• Entrada
  • Artigos
  • Mundo
  • Centenas de jornalistas do mundo inteiro assinam carta aberta pela libertação de Assange

Centenas de jornalistas do mundo inteiro assinam carta aberta pela libertação de Assange

por Oscar Grenfell

Centenas de jornalistas e de trabalhadores dos media do mundo inteiro assinaram uma carta aberta apaixonada que reclama a liberdade incondicional do fundador da WikiLeaks, Julian Assange. Ela pede também o fim imediato da campanha judicial travada contra lei pelo crime de ter revelado crimes de guerra.

Dentre os 422 signatários, até o momento, figuram Kristinn Hrafnsson, redactor chefe da WikiLeaks; John Pilger, jornalista de investigação de reputação mundial e Daniel Ellsberg, o denunciante dos "Pentagone papers" que revelou toda a criminalidade da guerra do Vietname.

Em nome do World Socialist Web Site, a carta foi assinada pelo presidente do comité de redacção internacional do WSWS, David North, e por outros jornalistas do WSWS.

Este apelo poderoso testemunha o carácter canalha e ilegal do aprisionamento de Assange no presídio de alta segurança de Belmarsh pela Grã-Bretanha. Ele indica claramente que os jornalistas que têm princípios vêm a tentativa da administração americana do presidente Donald Trump de o perseguir por 17 acusações principais sob a Lei de espionagem e de aprisioná-lo pela vida toda como um ataque frontal à liberdade de imprensa e uma ameaça grave aos seus próprios direitos.

A posição tomada pelos jornalistas segue-se à carta aberta dirigida ao ministro britânico do Interior no mês passado por mais de 65 médicos eminentes. A carta condena a recusa a fornecer cuidados de saúde adequados a Assange e adverte que ele poderia morrer na prisão. Ela coincide com uma declaração de um grupo de advogados internacionais, os quais documentam a ilegalidade da perseguição a Assange pelos Estados Unidos e pede a sua libertação imediata.

Estas iniciativas mostram que fora do vaso fechados dos governos, das agências de informação e das empresas mediáticas, que têm conduzido a campanha de nove anos contra Assange, a opinião pública mundial está do lado do fundador da WikiLeaks e contra os seus perseguidores.

A carta dos jornalistas diz: "Este caso está no cerne do princípio da liberdade de expressão. Se o governo americano puder perseguir o sr. Assange por ter publicado documentos classificados, isto pode abrir o caminho a processos judiciais contra jornalistas por toda a parte do mundo. Isto constituiria um precedente alarmante para a liberdade de imprensa no mundo".

A carta declara sem meias palavras: "Numa democracia, os jornalistas podem revelar crimes de guerra e casos de tortura e de abusos sem ter de ir para a prisão. Este é mesmo o papel da imprensa numa democracia".

Ela passa em revista as conclusões repetidas do Grupo de Trabalho das Nações Unidas sobre a Detenção Arbitrária. Estas conclusões demonstram que Assange tem de facto sido objecto de uma detenção ilegal pelas autoridades britânicas quando invadiram a embaixada equatoriana, onde em 2012 ele havia pedido asilo político.

A carta apresenta a conclusão do Relator especial da ONU sobre tortura, Nils Melzer. Este último declarou que os direitos legais e democráticos de Assange haviam sido espezinhados. Além disso, Assange foi objecto de uma campanha sem precedentes de "mobbing public" que equivalia à "tortura psicológica".

Os jornalistas escrevem: "Consideramos os governos dos Estados Unidos da América, do Reino Unido, do Equador e da Suécia responsáveis pelas violações dos direitos do homem que o sr. Assange foi vítima".

Eles citam um comentário notável de Melzer, que escreveu no princípio deste ano: "Compreendi finalmente que eu me deixara cegar pela propaganda. Caluniou-se Assange sistematicamente para desviar a atenção dos crimes que ele denunciava". O funcionário da ONU sublinhou o papel da imprensa burguesa na diabolização de Assange e na repetição das calúnias cozinhadas contra ele pelos serviços de informação.

Os trabalhadores dos media declaram (e isto é significativo): "Assange deu uma contribuição excepcional ao jornalismo de interesse público, à transparência e à imputabilidade dos governos através do mundo". Eles recordam algumas das dezenas de prémios que ele recebeu pelas divulgações da WikiLeaks, o que refuta magistralmente a afirmação de que Assange não é "um jornalista", repetida pelos cães amestrados pró patronato alinhados com a administração Trump.

A carta toma igualmente posição a favor dos lançadores de alerta que são perseguidos por terem denunciado actos criminosos cometidos por governos. "As reportagens do sr. Assange sobre os abusos e os crimes são de uma importância histórica, assim como as contribuições dos lançadores de alerta Edward Snowden, Chelsea Manning e Reality Winner, que estão agora no exílio ou encarcerada", afirma.

Os jornalistas mencionam o combate travado pelo romancista francês Émile Zola em favor de Alfred Dreyfus, um oficial militar judeu vítima de uma maquinação baseada sobre falsas acusações de espionagem no fim do século XIX. Em 1898 escreveu sua célebre carta aberta "J'accuse!" na qual ataca nominalmente os responsáveis pela perseguição de Dreyfus.

A carta dos jornalistas diz: "A posição de Zola entrou para os livros da história e constitui ainda hoje nosso dever de lutar contra os erros judiciais e de exigir contas aos poderosos. Este dever é hoje mais necessário do que nunca, no momento em Julian Assange é perseguido por governos e confrontado com 17 acusações principais em virtude da Lei americana sobre espionagem, que remonta a mais de um século".

A comparação é perfeitamente apropriada. Tal como no caso de Dreyfus, são as forças mais reaccionárias da sociedade que conduzem a perseguição de Assange e utilizam-na como um precedente para abolir os direitos fundamentais de toda a população. E, tal como para a defesa de Dreyfus, nada menos que a mobilização da classe operária e dos partidários das liberdades civis, a começar pelos jornalistas, é necessária para assegurar a liberdade incondicional de Assange e repelir os atentados aos direitos democráticos.

A última parte da carta merece ser citada na íntegra. "Enquanto jornalistas e organizações de jornalistas que acreditam nos direitos do homem, na liberdade de informação e no direito do público à informação, pedimos a libertação imediata de Julian Assange", lê-se ali.

"Exortamos nossos governos, todas as agências nacionais e internacionais e nossos confrades jornalistas a pedirem que seja posto fim à campanha judicial travada contra ele pelo crime de ter revelado crimes de guerra".

"Exortamos nossos colegas jornalistas a informar o público desta violação das liberdades fundamentais".

Sinal do imenso respeito mundial pela WikiLeaks e do reconhecimento das implicações internacionais da perseguição a Assange: jornalistas de países tão diversos como a África do Sul, o Quénia, a Namíbia, o Uganda, Israel, o Líbano, o Chile, Sri Lanka, a Ucrânia, a Rússia, a China, a Nova Zelândia, a Austrália, a Islândia, a Suécia, a França, a Turquia, a Croácia, os Estados Unidos e uma multidão de outros assinaram a carta.

Dentre eles figuram personalidade com dezenas de anos de experiência na indústria dos media. Na Austrália, Kerry O'Brien, presidente da " Walkley Foundation", assim como os jornalistas de investigação Andrew Fowler e Quentin Dempster fazem parte.

Empregados actuais de grandes organizações mediáticas assinaram igualmente. Na Alemanha, personalidades de primeiro plano de numerosas organizações de imprensa dentre as mais importantes do país participam da iniciativa. Entre outros Becker Sven, redactor chefe de Der Spiegel e Bastian Obermeyer, responsável pelos inquéritos do Süddeutsche Zeitung.

Personalidades eminentes dos media progressistas e anti-guerra como Joe Lauria, redactor chefe do Consortium News e os jornalistas Chris Hedges, Mark Curtis, Elizabeth Vos, Nozomi Hayase e numerosos outros são signatários.

Anthony Bellanger, secretário geral da Federação Internacional dos Jornalistas (IFJ), associação mundial que reúne 187 organizações filiadas em 140 países e representando 600 mil membros, ali figura igualmente.

Todos os defensores de Assange dos direitos democráticos devem promover o mais amplamente possível a posição destes jornalistas. A carta deveria ser difundida nos media sociais, enviada a todos os trabalhadores dos media e distribuída nos campus universitários e nos bairros populares.

Esta carta é uma nova manifestação da vaga de apoio da opinião pública em favor de Assange e de que a hostilidade à sua perseguição, que anima milhões de trabalhadores, estudantes, jovens e intelectuais por todo o mundo, surge à superfície da vida política.

Esta evolução bem vinda sublinha a necessidade de intensificar a campanha pela sua defesa, sobretudo alçando-a o mais amplamente possível na classe operária internacional. Esta é a força social mais poderosa do mundo e seus interesses são indissociáveis de uma ofensiva para proteger todos os direitos democráticos e sociais.

13/Dezembro/2019

Este artigo encontra-se em https://resistir.info/ .

Ver original em 'RESISTIR.INFO' na seguinte ligação:

https://resistir.info/varios/assange_carta_aberta_13dez19.html

Tags:

Artigos relacionados

EUA acusam Assange de ajudar Snowden a recrutar hackers
EUA acusam Assange de ajudar Snowden a recrutar hackers © Sputnik / Justin Griffiths-Williams Um grande júri norte-americano acusa o ciberativista australiano e fun... 63 views Wed, 01 Jul 2020, 00:47:18
EUA ampliam acusações contra Assange em suposto caso de hacking
EUA ampliam acusações contra Assange em suposto caso de hacking © Sputnik / Justin Griffiths-Williams Segundo o Departamento de Justiça, o ativista australiano teria fornec... 46 views Fri, 26 Jun 2020, 00:42:09
Covid-19: Julgamento de extradição de Assange adiado para setembro
Covid-19: Julgamento de extradição de Assange adiado para setembro     Advogados do fundador da WikiLeaks não têm acesso direto ao seu cliente "há mais de um mês" e consid... 169 views Tue, 28 Apr 2020, 00:02:52
Uma boa oportunidade para Cotrim ter ficado calado
Uma boa oportunidade para Cotrim ter ficado calado 1. Durante umas quinzenas, enquanto foi inquietante novidade na Assembleia da República, prestei particular atençã... 341 views Thu, 23 Apr 2020, 14:11:40
Assange teve dois filhos com advogada em embaixada, diz jornal
Assange teve dois filhos com advogada em embaixada, diz jornal     Fundador do WikiLeaks passou sete anos exilado na Embaixada do Equador em Londres. Mídia britânica i... 58 views Tue, 14 Apr 2020, 14:07:37
 Declaração acerca da audiência de fiança de Assange, em risco de cont...
Declaração acerca da audiência de fiança de Assange, em risco de cont... por Doctors4Assange  Doctors4Assange condena fortemente a decisão de quarta-feira da juíza distrital Vanessa Bar... 129 views Mon, 30 Mar 2020, 10:50:12

Assange

  • Criado em .
  • Visualizações: 112

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Filtrar por categoria
07, agosto 2020

A perda de biodiversidade pode estar a deixar-nos doentes

em Mundo

por ZAP in ZAP

Prawny / Pixabay   A perda de biodiversidade, nomeadamente microbiana, pode enfraquecer as nossas resistências e tornar-nos mais débeis ao longo do tempo.   Em 2050, espera-se que 70% da população do mundo viva em…
07, agosto 2020

Autoridade Marítima em Cascais resgata e assiste 8 pessoas em 4 dias

em Cascais

por CASCAIS24

Por VALDEMAR PINHEIRO 06 agosto 2020 Em apenas quatro dias, a Autoridade Marítima, em Cascais, resgatou e assistiu 8 pessoas em dificuldades, no mar e em terra.   Na Alameda da Guia duas ciclistas, uma…
07, agosto 2020

Outra Hiroshima aproxima-se — se não a travarmos já

em Mundo

por Página Global

Hiroshima e Nagasaki foram actos de assassínio em massa premeditados que deram início a uma arma de criminalidade intrínseca. Foram justificados por mentiras que constituem o fundamento da propaganda de guerra dos EUA no século…
07, agosto 2020

Investigação sobre o fim do “sonho americano”

em Mundo

por Página Global

    Dois economistas sondam o empobrecimento e depressão dos operários, na antiga potência industrial do mundo. Em sua tragédia, as ciladas da racionalidade neoliberal, num sistema em que a grande realização é o consumo…
07, agosto 2020

Irã cita Hiroshima e diz que Israel e EUA são ameaças nucleares para o Oriente Médio

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Vladimir Astapkovich O chanceler iraniano, Mohammad Javad Zarif, disse nesta quinta-feira (6) que os EUA e Israel representam uma ameaça nuclear para o Oriente Médio.  A declaração coincide com o 75º aniversário…
07, agosto 2020

Quem escolherá o próximo presidente dos EUA - o povo americano ou o Facebook?

em Mundo

por Página Global

    Os titãs das mídias sociais são mais poderosos que os políticos. Mas não precisava ser assim   Jonathan Freedland | Carta Maior     Na semana passada, em uma audiência no Congresso americano, foi…
07, agosto 2020

COVID19. Estoril Eden usa inteligência artificial para gerir relação com hóspedes

em Cascais

por CASCAIS24

COVID19 Por Agência 07 agosto 2020 Após reabrir no passado dia 15 de julho,  depois de uma paragem motivada pela necessidade de reorganização face à pandemia COVID19, o Hotel Estoril Eden implementou a solução de…
07, agosto 2020

100.000 vidas!

em Mundo

por Brasil24/7

  100.000 brasileiros como eu, como vocês, que tiveram esperança de não ser atacados pelo vírus, que achavam que sobreviveriam, que sairiam vivos dos hospitais, que reencontrariam seus familiares     Os números já parecem…
07, agosto 2020

Os mistérios da monstruosa explosão de Beirute

em Mundo

por span itemprop="author creator" itemprop="name" data-byline-name="José Goulão"José Goulão

Uma calamidade como a provocada pela monstruosa explosão é, sem dúvida, uma maneira de contribuir para a ingovernabilidade do pequeno e flagelado país dos cedros. Beirute depois da explosão: centenas de mortos e desaparecidos, milhares…
07, agosto 2020

INVESTIGAÇÃO. Busca de "furões" da PSP de Cascais a moradia na Guia apanha pistola 9 m/m e 34 munições

em Cascais

por CASCAIS24

A pistola 9 m/m e as 34 munições confiscadas durante a busca Por Redação 07 agosto 2020 Uma busca a uma moradia, na Guia, realizada esta terça-feira, ao final da tarde, por agentes da Esquadra…
07, agosto 2020

Portugal | Fumo para os olhos

em Portugal

por Página Global

    Vítor Santos* | Jornal de Notícias | opinião   As consequências da covid-19, no país e no Mundo, esmagam a atualidade, estando, legitimamente, no topo das preocupações de todos, porque ninguém escapa às…
07, agosto 2020

Ministro da Defesa chinês pede aos EUA que evitem "movimentos perigosos"

em Mundo

por Página Global

    Pequim, 07 ago 2020 (Lusa) - O ministro da Defesa chinês, Wei Fenghe, pediu hoje ao homólogo norte-americano, Mark Esper, que "evite movimentos perigosos", que possam levar a uma escalada no Mar do…
07, agosto 2020

“Operação Momo”. PSP faz centenas de buscas devido a crimes através do MB Way

em Portugal

por ZAP in ZAP

Pedro Simões / Wikimedia   PSP está esta sexta-feira a levar a cabo 51 buscas em vários concelhos dos distritos de Setúbal, Santarém e Portalegre numa operação de combate “à criminalidade com recurso à aplicação…
07, agosto 2020

“Vacina deve ser um bem global de saúde pública”. OMS critica “nacionalismo de vacinas”

em Mundo

por Lusa in ZAP

unisgeneva / Flickr   A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o “nacionalismo de vacinas” para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo…
07, agosto 2020

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

em Mundo

por ZAP in ZAP

Jim Lo Scalzo / EPA   Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe…
07, agosto 2020

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

em Portugal

por ZAP in ZAP

Miguel A. Lopes / Lusa A mulher de Bruno Candé, Sali, durante a manifestação contra a morte do ator A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para…
07, agosto 2020

Vigília de trabalhadores dos CTT

em Portugal

por AbrilAbril

Os trabalhadores dos CTT dos Centros de Distribuição Postal de Santarém e de Rio Maior promovem esta sexta-feira à noite, em Santarém, uma vigília na Praça do Município. CréditosInácio Rosa / Agência LUSA A acção,…
07, agosto 2020

Isto, sim, é islamofobia a sério

em Mundo

por Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

Há três anos, “Os membros do grupo norueguês “Fedrelandet viktigst” – Pátria primeiro, em tradução para português –, confundiram uma fotografia de um autocarro vazio com mulheres de burka e o ódio foi lançado na…
07, agosto 2020

AS TROMBETAS DO APOCALIPSE NAS MARCHAS ANTICOMUNISTAS

em Mundo

por Manuel Augusto Araujo

  Fotomontagem de John Hearfield, Agosto1934 . Friedich Ebert, (1871-1925) presidente do Partido Social/Democrata da Alemanha, Chanceler da Republica de Weimar. um dos responsáveis pelo assassinato dos dirigentes comunistas Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht. A…
07, agosto 2020

Portugal foi o “patinho feio”, mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

em Portugal

por ZAP in ZAP

Mário Cruz / Lusa   Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus.   Quando o novo coronavírus começou a…
07, agosto 2020

Justiça brasileira decreta reintegração dos trabalhadores despedidos pela Renault

em Mundo

por AbrilAbril

A 3.ª Vara do Trabalho de São José dos Pinhais (Grande Curitiba) determinou, esta quarta-feira, a imediata reintegração dos 747 trabalhadores despedidos pela Renault no passado dia 21 de Julho. A decisão da 3.ª Vara…
07, agosto 2020

Centrais sindicais promovem hoje (7) o Dia Nacional de Luto e de Luta

em Mundo

por Jornal Tornado in 'O TORNADO'

Sob o lema #ForaBolsonaro, o movimento sindical denuncia que, ainda nesta semana, o País alcançará a dura marca de 100 mil mortes por Covid-19. 7 Agosto, 2020 Jornal Tornado   Em meio à pandemia do…

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate