• in AbrilAbril

Tribunal eleitoral inabilita candidatura de Morales a senador

O Supremo Tribunal Eleitoral inabilitou a candidatura de Evo Morales ao Senado boliviano, recorrendo ao critério da «residência permanente». Para o MAS, não existem garantias de «eleições livres».

Evo Morales na conferência na Casa Grande do Povo, para agradecer o voto popular e alertar contra o golpe de estado em curso. La Paz, Bolívia, 23 de Outubro de 2019.Créditos / Ministerio de la Presidencia, Bolívia

O presidente do Supremo Tribunal Eleitoral (STE), Salvador Romero, deu a conhecer esta quinta-feira em conferência de imprensa a inabilitação das candidaturas ao Senado da Bolívia de Evo Morales, presidente deposto, e de Diego Pary, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, por não cumprirem o requisito de «residência permanente».

Desta forma, o STE, para o qual Romero foi nomeado pela presidente autoproclamada e golpista Jeanine Áñez, deixa duas figuras de peso do Movimento para o Socialismo (MAS) de fora da contenda eleitoral marcada para 3 de Maio, na sequência do golpe de Estado no país andino-amazónico, consumado a 10 de Novembro do ano passado.

Morales e Pary eram candidatos do MAS pelos círculos de Cochabamba e de Potosí, respectivamente. Na conferência de imprensa de ontem, o presidente do STE afirmou que a decisão não é passível de recurso e que o organismo agiu com «imparcialidade», revela a RT.

No entanto, não se referiu ao facto de Morales e de tantas outras figuras do MAS terem sido obrigados a sair da sua «área de residência» e, inclusive, a fugir do país, mercê do golpe de Estado perpetrado pela extrema-direita com o apoio de Washington e da perseguição política que se seguiu.

Na sua conta de Twitter, Evo Morales disse tratar-se de «um golpe contra a democracia» e Luis Arce, candidato à presidência da Bolívia pelo MAS – que não foi inabilitado –, sublinhou que a decisão do tribunal «evidencia a falta de garantias para eleições livres, democráticas e justas na Bolívia».

Na mesma rede social, o advogado argentino Raúl Gustavo Ferreyra afirmou que o «Estado de Direito [foi] executado pelas autoridades ditatoriais» e alertou para o facto de a situação na Bolívia se encaminhar para «a fraude eleitoral».

O MAS tem alertado para a perseguição aos seus militantes e apoiantes, bem como para a «tentativa política» do STE de «eliminar» os seus candidatos.

Em sondagens divulgadas recentemente, Arce, que foi ministro da Economia e das Finanças de Morales, aparece à frente nas intenções de voto (31,6 %), seguido do ex-presidente Carlos Mesa (direita, 17,1%), da golpista Jeanine Áñez (16,5%) e de Luis Camacho (fascista, 9,6%).





Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/internacional/tribunal-eleitoral-inabilita-candidatura-de-morales-senador

Artigos relacionados

Os doutores Salgado e Mexia: fantasmas de um flirt passado do ISEG
Os doutores Salgado e Mexia: fantasmas de um flirt passado do ISEG  A última semana trouxe a debate a crescente ingerência do dinheiro das grandes empresas privadas na universidade públic... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Não há campus grátis
Não há campus grátis (Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 06/07/2020) Daniel Oliveira No imaginário da direita conservadora, as universida... 17 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
China | “Lei não retira o poder legislativo da região administrativa H...
China | “Lei não retira o poder legislativo da região administrativa H... Elsie Leung, antiga secretária para justiça do governo de Hong Kong e fundadora do maior partido pró-Pequim, o DAB... 4 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
China e EUA medem forças no Mar do Sul da China com exercícios militar...
China e EUA medem forças no Mar do Sul da China com exercícios militar... AChina organizou um grande exercício militar e, dias depois, os EUA lançaram o seu e, pela primeira vez em seis an... 16 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Portugal Temido | Contagem decrescente?
Portugal Temido | Contagem decrescente? Júlio Machado Vaz* | Jornal de Notícias | opiniãoSe o primeiro-ministro puxou as orelhas à ministra da Saúde, t... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Portugal | António Mexia e Manso Neto suspensos de funções na EDP
Portugal | António Mexia e Manso Neto suspensos de funções na EDP Os presidentes da EDP e EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, foram suspensos de funções pelo juiz de instru... 3 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate