• in AbrilAbril

Violência instigada provoca pelo menos 23 mortos em Déli

Os confrontos no Nordeste de Déli entre apoiantes e oponentes à Emenda à Lei da Cidadania começaram no domingo. O PCI(M) acusa os partidários de Modi de fomentarem a violência e a Polícia de «ter falhado».

Os bairros de Jaffarabad e Maujpur, no Nordeste de Déli, foram os mais atingidos pela «onda de violência»Créditos / Infonews

Uma fonte hospitalar na capital indiana revelou esta quarta-feira que pelo menos 23 pessoas foram mortas nos confrontos e que mais de 200 ficaram feridas, sendo que 15 foram hospitalizadas em estado grave.

O ministro indiano do Interior, Amit Shah, referiu-se aos confontros como «espontâneos», mas tal como notaram alguma imprensa, activistas presentes no bairro de Jaffarabad e o Partido Comunista da Índia (Marxista), de «espontâneos» tiveram muito pouco.

Referiram-se, nomeadamente, ao facto de, no domingo passado, Kapil Mishra, um dirigente local do Partido Bharatiya Janata (BJP, classificado como nacionalista hindu e de extrema-direita), ter feito um discurso incendiário na presença da Polícia contra quem protesta contra a Emenda à Lei da Cidadania (Citizenship Amendment Act; CAA).

Tal legislação, promovida por Narendra Modi e aprovada no final do ano passado, é condenada como «discriminatória» pelos seus oponentes e tem sido alvo de forte constestação, há mais de dois meses, de norte a sul do país – uma vez que facilita a adopção da cidadania indiana a refugiados hindus, sikhs, budistas, jainistas, parsis e cristãos provenientes do Afeganistão, do Bangladesh e do Paquistão que entraram na Índia antes de 2015, deixando de fora os muçulmanos.

Partidos de esquerda e progressistas afirmam que se trata de mais um passo de Modi para «marginalizar» os muçulmanos e aprofundar as «divisões» do país. Também criticam a lesgislação por ser «anticonstitucional», sublinhando que o estatuto de cidadania jamais pode ser atribuído em função de uma crença religiosa.

Tal medida reforça a convicção de quem acusa o governo do primeiro-ministro Narendra Modi de alentar a intolerância religiosa, de promover a polarização da sociedade e de procurar transformar a Índia num Estado hindu.

Ataques de «gangues» e «elementos criminosos»

Os protestos anti-CAA têm sido maioritariamente pacíficos, como refere uma dirigente comunista numa missiva enviada terça-feira ao ministro do Interior. Já esta quarta-feira, o Comité Central do PCI(M) emitiu um comunicado em que denuncia o papel de «gangues» e de «elementos criminosos» no Nordeste de Déli, onde queimaram casas, mercados e lojas «com impunidade».

No documento, os comunistas indianos afirmam a acção policial esteve marcada por «falhas» e que foi «verdadeiramente chocante», uma vez que, nalguns casos, os agentes «não fizeram nada» e, em muitos noutros, «foram vistos a agir em conivência com os atacantes».

«O falhanço da Polícia é tão evidente que até o Supremo Tribunal observou hoje a falta de independência e de profissionalismo dos agentes no que respeita aos confrontos», revela o texto. Neste sentido e tendo em conta a gravidade da situação, o PCI(M) solicitou a intervenção do Exército, para ajudar as autoridades civis.

O governador da província de Nova Déli, Arvind Kejriwal, também pediu ao governo federal que aprove a intervenção do Exército e que decrete o recolher obrigatório nas áreas onde a violência tem ocorrido.





Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/internacional/violencia-instigada-provoca-pelo-menos-23-mortos-em-deli

Artigos relacionados

Os corsários  Juan Guaidó e Boris Johnson 2020 - Francis Drake1591Um juiz britânico concedeu a Juan Guaidó o controle das 31... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
PCP não aprova o Orçamento Suplementar
PCP não aprova o Orçamento Suplementar Os comunistas chumbam um Orçamento que prolonga «o corte de salários a centenas de milhares de tra... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir
EUA criticados por açambarcamento de Remdesivir Os Estados Unidos são alvo de críticas crescentes depois de terem anunciado a compra da quase totalidade dos próxi... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Partido Comunista da China comemorou seu 99º aniversário. 1 de julho de 2020, o Partido Comunista da China comemorou seu 99º aniversário. 99 anos da sua fundação, 71 anos no po... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
A escolha que sobrava para a TAP
A escolha que sobrava para a TAP (Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 02/07/2020) Daniel OliveiraJá o escrevi demasiadas vezes para ter de desenvolv... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Empresa tenta dissuadir plenários de trabalhadores vidreiros
Empresa tenta dissuadir plenários de trabalhadores vidreiros A administração da Carl Zeiss tentou dissuadir a participação dos trabalhadores nos plen&a... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate