• Ladrões de Bicicletas (Vicente Ferreira)

Costa na Europa: façam o que eu digo, não façam o que eu faço


As negociações do próximo Quadro Financeiro Plurianual (QFP) da União Europeia, para o período de 2021-2027, chegaram a um impasse. Depois de uma proposta inicial da Comissão Europeia que previa cortes significativos face ao orçamento anterior, pedindo a cada Estado que contribuísse com 1,11% do Rendimento Nacional Bruto (a proposta do Parlamento, que mantém o atual nível de financiamento, exigia transferências de 1,3% do RNB), o que o Conselho propõe prevê cortes ainda maiores: 12% nos fundos de coesão e 14% nos destinados à agricultura. No plano elaborado por Charles Michel, os Estados passariam a contribuir com 1,074% da riqueza nacional.

As posições nesta negociação são um espelho das divisões vincadas na UE. De um lado, os países mais ricos, nos quais se incluem a Alemanha e os chamados “quatro frugais” (Áustria, Dinamarca, Holanda e Suécia), que querem cortes no orçamento e consideram que até a proposta do Conselho é demasiado exigente; de outro, os “amigos da coesão”, de que fazem parte Portugal, Espanha, Itália, Grécia e vários países do leste europeu, que defendem os fundos de coesão e agricultura e se alinham com a posição do Parlamento. O impasse levou mesmo a que se marcasse uma reunião extraordinária do Conselho na semana passada, que terminou sem acordo.

 António Costa tem-se destacado neste debate - o Politico chamou-lhe “campeão da coesão” e destacou o seu papel como líder dos chefes de estado que se opõem aos cortes nos fundos comunitários. Costa disse recentemente que “a defesa da política de coesão não é do interesse exclusivo de Portugal, é o que é melhor para a Europa”, elogiando a posição construtiva do Parlamento e da Comissão e lembrando que mesmo no Conselho “temos uma esmagadora maioria de países que defendem que não pode haver cortes nas políticas de coesão e agrícola comum, ao mesmo tempo que dizem que temos de ter capacidade para investir nas novas ambições” da União Europeia. O primeiro-ministro deixou ainda a garantia: “estamos aqui para nos bater pelo que acreditamos”. Não há dúvida de que a mensagem é forte, mas a história tem sido outra.

O resto do artigo, de acesso livre, pode ser lido aqui.

Ver original em 'Ladrões de Bicicletas' (aqui)

Artigos relacionados

Os doutores Salgado e Mexia: fantasmas de um flirt passado do ISEG
Os doutores Salgado e Mexia: fantasmas de um flirt passado do ISEG  A última semana trouxe a debate a crescente ingerência do dinheiro das grandes empresas privadas na universidade públic... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Não há campus grátis
Não há campus grátis (Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 06/07/2020) Daniel Oliveira No imaginário da direita conservadora, as universida... 17 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
China | “Lei não retira o poder legislativo da região administrativa H...
China | “Lei não retira o poder legislativo da região administrativa H... Elsie Leung, antiga secretária para justiça do governo de Hong Kong e fundadora do maior partido pró-Pequim, o DAB... 4 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
China e EUA medem forças no Mar do Sul da China com exercícios militar...
China e EUA medem forças no Mar do Sul da China com exercícios militar... AChina organizou um grande exercício militar e, dias depois, os EUA lançaram o seu e, pela primeira vez em seis an... 16 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Portugal Temido | Contagem decrescente?
Portugal Temido | Contagem decrescente? Júlio Machado Vaz* | Jornal de Notícias | opiniãoSe o primeiro-ministro puxou as orelhas à ministra da Saúde, t... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Portugal | António Mexia e Manso Neto suspensos de funções na EDP
Portugal | António Mexia e Manso Neto suspensos de funções na EDP Os presidentes da EDP e EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, foram suspensos de funções pelo juiz de instru... 3 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate