• in AbrilAbril

Manifestação no Rio reuniu milhares em apoio aos grevistas da Petrobras

Durante a mobilização, os trabalhadores do sector petrolífero, em greve há 18 dias, celebraram a suspensão provisória do despedimento de mil operários no Paraná.

Cerca de 15 mil pessoas manifestaram-se esta terça-feira no Rio de Janeiro em apoio à greve dos trabalhadores do sector petrolífero e contra as privatizações de Bolsonaro Créditos / FUP

A marcha desta terça-feira, que decorreu no centro do Rio de Janeiro, juntou trabalhadores do sector petrolífero e de outros sectores, bem como representantes de centrais sindicais e de movimentos populares, em apoio à greve que dos «petroleiros» e contra as tentativas de privatização da Petrobras pelo governo de Jair Bolsonaro, informa o portal Brasil de Fato.

De acordo com a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que foi uma das entidades organizadoras do protesto, a iniciativa reuniu cerca de 15 mil pessoas. Entre as principais reivindicações da greve, contam-se a denúncia do não cumprimento do Acordo Colectivo de Trabalho e a exigência a revogação do despedimento de mais de mil trabalhadores da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná.

Durante a mobilização de ontem, os manifestantes foram informados da decisão do Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR), que suspendeu o despedimento de forma provisória até dia 6 de Março. Apesar de terem festejado a decisão, os trabalhadores do sector petrolífero sublinhram que se iam manter firmes em greve, mesmo depois de o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Ives Gandra, ter decretado uma multa diária de 500 mil reais à Federação Única dos Petroleiros (FUP) e ter dado ao governo federal e à Petrobras o direito de despedir os grevistas.

A greve, que entrou já na terceira semana, mobiliza 21 mil trabalhadores de 121 unidades do Sistema Petrobras em todo o Brasil, o equivale a 64% do total de funcionários da empresa, segundo dados divulgados pela FUP.

Tribunal «reaccionário», «conservador»

Wadih Damous, advogado e ex-deputado federal do Partido dos Trabalhadores (PT), acusou Ives Gandra de pertencer à «extrema-direita», e sublinhou que «a classe trabalhadora historicamente nunca se deteve diante da decisão de tribunais reaccionários».

Também presente na mobilização do Rio, Guiherme Boulos, dirigente do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), disse ao Brasil de Fato que a decisão de Gandra de declarar a greve «ilegal» torna ainda mais clara a sua campanha para ser apontado por Bolsonaro a uma vaga no Supremo Tribunal Federal.

«É uma decisão ilegal, não é a greve que é ilegal. Não é possível que o direito constitucional à greve seja afectado por uma decisão de um ministro que todo o Brasil sabe ser ligado a Bolsonaro, a Olavo de Carvalho e que está em campanha para ser ministro do Supremo. A greve dos petroleiros segue firme e terá força para resistir a mais esse golpe», disse Boulos.

Entretanto, a FUP anunciou que, ontem, representantes sindicais se reuniram com Gandra, num encontro intermediado «por uma expressiva bancada de deputados e senadores do campo progressista, que também estiveram presentes».

Após o encontro, o presidente do TST convocou uma reunião de mediação com a FUP para a próxima sexta-feira, dia 21, «para discussão das matérias que envolvem a presente greve, condicionando a sua realização à imediata cessação do movimento paredista».

O Conselho Deliberativo da FUP reúne-se hoje, no Rio de Janeiro, para analisar e debater o teor do documento, anuncia numa nota a Federação.





Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/internacional/manifestacao-no-rio-reuniu-milhares-em-apoio-aos-grevistas-da-petrobras

Artigos relacionados

Mundo em transição – os processos internacionais revelados e acelerado...
Mundo em transição – os processos internacionais revelados e acelerado... Em que mundo nos encontramos? A pandemia do novo coronavírus produziu o maior acontecimento político e ec... 0 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Portugal | Caso BES. Salgado acusado de 65 crimes incluindo associação...
Portugal | Caso BES. Salgado acusado de 65 crimes incluindo associação... O ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES) Ricardo Salgado foi na terça-feira acusado de 65 crimes, incluindo a... 5 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Número de mortos em África sobe para 13.456 em quase 611 mil casos
Número de mortos em África sobe para 13.456 em quase 611 mil casos Onúmero de mortos em África devido à covid-19 subiu hoje para 13.456, mais 218 nas últimas 24 horas, em quase 611 ... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
EUA com 850 mortos e mais de 63 mil infeções nas últimas 24 horas
EUA com 850 mortos e mais de 63 mil infeções nas últimas 24 horas Os Estados Unidos registaram 850 mortes causadas pela covid-19 e 63.262 novas infeções nas últimas 24 horas, indic... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Incerteza
Incerteza DIA 15, FALAMOS in·cer·te·za |ê| 15 Julho, 2020J. A. Nunes Carneiro, no Porto... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
O mítico valor de mercado
O mítico valor de mercado I Parte – A venda de crédito A venda de bens por um valor muito inferior ao valor contabilístico registado... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate