• jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Algumas razões para ser um otimista irritante, mesmo que com algumas reservas!

1. Quase por certo João Pinto, antigo capitão do F.C. Porto não sabia o que afirmara Winston Churchill décadas antes, quando lhe reproduziu a mesma ideia de forma muito simplificada, mas prefiro a versão original, aquela em que o antigo primeiro-ministro inglês asseverava que a previsão constitui arte difícil, sobretudo quando diz respeito ao futuro. Mas poderemos sempre ensaiar os nossos dotes de zandingas, esperando sair melhor do esforço que aqueles «brilhantes» astrólogos capazes de preverem faustosos tempos para o ano em curso sem imaginarem o quanto a pandemia os desmentiria com fragor.

 

Aceito a opinião de Francisco Louçã, quando assegura a intenção das extremas-direitas em saírem mais fortes da atual pandemia “aterrorizando a sociedade e impondo o autoritarismo como novo normal”. Mas confio na forte hipótese de Trump, Bolsonaro & Cª estarem a viver aquilo que o mesmo comentador designa como “momento Chernobyl”, ou seja uma daquelas ocorrências que, pela dimensão e consequências, significa a mudança de paradigma. Até porque, no seu desejo de resiliência, a espécie humana execra a balbúrdia e, como Daniel Oliveira escreve noutro texto “Trump não é responsável pelo caos, Trump é o caos.”

 

2. Por cá o Aldrabão replica o que vai ouvindo do inquilino da Casa Branca esperançado em conseguir-lhe replicar o sucesso, quando os eleitores voltarem a expressar nas urnas a sua vontade. Espanta que a inteligência da criatura se esgote no incomensurável oportunismo e não conclua improvável, se não mesmo impossível, que as mesmas águas voltem a passar por um qualquer local das margens de um rio. Aquilo que valeu para a minoria de norte-americanos, que elegeu Trump há quatro anos, não tem qualquer correspondência com a realidade portuguesa atual. Por isso tenho a ideia de que ele será uma espécie de Pardal dos camionistas que, após mediática notoriedade, ficará definitivamente remetido ao merecido olvido.

 

Com a argúcia do costume o «Jovem Conservador de Direita» comenta a seu propósito: O dr. Cabeça de Geleia é como um polo da Lacoste que tem um sapo em vez de um crocodilo e que está todo a descolar, quase a deixar ver a suástica.”

 

3. No editorial do «Libé», o seu diretor, Laurent Joffrin, faculta argumentação complementar a quem olha para o futuro próximo e a médio prazo, com justificado otimismo, citando alguns especialistas que acreditam estarmos, não perante a falta de petróleo, mas a sua superabundância, permitindo um plafonamento da procura correlacionado com o crescimento das energias renováveis, o progresso das mobilidades ligeiras e a previsível mudança de comportamentos, que favoreçam, em conjunto, a luta contra o arrefecimento climático. Uma visão completamente oposta à dos que anunciam cenários distópicos.

 

4. Leitor atento dos textos de António Costa e Silva, que o primeiro-ministro indigitou como consultor para repensar a estratégia futura do país - e não para organizar a negociata das privatizações como Passos Coelho fez com o tenebroso António Borges! - fui dos que encarei com entusiasmo essa prevista colaboração. Ao contrário da miopia incurável de Rui Rio ou da completa cegueira dos ultraliberais mais ou menos fascistas, acredito na importância de se subir tão alto quanto possível, vislumbrando o previsível futuro para o preparar com as políticas mais adequadas à melhoria da qualidade de vida aos portugueses de acordo com a sempiterna preocupação com a devida justiça na distribuição de rendimentos. Daí que não me entusiasme em nada a ideia de dopar os mercados, permitindo que os interesses privados continuem a sobrepor-se ao bem coletivo! Prefiro nacionalizações ou fortes participações do Estado em todos os setores onde importa vê-lo exercer um papel ativamente regulador.

 

Razão para me inquietar a profissão-de-fé de Costa e Silva na entrevista ao «Público» ao defender um pacto entre o Estado e as empresas que também inclua a retirada daquele quando a economia ganhar fôlego.

 

O futuro exige políticas socialistas e não a rendição às ilusões sociais-democratas, que fizeram sentido nos Trinta Anos Gloriosos, mas em nada se enquadram com as realidades do século XXI.

 

5. No entretanto, e para quem tem seguido a novela em torno do autoritarismo grotesco do diretor clínico do Hospital Garcia da Orta e o apoio, que vem merecendo da sua administração, o Ministério da Saúde ainda os não demitiu...

Veja o original em 'Ventos Semeados':

https://ventossemeados.blogspot.com/2020/06/algumas-razoes-para-ser-um-otimista.html

Artigos relacionados

Afinal, apoio de lay-off depende do salário base. Mais trabalhadores p...
Afinal, apoio de lay-off depende do salário base. Mais trabalhadores p...  O novo apoio de lay-off que a Segurança Social vai pagar para compensar os trabalhadores por causa dos cor... 56 views Sat, 20 Jun 2020, 22:12:37
Centeno no BdP? “É uma hipótese”, diz Costa
Centeno no BdP? “É uma hipótese”, diz Costa O novo ministro das Finanças tomou posse esta segunda-feira. João Leão disse ser importante “gerir o país com rigo... 130 views Mon, 15 Jun 2020, 16:45:36
CP vai receber mais de 850 milhões de euros do Governo até 2029 (por c...
CP vai receber mais de 850 milhões de euros do Governo até 2029 (por c...  O Governo vai transferir, nos próximos 10 anos, mais de 850 milhões de euros para a CP para o cumprimento ... 73 views Fri, 12 Jun 2020, 17:09:10
Somos todos loucos aqui
Somos todos loucos aqui (Pedro Santos Guerreiro, in Expresso Diário, 06/06/2020)Pedro Santos GuerreiroSe não sabes para onde vais, não... 62 views Tue, 09 Jun 2020, 00:05:28
Quem é o novo ministro das Finanças de Portugal
Quem é o novo ministro das Finanças de Portugal João Leão é doutorado em Economia pelo Massachusetts Institute of technology (MIT) e integrou a equipa económica d... 90 views Tue, 09 Jun 2020, 16:10:58
Recuperação social, política e económica
Recuperação social, política e económica Inesperadamente em Lisboa, nestes últimos dias, pude-me dar conta pela rádio do ambiente de telenovela que se vive... 47 views Mon, 08 Jun 2020, 16:52:26

Governação

  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate