• Início
  • Artigos
  • Mundo
  • Quando parceiros não substituem a Rússia
  • in 'Sputnik Brasil'
  • Mundo

Pompeo confirma intervenção militar na Venezuela como opção possível

Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo
© AP Photo / Sait Serkan Gurbuz

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse à emissora chilena Mega TV que todas as opções para o que ele descreveu como "restauração da democracia" na Venezuela continuam na mesa, incluindo a intervenção militar.

De acordo com Pompeo, "qualquer ferramenta, qualquer opção continuam em cima da mesa", embora o Grupo de Lima de países latino-americanos tenha rejeitado tal cenário e os EUA não tenham apoio do Conselho de Segurança da ONU para tal medida.

"Deixamos claro que nosso objetivo é convencer Maduro de que é hora de partir. Vamos deixar todas as opções sobre a mesa para alcançar esse objetivo", disse ele, observando, no entanto, que "o trabalho é diligente para encontrar uma resolução diplomática e política para salvar o povo da Venezuela dos cubanos, dos russos e deste tirano Nicolás Maduro".


Quando lhe perguntaram se o final deste ano é o prazo de Washington para que Maduro se demita, ele expressou a esperança de que o legítimo presidente venezuelano saia "muito mais cedo do que isso". Ao mesmo tempo, ele admitiu que o apoio da China e da Rússia à Venezuela dificulta a saída de Maduro.

Ele insistiu que a Rússia "interveio sem autoridade" e sem o "consentimento do povo venezuelano" para apoiar Maduro, a quem ele chamou de "o ex-líder da Venezuela".

"Portanto, é uma hipocrisia quando nações como as da OEA e do Grupo de Lima são acusadas de intervir na Venezuela quando os russos têm tropas no terreno e, mais importante, quando você realmente tem um Estado que foi entregue como uma questão de segurança aos cubanos há muito tempo", afirmou Pompeo, criticando Moscou como "uma potência hostil".


Moscou anteriormente rejeitou as críticas, expressas pelos EUA e por vários outros países, à chegada de militares russos à Venezuela, argumentando que tinha agido "com uma base absolutamente legítima e legal".

A Venezuela está envolvida em uma grave crise política desde janeiro. Junto com outros países ocidentais, os EUA apoiam Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino da Venezuela. Ao mesmo tempo, numerosos países, incluindo a Rússia, China e Turquia, apoiaram o presidente constitucionalmente eleito, Nicolás Maduro, criticando o amplo apoio ocidental a Guaidó.

Ver o original em 'Sputnik Brasil' na seguinte ligação::

https://br.sputniknews.com/americas/2019041313673452-pompeo-confirma-intervencao-militar-venezuela-opcao-possivel/

Artigos relacionados

Rússia diz estar pronta para ajudar Venezuela a defender a sua soberan...
Rússia diz estar pronta para ajudar Venezuela a defender a sua soberan... © AP Photo / Natacha Pisarenko O presidente da câmara baixa do Parlamento russo afirmou que a Rússia está pr... 40 views Thu, 17 Oct 2019, 14:46:23
Vietname defende diálogo sem ingerências na Venezuela
Vietname defende diálogo sem ingerências na Venezuela A presidente da Assembleia Nacional, Nguyen Thi Kim Ngan, defendeu o diálogo entre venezuelanos, tendo como base a Con... 44 views Mon, 30 Sep 2019, 22:49:49
Putin reitera a Maduro apoio às "autoridades legítimas" na Venezuela
Putin reitera a Maduro apoio às "autoridades legítimas" na Venezuela     O Presidente russo, Vladimir Putin, reiterou hoje ao homólogo venezuelano, Nicolás Maduro, o seu apo... 48 views Thu, 26 Sep 2019, 16:15:18
Maduro: EUA usam Colômbia como base para escalada de conflito armado c...
Maduro: EUA usam Colômbia como base para escalada de conflito armado c... © Sputnik / Stringer O presidente venezuelano Nicolás Maduro denunciou que a Casa Branca usa Bogotá "como ba... 25 views Thu, 26 Sep 2019, 15:52:06
União Europeia prepara novas sanções contra Venezuela
União Europeia prepara novas sanções contra Venezuela © Sputnik / Irina Kalashnikova A União Europeia provavelmente irá sancionar mais sete autoridades venezuelan... 45 views Thu, 26 Sep 2019, 15:02:04
EUA impõem novas sanções a navios e empresas vinculados à Venezuela
EUA impõem novas sanções a navios e empresas vinculados à Venezuela © AP Photo / El Nuevo Dia,Omar Perez O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou, nesta terça-feira (... 40 views Thu, 26 Sep 2019, 15:01:21

Venezuela

  • Criado em .
  • Visualizações: 89

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate