• in AbrilAbril

Vigília solidária com mãe de menores despejada na Invicta

O Movimento Direito à Cidade promoveu esta noite uma concentração solidária com a portuense despejada da sua casa na Ribeira com dois filhos menores.

O processo de despejo, que se vinha arrastando desde 2017, foi executado na manhã de ontem. A história de Joana Pacheco e os pedidos de ajuda são públicos.

A sua casa sempre foi na Ribeira. Em 2012, sai do agregado dos pais, na Rua da Fonte Taurina, e aluga uma casa a dez minutos dali, mas a morte da mãe troca-lhe as voltas e Joana regressa a casa para cuidar do pai, então com 89 anos. Foram três anos a solicitar ao Município a reintegração no agregado do pai, que era o titular da habitação, apesar de os recibos da renda, afirma, terem passado a vir em seu nome desde que o pai faleceu. 

Esta sexta-feira, Joana Pacheco estava convocada para uma reunião com o vereador da Habitação na Domus Social mas quando lá chegou informaram-na que o encontro não iria realizar-se. Ao mesmo tempo, recebeu uma chamada: a polícia estava a retirar coisas da sua casa, por ordem da Câmara Municipal do Porto e sob protesto dos vizinhos, que ainda conseguiram guardar alguns do seus pertences. 

Joana Pacheco, com dois filhos de 8 e 12 anos, ficou sem casa. O cenário agrava-se com a especulação imobiliária que tem propagado na Invicta, colocando os preços da habitação a preços incomportáveis para quem vive do seu salário. 

O Movimento Direito à Cidade, que reagiu de imediato ao despejo e esteve com a moradora para lhe prestar apoio, diz que a atitude da autarquia é «uma vergonha» e esta noite promoveu uma vigília de solidariedade em frente à Junta de Freguesia de Santo Ildefonso. 

«Primeiro, tivemos o presidente da Junta a garantir que ela tinha sítio onde dormir até segunda feira – nas suas palavras "uma pensão de sobe e desce". Por pressão, ficou decidido que a Junta irá arranjar um local com melhores condições para a Joana dormir», lê-se na página do Movimento no Facebook. 

«Todas as Joanas da cidade têm direito a uma habitação digna, não a uma pensão de sobe e desce», insiste, sublinhando que continuará a lutar contra «os despejos cegos da Câmara Municipal do Porto».

Moratória foi chumbada

Na passada segunda-feira, a CDU levou à reunião de Câmara do Porto uma proposta de moratória de todos os casos de despejo ou desocupação que envolvam crianças e menores, visando a sua reapreciação até alteração do regulamento e da matriz da habitação pública. Mas a iniciativa foi chumbada pela maioria de Rui Moreira e pelo PSD. 

Antes, Ilda Figueiredo tinha adiantado em conferência de imprensa que os alvos são «mães solteiras com filhos menores, pessoas com doenças crónicas ou portadoras de graves deficiências ou ainda de familiares com problemas com a justiça».

A vereadora da CDU alertava então que «as pessoas de baixos rendimentos não conseguem arrendar casa a preços compatíveis com os baixos salários ou baixas pensões, o que poderá aumentar o número de famílias sem-abrigo e colocar crianças numa situação de grave vulnerabilidade».

Entretanto, no início de Fevereiro, a Câmara do Porto anunciou um total de 15 habitações reabilitadas, em pleno Centro Histórico do Porto, «com o objectivo de permitir o regresso de famílias da classe média ao "coração" da Invicta». Segundo informação da autarquia, os preços de um T2 podem chegar aos 700 euros. 

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/local/vigilia-solidaria-com-mae-de-menores-despejada-na-invicta

Artigos relacionados

Os corsários  Juan Guaidó e Boris Johnson 2020 - Francis Drake1591Um juiz britânico concedeu a Juan Guaidó o controle das 31... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
PCP não aprova o Orçamento Suplementar
PCP não aprova o Orçamento Suplementar Os comunistas chumbam um Orçamento que prolonga «o corte de salários a centenas de milhares de tra... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir
EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir Os Estados Unidos são alvo de críticas crescentes depois de terem anunciado a compra da quase totalidade dos próxi... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Partido Comunista da China comemorou seu 99º aniversário. 1 de julho de 2020, o Partido Comunista da China comemorou seu 99º aniversário. 99 anos da sua fundação, 71 anos no po... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
A escolha que sobrava para a TAP
A escolha que sobrava para a TAP (Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 02/07/2020) Daniel OliveiraJá o escrevi demasiadas vezes para ter de desenvolv... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Empresa tenta dissuadir plenários de trabalhadores vidreiros
Empresa tenta dissuadir plenários de trabalhadores vidreiros A administração da Carl Zeiss tentou dissuadir a participação dos trabalhadores nos plen&a... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate