08/07/2020
 

 

A Universidade de Harvard e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) pediram a um tribunal federal que bloqueie temporariamente uma regra do governo Trump que impede os estudantes estrangeiros de permanecerem nos EUA se suas universidades não estiverem a dar aulas presenciais neste outono, disse o presidente de Harvard.

Lawrence Bacow, em e-mail endereçado à comunidade de Harvard, disse: “Na última hora, enviamos pedidos com o MIT no Tribunal Distrital dos EUA em Boston, solicitando uma ordem de restrição temporária que proíba a execução da ordem. Iremos prosseguir com esse caso vigorosamente para que nossos estudantes internacionais – e estudantes internacionais de instituições de todo o país – possam continuar seus estudos sem a ameaça de deportação. “

A decisão de Harvard e do MIT, duas das universidades de elite dos EUA, ocorre dois dias depois do governo Trump emitir uma ordem que pode forçar dezenas de milhares de estudantes estrangeiros a deixar o país se suas escolas realizarem todas as aulas online. Harvard anunciou que realizaria todas as aulas on-line no próximo semestre.

Leia mais em Shangai Daily