• Início
  • Artigos
  • Mundo
  • Quando parceiros não substituem a Rússia
  • in 'Sputnik Brasil'
  • Mundo

Brasil sem voz na cúpula do clima: retaliação ou falta de dever de casa?

Lote queimado é visto na Floresta Nacional de Jamanxim na Amazônia, no estado do Pará, Brasil, 11 de setembro de 2019
© REUTERS / Amanda Perobelli

Dono da maior floresta tropical do mundo, o Brasil foi impedido de discursar na Cúpula sobre Ação Climática da ONU. A Sputnik Brasil ouviu duas vozes sobre a decisão da ONU de tirar o microfone dos brasileiros.

Com início previsto para a véspera da Assembleia-Geral da ONU, o evento tem como objetivo "aumentar a ambição e acelerar a implementação do Acordo de Paris". 

O Brasil não irá discursar porque, afirma reportagem da Folha de S. Paulo, a ONU selecionou outros países que enviaram propostas consideradas mais ambiciosas. Também foram vetados Estados Unidos, Arábia Saudita, Japão, Austrália e Coreia do Sul.

"O Brasil não apresentou nenhum plano para aumentar o compromisso com o clima", disse à Folha de S. Paulo o enviado especial da secretaria-geral da ONU, Luis Alfonso de Alba.

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e os ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Meio Ambiente, Ricardo Salles, já questionaram o aquecimento global.

Bolsonaro pediu, em novembro de 2018,  que o Brasil não sediasse a Conferência do Clima da ONU em 2019, e o evento acabou transferido para o Chile. Salles pretende se reunir nos Estados Unidos com negacionistas do aquecimento global e Araújo já escreveu, em 2018, que o "climatismo" é uma trama para "sufocar o crescimento econômico nos países capitalistas democráticos e favorecer o crescimento da China".

O advogado e especialista em direito ambiental Fernando Pinheiro Pedro acredito que a exclusão do Brasil do rol dos oradores durante Cúpula sobre Ação Climática da ONU é um "desaforo internacional" e um posicionamento "ideológico e contaminado pelo sectarismo". 

"Há uma manipulação de ordem política e ideológica de uma questão que deveria ser tratada eminentemente no campo científico", diz Pedro à Sputnik Brasil.

Ainda de acordo com Pedro, o Brasil é prejudicado por "países europeus comprometidos com o globalismo" por seu posicionamento mais "soberanista e menos globalista".

Brasil está fora porque não fez a lição de casa

O diretor de políticas públicas da ONG SOS Mata Atlântica, Mario Mantovani, acredita que a exclusão do Brasil é justa porque o país "não fez a lição de casa". Ele ressalta que os brasileiros são responsáveis pela criação de instrumentos e eventos importantes no campo das políticas climáticas, como a Conferência do Clima e a Conferência da Biodiversidade: "não é coisa de gringo querendo trazer informação para cá", diz.

"Acho que a ONU está chamando a atenção do Brasil. Ela não proibiu, a condição para se participar desse evento era ter feito o documento", diz Mantovani á Sputnik Brasil. "O Brasil perdeu crédito, habilidade e está colocando em risco nossa economia e nossa sociedade com posturas tão obtusas e atrasadas."

Ver o original em 'Sputnik Brasil' na seguinte ligação::

https://br.sputniknews.com/brasil/2019091914536216-brasil-sem-voz-na-cupula-do-clima-retaliacao-ou-falta-de-dever-de-casa/

Artigos relacionados

Como a China lidera o caminho para combater a crise climática
Como a China lidera o caminho para combater a crise climática “Nunca mais buscaremos o crescimento econômico à custa do meio ambiente” – Xi Jinping O custo do desenvolvimento ... 29 views Wed, 16 Oct 2019, 00:32:11
Bolsonaro ameaça património histórico do Brasil
Bolsonaro ameaça património histórico do Brasil Governo federal vem substituindo superintendentes estaduais do instituto e prevê redução de 70% no orçamento de 20... 30 views Wed, 09 Oct 2019, 17:16:59
Para lá da jardinagem
Para lá da jardinagem Chico Mendes, sindicalista-ambientalista brasileiro, assassinado em 1988, terá dito um dia que “ambientalismo sem lu... 53 views Thu, 03 Oct 2019, 14:15:58
A comunicação social e as variações do tempo ao longo dos tempos
A comunicação social e as variações do tempo ao longo dos tempos I. Introdução Por variações do tempo entendem-se, aqui, as alterações das condições meteorológicas  nas div... 39 views Thu, 03 Oct 2019, 13:33:03
A degradação do ambiente resulta da «exploração abusiva dos recursos»
A degradação do ambiente resulta da «exploração abusiva dos recursos» Através de uma moção, aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal de Viseu, a CDU exige uma «verdadeira política»... 29 views Mon, 30 Sep 2019, 16:36:34
Acerca da impostura global
Acerca da impostura global Versin en castellano por Jorge Figueiredo Alguns leitores têm indagado porque resistir.info tem dado tanta ênfa... 37 views Sun, 29 Sep 2019, 23:14:54

Ambiente, Brasil

  • Criado em .
  • Visualizações: 34

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate