Equador: a hora da decisão

Um artigo que traduzimos e publicamos na Revista Opera em abril deste ano, escrito por Alfredo Serrano Macilla, do Celag, sobre o presidente equatoriano Lenín Moreno, era aberto da seguinte forma: “Ele vai embora, e já sabe. Nem sequer chegou ao marco de dois anos, e sua imagem positiva segue em queda livre.” O artigo declarava: “O final já está escrito. Nós não sabemos exatamente quando, mas certamente será mais cedo do que tarde. […] Adeus, Lenín!”

De fato, tudo indica que “mais cedo” era realmente bem cedo. Lenín Moreno foi posto contra a parede nas últimas duas semanas, após anunciar um pacote antipopular de medidas de austeridade. Mas não o foi por meio de uma “transição suave” acordada entre seus antigos aliados e sócios – e sim pela força do povo na rua.

As medidas anunciadas incluíam a eliminação de subsídios em combustíveis (cujo preço teve um salto de cerca de 120% assim que a medida passou a valer), uma redução de 20% no salário de funcionários temporários do setor público, a redução, de 30 para 15 dias, das férias de empregados públicos, contribuição de um dia de salário mensal de funcionários públicos para o Tesouro, o fim dos impostos sob a importação de tecnologia e carros abaixo do valor de 32 mil dólares, e a redução de impostos para compra de máquinas.

Na prática, para além do ataque ao funcionalismo público, o “pacotão” (paquetazo) que Lenín colocou sobre a mesa, em troca de uma das já clássicas operações de “salvação pelo crédito” do Fundo Monetário Internacional – este de 4,2 bilhões de dólares  significava a ruína econômica do povo equatoriano. O aumento no preço de combustíveis inevitavelmente recairia sobre todos os bens consumidos no país. A redução e fim de impostos de importação manteria e aumentaria a dependência de um país onde maquinaria e transportes equivalem a 32% de todos os bens importados.

Apesar de suas “medidas compensatórias”, que incluíam o aumento, de 69 a 84 dólares, no pagamento para as famílias mais pobres, e a contribuição especial de empresas (nacionais) com receita superior a 10 milhões de dólares anuais aos cofres fiscais, o povo não deu mole a Moreno, que dava só mais um passo na sua agenda, que incluiu anteriormente privatizações, perdão de dívidas e a redução de gastos públicos.

Na segunda-feira (7), quando se esperava que a situação do país fosse se estabilizar, já que a Associação dos Trabalhadores de Transportes havia cancelado sua participação na greve geral, os indígenas, organizados principalmente sob a Confederação de Nacionalidades Indígenas do Equador (CONAIE), puseram-se nas ruas de Quito, de onde até agora não saíram.

Os protestos em massa forçaram o governo, que já havia instaurado o estado de exceção na semana anterior, a se refugiar em Guaiaquil, na costa oeste do país. Acuado, Moreno respondeu avolumando sua margem de manobra pelo endurecimento da repressão. Decretou toque de recolher em “regiões estratégicas”, atacou indígenas em seus acampamentos – montados com o apoio da Pontifícia Universidade Católica do Equador (PUCE) e pela Universidade Politécnica Salesiana do Equador (UPS) – e expandiu sua rede bestial de mentiras, que passou incólume com a anuência da imprensa local e global. Conseguiu retornar a Quito.

Mas os manifestantes, sabendo que a dureza e a força são ferramentas democráticas, de todos, reagiram. Dia após dia militares foram sequestrados, a repressão foi combatida, e o povo firmou-se. Moreno retornou a Quito, mas não a retomou.

 

A repressão de Moreno contra a insurreição de seu povo já levou à morte confirmada de ao menos cinco pessoas, a mais de 1000 prisões, e a 900 feridos. Neste sábado (12) o presidente continuou a dar duro. Anunciou a expansão do toque de recolher e a militarização em Quito, bloqueou o sinal da Telesur no país, e posicionou snipers em pontos estratégicos da cidade.

 

Ao mesmo tempo, contrariando o que havia dito no começo da semana, se dispôs a dialogar com as lideranças indígenas e revisar seus decretos e o paquetazo econômico. A CONAIE consentiu a dialogar.

No fim da noite deste sábado (12) divulgou um comunicado em que denuncia que “o Estado e todo o seu aparato demonstrou ter a decisão de seguir matando indígenas e o povo nas ruas até nos derrotar pela dor de perder nossos companheiros e irmãs de luta.” O comunicado critica o presidente por “não dar o braço a torcer”, mas ressalta que “a responsabilidade da CONAIE é destravar a situação e evitar um banho de sangue de nosso povo”.

Ainda assim, por ora, a orientação às bases é “seguir em frente com as ações de luta enquanto se delegam conversas exploratórias para desenhar uma série de medidas que impliquem sair dessa encruzilhada.” O comunicado esclarece ainda, “frente às nossas bases e à opinião pública”, que “não existe nenhuma negociação se não se tratar de reorientar a política econômica do país. Por isso, realizaremos as aproximações para tratar da revogação do decreto 883, mas manteremos as ações de mobilização a nível nacional e em cada um dos territórios, exortando ao Governo para que existam as devidas garantias.”

Um recuo agora, se é que seja possível, e a despeito da disposição assassina do presidente equatoriano, seria sua chance de reorganizar e reconsolidar suas forças. Não que, para Moreno pessoalmente, isso bastasse: ele vai embora, e já sabe. Mas seu sucessor sem dúvidas estaria, sob a experiência recente, mais precavido sobre a natureza insurrecional de um povo humilhado pelo FMI. Se a mobilização de fato for mantida, quer compre algum tempo ou não, fazendo o povo verter mais ou menos sangue, aproxima-se a hora de dizer, parafraseando Serrano: “Adeus, Lenín!” E, como escrevera Clausewitz, nas negociações de paz “o lado que tiver o menor anseio [por ela] naturalmente virá a obter o melhor acordo.”

The post Equador: a hora da decisão appeared first on Revista Opera.

Ver original em 'Revista Opera' (aqui)

Tags:

Artigos relacionados

'Somos agora um dos piores exemplos do mundo', diz Correa sobre situaç...
'Somos agora um dos piores exemplos do mundo', diz Correa sobre situaç... © AP Photo / Dolores Ochoa Em entrevista desde Bruxelas, onde reside e leciona em uma universidade, o antigo... 90 views Thu, 16 Apr 2020, 14:58:23
Equador: nem sequer conseguiremos contar os mortos
Equador: nem sequer conseguiremos contar os mortos O Equador é o terceiro país com mais casos de coronavírus na América Latina: 3.646 casos e 180 mortes até o dia 5 ... 74 views Tue, 14 Apr 2020, 14:19:03
“Claramente o que aconteceu na Bolívia foi golpe”
“Claramente o que aconteceu na Bolívia foi golpe” Nesta entrevista, o ex-presidente do Equador, Rafael Correa, falou sobre o golpe contra Evo Morales na Bolívia e a... 57 views Mon, 18 Nov 2019, 15:24:38
 O FMI E QUEM O DEU À LUZ
O FMI E QUEM O DEU À LUZ É realmente importante este texto do Boaventura Sousa Santos, porque através dele se compreende e recorda (mesmo para ... 73 views Sat, 26 Oct 2019, 00:25:54
Equador: Passo atrás de Lenín Moreno é vitória parcial do povo
Equador: Passo atrás de Lenín Moreno é vitória parcial do povo O povo equatoriano deu a todo o continente, por meio de uma heróica e brava mobilização nos últimos onze dias, algumas... 221 views Mon, 14 Oct 2019, 12:39:42
Corajoso Povo do Equador
Corajoso Povo do Equador https://www.facebook.com/marcos.pedlowski.5/posts/10157603415498491?__xts__[https://www.facebook.com/marcos.pedlowski.5/... 238 views Mon, 14 Oct 2019, 01:08:14

Equador

  • Criado em .
  • Visualizações: 59

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Filtrar por categoria
30, maio 2020

Caso George Floyd. Pentágono ordena ao Exército para estar pronto a agir

em Mundo

por Página Global

    O Pentágono tomou a rara decisão de ordenar ao Exército que colocasse unidades da polícia militar dos EUA em alerta, prontas para agir em Minneapolis, onde o homicídio do afro-americano George Floyd pela…
30, maio 2020

Protestos pela morte de afro-americano em várias cidades dos EUA

em Mundo

por Página Global

    Milhares de pessoas concentraram-se, ao início da noite de sexta-feira, em várias cidades norte-americanas em protesto pela morte do afro-americano George Floyd, às mãos da polícia, na passada segunda-feira. No centro de Atlanta,…
30, maio 2020

Merkel rejeita convite de Trump para participar do G7 presencialmente

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Markus Schreiber A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou o convite do líder norte-americano, Donald Trump, para participar da cúpula do G7 pessoalmente. A informação foi divulgada pelo porta-voz do governo alemão,…
30, maio 2020

EUA ameaçam portos, empresas e governos caso ajudem petroleiros iranianos em direção à Venezuela

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Palácio Miraflores Representante americano para a Venezuela disse que empresas, portos, governos e seguradoras poderiam encarar duras sanções caso prestem serviços a navios-tanque do Irã seguindo para a Venezuela. Vários petroleiros iranianos…
30, maio 2020

Acordo salarial fechado na EDP

em Portugal

por in AbrilAbril

«Determinação e coerência foram decisivas» para valorizar os salários mais baixos e elevar o salário de admissão sem pôr em causa a evolução salarial da generalidade dos trabalhadores da EDP. Logotipo da EDP (foto de…
30, maio 2020

Leornardo Boff: 'O Deus de Bolsonaro é o Deus da morte'

em Mundo

por Brasil24/7

  Sputnik News - A pandemia de COVID-19 impõe a morte ao cotidiano de todos os brasileiros. Conversamos com o teólogo Leonardo Boff para entender qual o papel de Deus e da política para salvar…
30, maio 2020

"A ciência fez uma viragem para o obscurantismo"

em Mundo

por resistir.info

por MPR  Há alguns anos o doutor Richard Horton, editor chefe de revista de medicina The Lancet, cometeu um verdadeiro sacrilégio ao por em dúvida a validade de uma boa parte das investigações científicas. Escreveu…
30, maio 2020

Governo propõe fechar a Cinemateca, cuja presidência foi prometida a Regina Duarte

em Mundo

por Brasil24/7

    247 - Depois de fritar Regina Duarte e anunciar que ela deixará a Secretaria Nacional de Cultura, o governo federal teria a intenção de fechar a Cinemateca, órgão responsável pela memória do cinema…
30, maio 2020

Capitania de Cascais reforça segurança nas praias com Amarok e militares

em Cascais

por CASCAIS24

29 maio 2020 A Capitania do Porto de Cascais recebeu, esta sexta-feira, ao final da tarde, dois veículos  VW Amarok para reforçar a segurança nas praias nos concelhos de Cascais, Sintra e Mafra, os quais…
30, maio 2020

BNG questiona Ministra de Negócios Extranjeiros sobre o seu tweet

em Mundo

por Abril de Novo Magazine

PUSL.- O BNG (Bloco Nacionalista Galego) questiona Ministra das Relações Exteriores do Congresso Espanhol relativamente a ausência da bandeira saharaui do mapa da África que ela publicou. O deputado do Bloco Nacionalista Galego, Néstor Rego,…
30, maio 2020

Trump anuncia saída dos EUA da Organização Mundial da Saúde

em Mundo

por Lusa in ZAP

  O Presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou hoje que terminou o relacionamento entre os Estados Unidos e a Organização Mundial de Saúde (OMS), que acusou de ser inapta na gestão da pandemia de covid-19.…
30, maio 2020

A esquerda Peter Pan e o discurso dionisíaco do fascismo bolsonarista

em Mundo

por Brasil24/7

    Efetivamente a internet é terra de ninguém. Concordo com Umberto Eco quando ele diz que a “internet promoveu o idiota da aldeia” a portador da verdade, citando ainda outra frase muito conhecida, o…
30, maio 2020

EUA | George Floyd foi executado em 9 minutos e depois nós

em Mundo

por Página Global

    Isabel Moreira | Expresso | opinião   O ator Will Smith escreveu nas redes sociais isto: “racism is not getting worse, it's getting filmed”. George Floyd, um homem negro de 46 anos, culpado…
30, maio 2020

EUA | Polícia que asfixiou George Floyd foi detido e está acusado de homicídio

em Mundo

por Página Global

    Polícia colocou o joelho em cima do pescoço de George Floyd e pressionou-o até o asfixiar Foi detido o polícia que asfixiou George Floyd, anunciou esta sexta-feira o Departamento de Segurança Pública do…
30, maio 2020

Detido o agente que matou George Floyd. Tinha 18 queixas contra si

em Mundo

por ZAP in ZAP

  O agente norte-americano responsável pela morte de George Floyd foi, esta sexta-feira, detido. A polícia de Minneapolis revelou que o agente tinha 18 queixas anteriores contra si.   O agente da polícia de Minneapolis,…
30, maio 2020

Três lados: Frente ampla, salvação nacional, fora Bolsonaro

em Mundo

por Brasil24/7

    O invisível salta aos olhos do observador arguto. A polarização política no Brasil ganhou novos contornos depois da frustração do PIB, do aparecimento da pandemia e da escalada autoritária desencadeada pelo Governo. De…
30, maio 2020

Banqueiros portugueses alertam: o pior pode estar para vir

em Portugal

por ZAP in ZAP

Os principais banqueiros portugueses acreditam que o mais difícil da crise provocada pela pandemia de covid-19 ainda está para vir.   Na SIC Notícias, no âmbito do CEO Banking Forum, uma parceria do canal televisivo…
30, maio 2020

Portugal | Asas e penas

em Portugal

por Página Global

    Miguel Guedes | Jornal de Notícias | opinião A arte de ultrapassar obstáculos ocasionais pode inscrever-se num manual sem instruções, elevada a figura de estilo de um momento, misto de superação acidental ou…
30, maio 2020

Como George Soros se tornou um inimigo da extrema direita

em Mundo

por Página Global

    Corresponsável pela ascensão de Viktor Orbán, o filantropo bilionário passou a ser o "vilão perfeito" a ser construído. Cruzada de difamação contra Soros ultrapassou fronteiras da Hungria e inspira violência terrorista.   Existem…
30, maio 2020

Portugal | "Isto não é uma constipação. Jovens podem transmitir a pessoas de risco"

em Portugal

por Página Global

    A Direção-Geral da Saúde e o Ministério da Saúde realizaram a já habitual conferência de imprensa relativa à evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal. Está prevista para a próxima segunda-feira, dia 1…
30, maio 2020

Uma medida de grande alcance social

em Mundo

por Vitor Dias in "O Tempo das Cerejas"

Uma batalha ganha por Unidas Podemos «La prestación establece un umbral de renta para todos los ciudadanos y ciudadanas españoles, un suelo de 462 euros por cada hogar de un adulto solo. Cualquier ciudadano que…
30, maio 2020

Amianto fora das escolas – para quando?

em Portugal

por António Duarte

«Desde 2011 que a lei exige a divulgação desta lista para posterior remoção nos edifícios em perigo. E essa exigência tem, desde a semana passada, o carimbo da Assembleia da República, depois de ter sido publicada…
30, maio 2020

Covid-19 evidenciou problemas sociais do país, considera Ministra da Saúde

em Portugal

por ZAP in ZAP

A ministra da Saúde, Marta Temido, indicou que os focos de contágio de covid-19 dos últimos dias na área da Grande Lisboa mostram que há problemas que vão para além da doença e que exigem…
30, maio 2020

A América mergulhada nos seus pesadelos

em Mundo

por Vitor Dias in "O Tempo das Cerejas"

Sem mais palavras     Ver original em "O Tempo das Cerejas" (aqui)

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Plataforma Cascais juntou-se ao grupo Conversando sobre o País e o Mundo
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate