• Página Global

Portugal | A impunidade dos fortes


Vítor Santos | Jornal de Notícias | opinião

As multas aplicadas a banqueiros e gestores bancários em Portugal deviam servir para credibilizar o país e as instâncias de controlo da Banca, com CMVM (Comissão de mercado de Valores Mobiliários) e Banco de Portugal à cabeça.

Num contexto de esforço financeiro pedido aos contribuintes, que continuam a pagar a gestão danosa destes alquimistas do grande capital, o mínimo exigível seria garantir a liquidação das coimas e multas aplicadas. Como poderá perceber na edição de hoje do JN, nem isso acontece. Dez antigos gestores foram chamados a liquidar 16,8 milhões de euros, tudo na sequência de irregularidades detetadas pelos supervisores, só que, por motivos vários, a maioria das multas ficam por cobrar. A contestação é quase sempre gizada em grandes escritórios de advogados e, não raras vezes, termina em prescrição. O resultado é devastador para a credibilidade do Estado.

A crise da banca, uma desconstrução de instituições e personalidades que se projectaram de braço dado com políticos importantes um pouco por todo o Mundo, não é de agora. Os primeiros abalos foram sentidos em 2008 e as cascatas desabaram até chegarem a esta estabilidade construída em porcelana, onde somos aconselhados a mexer devagarinho. À queda dos impérios, os países foram respondendo com estratégias distintas. Do 80 da pequena Islândia, onde foi criada uma prisão especial para os responsáveis por fraudes, corrupção e branqueamento de capitais, ao 0,8 de Portugal, onde a verdadeira punição caiu em cima dos contribuintes.

É por isso que não me surpreende que também no nosso país comecem a conquistar admiradores movimentos acantonados nas franjas da democracia. A culpa é de todos, mas sobretudo de um Estado cuja eficácia na cobrança parece extinguir-se quando os prevaricadores são os donos das grandes fortunas.

*Editor-chefe

Ver o original em 'Página Global' na seguinte ligação:

https://paginaglobal.blogspot.com/2020/02/portugal-impunidade-dos-fortes.html

Artigos relacionados

Algumas razões para ser um otimista irritante, mesmo que com algumas r...
Algumas razões para ser um otimista irritante, mesmo que com algumas r... 1. Quase por certo João Pinto, antigo capitão do F.C. Porto não sabia o que afirmara Winston Churchill décadas antes, qu... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Petição ao Governo de Portugal - Segurança social para todos
Petição ao Governo de Portugal - Segurança social para todos Em muito pouco tempo, a pandemia da covid-19, combinada com o colapso económico que produziu, tornou evidente que as nos... 101 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
NÃO MATEM A COTOVIA!
NÃO MATEM A COTOVIA! Há nomes que doem. Nomes de gente comum, cidadãos anónimos, cuja vida é igual a milhões de seres que, por esse mundo for... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
O Momento Chernobyl de Trump e Bolsonaro?
O Momento Chernobyl de Trump e Bolsonaro? (Francisco Louçã, in Expresso Diário, 02/06/2020)Pode ser que Trump e Bolsonaro resistam, se conseguirem acumular a v... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
A Bibliadel Não é uma Bíblia, é um testamento oferta de Juan Guaidó com prefácio de Augusto Santos Silva.Esta fotografia à distâ... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Petição ao Governo de Portugal
Petição ao Governo de Portugal Segurança social para todosPetição ao Governo de PortugalEm muito pouco tempo, a pandemia da covid-19, combinada com o c... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    • Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a...
      Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a realidade de pernas para o ar. Neste artigo, um assumido 'liberal', militante de um partido com algumas raízes iniludivelmente alimentadas pelo fasc...  http://tinyurl.com/y9zl8npo
      Mais
      0
      0
      0
      0
      0
      0
      Publicação sobre moderação
      Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • Plataforma Cascais juntou-se ao grupo Conversando sobre o País e o Mundo
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate