• jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Uns trabalham esforçadamente, outros apenas dizem mal

No dia em que a imprensa internacional, mormente a francesa, reconhece a capacidade do governo português em conter a crise de saúde pública numa dimensão, que outros Estados não conseguem, e em que começa a ação de testagem dos doentes dos lares de norte a sul do país para os acautelarem preventivamente da propagação do vírus, os suspeitos do costume encontraram outras táticas para porem em causa o bom trabalho executado.

 

Governo de Salvação Nacional, exigem uns, particularmente representados pela equipa de jornalistas da RTP, cujo subdiretor quase obrigou Rui Rio a associar-se à proposta de José Miguel Júdice proclamada na SIC nos dias anteriores. O presidente do PSD tentou chutar para canto, mas a seleção das suas palavras tornaram-no falaciosamente paladino dessa solução, ambicionada por alguns setores das direitas como forma de associar-se oportunisticamente ao que as sondagens aferem ser um apoio inquestionável dos portugueses à gestão da crise.
Igualmente da televisão estatal vem o ataque insidioso e continuado à diretora-geral da Saúde, drª Graça Freitas, não só através das perguntas diariamente feitas pelos «jornalistas» destacados para a ocasião, como também pelo tom geral das notícias em que há até um pivot a querer dar-se ares de importância mandando calá-la. Se da TVI e da CMTV podemos esperar o que só pode explicar-se por quem manda nas suas direções de (des)informação, a televisão pública continua a ser altifalante apostado em criar ruído contra o governo.

 

Que Rui Moreira esteja na primeira linha do combate contra uma notável personalidade, que se tem revelado incansável no bem sucedido combate à crise, não causa surpresa: sem tanto folclore quanto o protagonizado por Alberto João Jardim na Madeira, o autarca do Porto não abdica de um populismo regionalista, que consegue iludir quem nele vota, porque mantém recalcados complexos de inferioridade em relação à capital, mas nenhum contributo positivo dá ao interesse nacional. Já menos se compreende que a ele se associem autarcas socialistas da área metropolitana do Porto, nomeadamente o de Gaia, que parece sempre eivado do despeito de em tempos ter sido derrotado no seu entusiástico apoio a António José Seguro, não perdendo a oportunidade para dar caneladas no governo sempre que o ensejo se lhe proporciona.

 

E há também a imprensa escrita. Deixei definitivamente de comprar o Expresso, quando passou a ter por diretor um fanático antissocialista, que prometia, e tanto quanto sei, cumpriu, uma deriva do jornal ainda mais para a direita. Mas ainda me chega o Expresso Curto, newsletter diária com o resumo do que se publica na versão paga. Hoje quem a assina é Elisabete Miranda, que impressiona quanto ao afã como seleciona da realidade tudo o que apresenta como negativo e nada equilibra com o reconhecimento do que de muito positivo se anda a implementar. Esta edição deveria servir de exemplo nas escolas de jornalismo quanto ao que corresponde a uma flagrante violação dos deveres deontológicos da classe quanto à objetividade e isenção do que publicam. Porque raramente deparamos com um texto aparentemente serio, que mascara uma tão grosseira intenção de criticar só pela vontade de depreciar quem muito anda a esforçar-se para que os portugueses vençam esta crise.

Veja o original em 'Ventos Semeados':

https://ventossemeados.blogspot.com/2020/03/uns-trabalham-esforcadamente-outros.html

Artigos relacionados

Portugal | As Forças Armadas não eram apartidárias?
Portugal | As Forças Armadas não eram apartidárias?     A verdade é que, do longo processo de governamentalização das Forças Armadas, promovido por PS ... 81 views Sun, 24 May 2020, 20:17:43
Sábias palavras
Sábias palavras   António Guerreiro ontem no «Ipsilon» do «Público» «(...) Para esta propaganda total contribui também a ... 84 views Sat, 23 May 2020, 15:13:27
Donas da SIC e TVI recebem metade dos apoios do Estado aos média
Donas da SIC e TVI recebem metade dos apoios do Estado aos média   Os grupos Impresa e Media Capital, que detêm a SIC e a TVI, respetivamente, vão receber metade dos apoios ... 104 views Wed, 20 May 2020, 01:12:58
A Palavra É de Oiro
A Palavra É de Oiro Hoje saí de casa armado de máscara até aos óculos a inspirar anidrido carbónico, ora pela boca, ora pelas narinas. Tome... 80 views Mon, 18 May 2020, 16:59:15
O dr. Ventura e o CM
O dr. Ventura e o CM   A simbiose entre o Dr. Ventura e o CM que o criou é cada vez maior. Populiza um populiza o outro na compita po... 199 views Mon, 11 May 2020, 17:59:04
Subsídios a quem os não merece?
Subsídios a quem os não merece? Não me iludo ao ponto de considerar que constitua sondagem fiável a implícita no universo dos meus 3692 amigos do ... 195 views Wed, 06 May 2020, 14:44:28

Comunicação, Direita

  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Plataforma Cascais juntou-se ao grupo Conversando sobre o País e o Mundo
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate