• in AbrilAbril

Desenvolvimento da rede Metro do Porto «só precisa de vontade política»

Governo, Metro do Porto e Conselho Metropolitano assinaram um «protocolo para o desenvolvimento de estudos para a consolidação da Rede de Metro Ligeiro». PCP refuta necessidade e fala de «hipocrisia».

Créditos

O PCP afirma num comunicado que a cerimónia que teve lugar esta sexta-feira em Gondomar corresponde antes a «um episódio de propaganda e hipocrisia política», através da qual «o Governo procura apagar as suas responsabilidades com a região e os compromissos anteriormente assumidos».

Insiste que «o necessário desenvolvimento da rede Metro do Porto» não precisa de mais estudos mas antes de «vontade e decisão política», e aproveita para recordar que, desde 2008, «o Governo tem o compromisso com a Área Metropolitana [do Porto] de construir cinco linhas». «Não precisa de novos estudos, precisa de decidir construir e disponibilizar as verbas necessárias», frisa.

Os comunistas salientam que os estudos para as cinco linhas prioritárias foram «feitos e assumidos» há mais de uma década. Em causa está o prolongamento até à Trofa, a partir do ISMAI, «devolvendo o transporte a estas populações, que há mais de 17 anos ficaram sem o comboio; a linha de Valbom, com ligação ao centro de Gondomar a partir de Campanhã, «perspectivando uma ligação futura a Fânzeres, criando uma rede circular com a linha Laranja»; e a linha do Campo Alegre, unindo as estações actuais de São Bento e de Matosinhos Sul. 

Somam-se as linhas das Devezas, a partir da Casa da Música, «perspectivando a ligação com a linha do Campo Alegre», e a Amarela em Vila D'Este, criando uma ligação circular entre Gaia e o Porto. E ainda a ligação a São Mamede de Infesta, a partir da actual estação Pólo Universitário, «perspectivando a ligação futura a Matosinhos Sul e criando uma ligação circular entre Matosinhos e o Porto»; e a ligação à Maia, a partir do Hospital São João, «perspectivando a junção com a linha do Aeroporto na estação Verdes, criando uma ligação circular com a cidade da Maia».

O PCP denuncia que o Governo está a tentar apagar responsabilidades com a região e os compromissos assumidos anteriomente. «Quando o ministro do Ambiente anuncia a disponibilidade de 860 milhões de euros ("620 milhões de euros para a rede Metro e 240 milhões de euros para MetroBus"), está, na prática, a faltar aos compromissos do Governo com a região», critica.

Relativamente a «alegados entendimentos de bastidores quanto às linhas a construir», o PCP «considera que seria inaceitável que os investimentos a realizar na região fossem submetidos a qualquer arranjo partidário».

«O que precisamos não é de um entendimento entre dois ou três concelhos geridos por autarcas de um determinado partido político. O que a região precisa é de um calendário de concretização destas linhas, sem exclusões», lê-se no texto. A este respeito, o PCP recorda que já apresentou um projecto com vista à calendarização destes investimentos na Assembleia da República. 

Em reacção à iniciativa desta sexta-feira, o autarca da Trofa, Sérgio Humberto (PSD), lembrou também que a linha de metro daquele concelho já foi alvo dos «estudos todos», sendo uma promessa com 18 anos.





Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/local/desenvolvimento-da-rede-metro-do-porto-so-precisa-de-vontade-politica

Artigos relacionados

Portugal | Caso BES. Salgado acusado de 65 crimes incluindo associação...
Portugal | Caso BES. Salgado acusado de 65 crimes incluindo associação... O ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES) Ricardo Salgado foi na terça-feira acusado de 65 crimes, incluindo a... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Número de mortos em África sobe para 13.456 em quase 611 mil casos
Número de mortos em África sobe para 13.456 em quase 611 mil casos Onúmero de mortos em África devido à covid-19 subiu hoje para 13.456, mais 218 nas últimas 24 horas, em quase 611 ... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
EUA com 850 mortos e mais de 63 mil infeções nas últimas 24 horas
EUA com 850 mortos e mais de 63 mil infeções nas últimas 24 horas Os Estados Unidos registaram 850 mortes causadas pela covid-19 e 63.262 novas infeções nas últimas 24 horas, indic... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Incerteza
Incerteza DIA 15, FALAMOS in·cer·te·za |ê| 15 Julho, 2020J. A. Nunes Carneiro, no Porto... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
O mítico valor de mercado
O mítico valor de mercado I Parte – A venda de crédito A venda de bens por um valor muito inferior ao valor contabilístico registado... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Números voltam a subir no Brasil. Registados 41.857 casos e 1.300 óbit...
Números voltam a subir no Brasil. Registados 41.857 casos e 1.300 óbit... O país está perto de atingir os dois milhões de casos confirmadosO Ministério da Saúde brasileiro divulgou os ... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate