre esta notícia: A pandemia está a servir de "grande" desculpa para o capitalismo neoliberal acicatar os seus piores instintos. E ainda vem A. Costa Silva dizer, no Plano Estratégico, que é preciso que... 27 views Tue, 21 Jul 2020,
Parente de paciente morta por cloroquina lamenta uso de remédio alardeado por Bolsonaro
Parente de paciente morta por cloroquina lamenta uso de remédio alardeado por Bolsonaro “Se tivessem me falado dos perigos, eu não teria autorizado”, diz irmã de paciente medicada com cloroquina sem consentimento     Por João de Mari, da Agência Pública – No dia 1º de maio deste ano, ... 76 views Tue, 21 Jul 2020,
Bilionários lucram 42 bilhões de dólares por semana durante pandemia de coronavírus
Bilionários lucram 42 bilhões de dólares por semana durante pandemia de coronavírus Crise econômica agravada pelo coronavírus prejudicou bilhões de pessoas em todo o mundo, mas não atingiu as cerca de 600 pessoas mais ricas dos Estados Unidos     Revista Fórum - A crise econômica... 28 views Tue, 21 Jul 2020,

Comentários (0)

Rated 0 out of 5 based on 0 voters
There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
Rate this post:
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Capital, Covid-19

  • Criado em .
Covid-19: Questionar o sistema
Note 0 sur 5 Pour 0 votes

Publicações mais recentes

Últimos posts (Conversando à beira-mar)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades

página no Facebook

[an error occurred while processing this directive]
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate