• Jornal Tornado in 'O TORNADO'

A multipoesia de Augusto de Campos

Maior maior poeta brasileiro vivo chega aos 89 anos.

Augusto de Campos, o maior poeta brasileiro vivo e um dos nomes fundamentais da vanguarda poética internacional, completa 89 anos de idade nesta sexta-feira (14). Um dos criadores do movimento concretista, na década de 1950, ao lado do irmão Haroldo de Campos e de Décio Pignatari, exerceu imensa influência na Música Popular Brasileira – sobretudo no Tropicalismo de Caetano Veloso e Gilberto Gil –, nas linguagens do teatro, do cinema, da publicidade e da melhor poesia realizada hoje no Brasil.

Augusto de Campos realiza uma pesquisa poética regida pelo signo da invenção, utilizando recursos das tecnologias digitais que permitem integrar palavra, som, imagem, movimento, tempo e espaço em composições que solicitam a participação inteligente do leitor para a construção de significados. Em Criptocardiograma, peça que integra a série Clip-poemas, publicada em sua página na internet, a leitura é interativa: cabe ao leitor arrastar as letras de um menu-alfabeto para dentro de um campo de ícones, substituindo cada ícone por uma letra para compor o poema, numa operação lúdica que recorda o engenho barroco da poesia visual labiríntica.


Parceria entre Augusto de Campos e Júlio Plaza originou os poemas-objeto de Poemóbiles

A interatividade está presente no trabalho do poeta paulistano desde Colidouescapo (1971), pequeno álbum com folhas soltas que podem ser intercambiadas em diferentes sequências, permitindo a construção de palavras inusitadas, pela recombinação de morfemas (destinto, desescanto, resiscanto).

Em Poemóbiles (1974), obra realizada em parceria com o artista visual Júlio Plaza, o autor nos apresenta a um ciclo de 12 poemas-objeto coloridos tridimensionais manipuláveis, assim como as esculturas móveis de Alexander Calder, que podem ser lidos na horizontal, na vertical ou na diagonal, de baixo para cima ou de cima para baixo, numa pluralidade de rotas interpretativas. O poema Viva Vaia, que integra o conjunto, chama a atenção pela tipologia empregada, que abole as fronteiras entre palavra e imagem: os signos visuais podem ser lidos como letras e ainda como formas plásticas, recuperando a dimensão visual da escrita.


Augusto de Campos, Décio Pignatari, Caetano Veloso e Haroldo de Campos: criadores da Poesia Concreta marcaram o Tropicalismo

Este é um dos aspectos centrais na poesia de Augusto de Campos, um dos fundadores da Poesia Concreta – ao lado de seu irmão Haroldo de Campos e de Décio Pignatari – e atinge o ponto de maior desenvolvimento na Caixa Preta (1975), conjunto de poemas visuais e poemas-objeto elaborados novamente em parceria com Júlio Plaza, no qual se destaca o poema Pulsar, em que as letras se mesclam a sinais gráficos como círculos e estrelas, que substituem as vogais. A peça foi musicada por Caetano Veloso e consta na gravação em vinil que acompanha a Caixa Preta.

A relação de Augusto de Campos com a música é antiga: já no ciclo de poemas coloridos de temática amorosa Poetamenos (1955), publicado no segundo número da revista Noigandres, a sintaxe discursiva é substituída pela organização gráfico-visual das palavras, inspirada na técnica da “melodia de timbres” do músico austríaco Anton Webern (cada cor equivale a uma nota distribuída a um instrumento musical diferente).

É preciso destacar também a poesia participante de Augusto de Campos, especialmente os poemas Greve (1961), Luxo / Lixo (1965), construído como paródia das logomarcas comerciais, e a série de poemas-cartazes Popcretos (1964-1966), que afirmam a contestação da ordem capitalista via linguagem.

Em Psiu, poema circular construído a partir da colagem de textos e imagens recortados de jornais e revistas, lemos a frase “Saber viver, saber ser preso, saber ser solto” junto a retalhos semânticos como “bomba”, “dinheiro”, “amar”, “livre” e “paz” e de “pedaços de mensagens comerciais, referências à ditadura militar e aos atos institucionais”[1], como observou Flora Sussekind.


Greve, de 1961, é um dos pontos altos da poesia participante de Augusto de Campos

Os poemas mais recentes de Augusto de Campos estão reunidos em Despoesia (1993) e Não (2003), além do volume Viva Vaia (2001), que reúne seus primeiros livros, e do CD Poesia é Risco (1994), realizado em parceria com o músico Cid Campos. O poeta desenvolve hoje trabalhos na área da poesia digital, utilizando programas de multimídia para explorar a animação e a interatividade, que podem ser acessados em seu site e em sua conta no Instagram

 

[1] GUIMARÃES, Júlio Castañon e SUSSEKIND, Flora (organizadores). Sobre Augusto de Campos. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2004, 155


por Claudio Daniel, Poeta, tradutor e ensaísta, é formado em Jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero, com mestrado e doutorado em Literatura Portuguesa pela USP, além de pós-doutorado em Teoria Literária pela UFMG  |  Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Ver original no jornal 'TORNADO' na seguinte ligação:

https://www.jornaltornado.pt/a-multipoesia-de-augusto-de-campos/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=a-multipoesia-de-augusto-de-campos

Artigos relacionados

Algumas razões para ser um otimista irritante, mesmo que com algumas r...
Algumas razões para ser um otimista irritante, mesmo que com algumas r... 1. Quase por certo João Pinto, antigo capitão do F.C. Porto não sabia o que afirmara Winston Churchill décadas antes, qu... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Petição ao Governo de Portugal - Segurança social para todos
Petição ao Governo de Portugal - Segurança social para todos Em muito pouco tempo, a pandemia da covid-19, combinada com o colapso económico que produziu, tornou evidente que as nos... 103 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
NÃO MATEM A COTOVIA!
NÃO MATEM A COTOVIA! Há nomes que doem. Nomes de gente comum, cidadãos anónimos, cuja vida é igual a milhões de seres que, por esse mundo for... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
O Momento Chernobyl de Trump e Bolsonaro?
O Momento Chernobyl de Trump e Bolsonaro? (Francisco Louçã, in Expresso Diário, 02/06/2020)Pode ser que Trump e Bolsonaro resistam, se conseguirem acumular a v... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
A Bibliadel Não é uma Bíblia, é um testamento oferta de Juan Guaidó com prefácio de Augusto Santos Silva.Esta fotografia à distâ... 1 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
Petição ao Governo de Portugal
Petição ao Governo de Portugal Segurança social para todosPetição ao Governo de PortugalEm muito pouco tempo, a pandemia da covid-19, combinada com o c... 2 views Mon, 30 Nov -1, 00:00:00
  • Criado em .

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    • Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a...
      Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a realidade de pernas para o ar. Neste artigo, um assumido 'liberal', militante de um partido com algumas raízes iniludivelmente alimentadas pelo fasc...  http://tinyurl.com/y9zl8npo
      Mais
      0
      0
      0
      0
      0
      0
      Publicação sobre moderação
      Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • Plataforma Cascais juntou-se ao grupo Conversando sobre o País e o Mundo
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate