• Entrada
  • Artigos
  • Mundo
  • A Mentira que Perturba - Por Fernando Buen Abad Domínguez

A Mentira que Perturba - Por Fernando Buen Abad Domínguez



A Mentira que Perturba

Desaparecimento forçado da verdade: As “Fake News” são um “crime de lesa humanidade”.

Por Fernando Buen Abad Domínguez 

Ainda que alguns se esmerem em reduzir a “pandemia” de falsidades (“Fake News”) somente ao campo dos especialistas no “comunicacional”, para que pontifiquem diagnósticos e prognósticos, a dimensão do problema atingiu latitudes de gravidade incomum. Estão a tornar-nos dependentes do falso? Ser informado é um direito transversal a múltiplos direitos e responsabilidades. Inclui a educação, a democracia, a justiça... a política. A informação e a sua relação com a verdade não podem ser marionetas do circo mercantil mediático, servil à manipulação ideológica de alguns governos e empresários oligarcas. É inaceitável! Olhe-se de onde se olhar, cada caso de falácias constitui uma agressão à realidade, aos seus protagonistas e à história dos povos, ao modo de conhecer e ao modo de enunciar a realidade. Nem mais.

A chave está na práxis. Verdades ou mentiras não devem apresentar-se como “opções” aprimoradas que se oferecem no “menu” cotidiano das conveniências manipuladoras. Isso é uma obscenidade, ainda que a moralidade burguesa tenha, para si, um amplo repertório de justificações quando nos mente.

 “O pode atribuir-se ao pensamento humano uma verdade, não é um problema teórico, mas um problema prático. É na prática que o homem tem que demonstrar a verdade, isto é, a realidade e o poder, a terrenalidade do seu pensamento. O litígio sobre a realidade ou irrealidade de um pensamento que se isola da prática, é um problema puramente escolástico ”. Marx.

Nas “Fake News”, estabelece-se claramente uma fratura que corrompe o caráter objetivo e social de uma verdade. Os comerciantes das falsidades passam horas engendrando que estratégia de desvio cognitivo é mais funcional para os seus interesses, sem ter que confrontar as suas “Fake” com a prova dos factos. Isso faz do “consumidor” de falácias um glutão disfuncional e sofisticado de embustes. Entretanto, a produção de mentiras gera relações de produção que, para se suster, necessita de extinguir a verdade objetiva. Coloca os grupos sociais como burros à nora - como se fosse seu destino – para motorizar o conhecimento do falso. Desfigura as verdades objetivas e a prática coletiva que as sustenta.

Essa demolição da verdade objetiva, é gerada para negar a possibilidade de conhecer o mundo e, assim, a possibilidade de o transformar. Atenta contra o direito humano fundamental de criar melhores condições de existência e desenvolvimento de capacidades, sem limite, graças ao desfrute das riquezas naturais e às do produto do trabalho. Até esse ponto, a “pandemia” da “Fake News” intoxica a vida e as culturas, e isso é escandaloso. Entre as agressões perpetradas pelas máquinas de falácias mediáticas, que desempenham um papel considerável, estão os tipos de colapsos decisivos no ponto de vista da vida que tornam o “auditório” preguiçoso sem pensamento crítico e redu-lo (aos olhos da burguesia e seus cúmplices) a inútil, desconfortável e impertinente. A “pandemia” das falácias esmaga o raciocínio livre e torna-o dependente de qualquer lixo idealista; a adesão às falácias esmaga tudo que é engenhoso ou profundo que há no pensamento crítico.

Em geral, as “Fake News” são extravagâncias da irracionalidade que, como todas as extravagâncias, desfiguram a experiência. Há quem apague com falácias mediáticas a própria vivência e a enterre sob os escombros do “absurdo” hegemónico comum. Emboscados pela “pandemia” das “Fake News”, não podemos demonstrar a precisão da nossa maneira de entender e intervir num processo social, avaliando-o com a independência da práxis. Encontramo-nos sujeitos a restringir os nossos direitos humanos (o direito à informação) e, em troca ao colocar-nos ao serviço dos próprios fins do engano, destruímos a realidade e tornamo-nos puramente contemplativos das mentiras que fazemos nossas. Despojados dos nossos direitos, sofremos mutações e tornamo-nos parasitas de generalizações abstratas e especulações subjetivas que agem como “verdades” placebo. É a burocratização da verdade.

Privar-nos do direito de sermos informados não é apenas privar-nos de “dados”, é sepultar uma necessidade social que reduz o ato de informar ao capricho convencionado de uma guerra ideológica alienante. Isso implica uma ofensiva contra a consciência emboscada com uma realidade deformada, desfigurada e desinformada. É uma fraude de ponta a ponta. Não é uma “omissão” mais ou menos interessada ou tendenciosa... não é uma “falha” do método; não é um acidente da lógica narrativa; não é um incidente na composição da realidade; não é uma “peccata minuta” de “descuido”; não é um erro do observador; não é uma miopia técnica, nem é, claro, um “acidente profissional”. É lisa e lhanamente uma canalhada contra o conhecimento, um crime de lesa humanidade. É como privar as pessoas do seu Direito à Educação.

Nestes momentos históricos e, especialmente, na história dos “meios de comunicação”, é insustentável e insuportável qualquer escusa para a informação oportuna, ampla e responsavelmente. Não há direito que justifique a ação deliberada de deturpar o que ocorre e, no pouco provável caso de um “meio de informação” não ter conhecimento do que está ocorrendo, esse suporte não merece respeito algum. A desculpa de “não saber”, de “não conhecer”, de “não ter informação” e, por isso, não assumir responsabilidade profissional e ética... é, francamente suspeito e ridículo. Nenhum povo deveria suportar a falácia induzida pela transmissão de informações que são propriedade social. Existem tecnologia e metodologia suficientes que invalida todo o palavreado esmerado em desculpar as intenções miseráveis ​​daqueles que desinformam e mentem. Mesmo se o fazem mentindo com emboscadas finamente elaboradas em laboratórios de guerra psicológica.

Leia-se criticamente: Artigo 19 “Todo indivíduo tem direito à liberdade de opinião e expressão; esse direito inclui o de não ser molestado por causa das suas opiniões, o de investigar e receber informações e opiniões, e o de difundi-las, sem limitação de fronteiras, por qualquer meio de expressão ”. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Perante todas as canalhadas inventadas pelo capitalismo para violar o legítimo direito dos povos à melhor informação - avaliada ética e cientificamente pelas sociedades - seria bom instruir uma revolução político-jurídica para uma nova Justiça Social, irreversível, que tivesse como eixos prioritários inalienáveis aqueles que competem à Cultura e à Comunicação. Ou, dito de outro modo, que nunca mais a Cultura, a Comunicação – nem a informação -- possam ser impunemente reduzidas, dificultadas ou regateadas pelo interesse da classe dominante contra as necessidades das classes oprimidas. Ser Informado - bem - é um Direito.

Dr. Fernando Buen Abad Domínguez
Diretor do Instituto de Cultura e Comunicação
Sean MacBride Center
Universidade Nacional de Lanús

Etiquetas: Comunicação

Registe-se para ler o artigo completo...

  • Criado em .
  • Visualizações: 37

Publicações mais recentes

Filtrar por categoria
10, agosto 2020

O Caso Volkswagen: empresa do nazismo, empresa da ditadura militar

em Mundo

por Jornal Tornado in 'O TORNADO'

Volkswagen O imperialismo alemão e suas empresas têm uma longa história de usurpação de terras, roubo de riquezas minerais e agrícolas, como também de superexploração dos trabalhadores. E os seus opositores foram tratados com violência,…

“Monarquia criminosa”. Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

0 acessos

10, agosto 2020

“Serrar presunto” com o foco no rei corrupto, em Canecas e em Marcelo

em Portugal

por Página Global

      O pobre-coitado do castelhano rei corrupto Juan de Espanha anda na baila pelos lucrativos tiros que tem dado nos pés, nos elefantes, leões, girafas, zebras e demais bicharada selvagem. Por arrasto dizem…
10, agosto 2020

Aumenta resistência a milícias curdas e tropas dos EUA no Nordeste da Síria

em Mundo

por AbrilAbril

Em várias localidades, há um levantamento contra a repressão dos mercenários a soldo dos EUA. Tribos sírias anunciaram o início da resistência popular armada contra as forças de ocupação e seus aliados. A presença das…
10, agosto 2020

Plano de golpe na Nicarágua

em Mundo

por Página Global

    EUA subcontratam uma nova revolução colorida Mesmo um governo vacilante e social-democrata como o de Ortega é insuportável para o imperialismo — os EUA só querem sabujos totais   Wiston López   Um…
10, agosto 2020

Portugal | Caiu-lhes a máscara

em Portugal

por Página Global

    Rui Sá* | Jornal de Notícias | opinião O PCP marcou para o dia 3 de julho passado um comício com Jerónimo de Sousa para o Parque da Pasteleira, no Porto. Em articulação…
10, agosto 2020

Estados Unidos vivem uma “Depressão Pandêmica”

em Mundo

por Jornal Tornado in 'O TORNADO'

  Deve estar claro para quase todos agora que a repentina e acentuada crise econômica que começou no final de março é algo mais do que uma grave recessão. Esse rótulo foi, talvez, justificável para…
10, agosto 2020

Bielorrússia/Eleições | “Tudo vai ficar sob controlo. Não tenham dúvidas”

em Mundo

por Página Global

O chefe de Estado cessante da Bielorrússia, Alexandre Lukashenko, prometeu este domingo não perder o controlo da situação, após votar nas eleições presidenciais chefe de Estado cessante da Bielorrússia, Alexandre Lukashenko, prometeu este domingo não…
10, agosto 2020

Portugal | Democracia e futuro normal

em Portugal

por Página Global

    Carvalho da Silva | Jornal de Notícias | opinião Continuamos, justificadamente, a ter medo da covid-19, mas há por aí outros vírus perigosos que sorrateiramente se vão instalando. A associalização e o confinamento…
10, agosto 2020

Novo Banco vendeu seguradora com desconto de 70% a magnata corrupto

em Portugal

por Página Global

    O Novo Banco vendeu em outubro uma seguradora com desconto de quase 70% a fundos geridos pela Apax, operação que gerou uma perda de 268,2 milhões de euros e foi compensada com verba…
10, agosto 2020

Portugal | Professores contratados e mal pagos!

em Portugal

por Página Global

    Filinto Lima* | TSF | opinião   Apesar dos curtos prazos impostos, o mês de julho, época de intenso labor nas direções executivas face às demandas do Ministério da Educação (ME), foi superado…
10, agosto 2020

Equador e Bolívia: ressurge o golpismo latino-americano

em Mundo

por Página Global

    As elites fracassaram, econômica e sanitariamente. A oposição ligada a Evo Morales e Rafael Correa lidera as pesquisas. Sem votos, a direita tenta inviabilizar a mudança – e recorre, outra vez, ao Judiciário…
10, agosto 2020

Bielorrússia/eleições | Confrontos entre manifestantes e polícia em Minsk

em Mundo

por Página Global

    Reeleição do presidente Alexander Lukashenko, no poder desde 1994, acaba em violentos confrontos. Resultado das eleições, que davam a vitória por 80% dos votos, está a ser disputado nas ruas Manifestantes antigovernamentais envolveram-se…
10, agosto 2020

SNTSF: dinheiro ou vida não é alternativa

em Portugal

por AbrilAbril

O sindicato dos ferroviários reagiu com indignação à conferência de imprensa, sobre o acidente em Soure, da empresa que gere as infraestruturas da ferrovia. Bombeiros e técnicos inspeccionam destroços no local do acidente ferroviário ocorrido…
09, agosto 2020

EUA | Donald, apetece-lhes algo americano

em Mundo

por Página Global

    «Esta semana, o bilionário Elon Musk replicou à acusação de envolvimento estado-unidense no golpe contra o governo de Evo Morales, na Bolívia, com admissão pública: «Fazemos golpes onde nos apetecer». E é verdade.…
09, agosto 2020

Presidente da Bolívia convoca diálogo nacional para marcar eleições e encerrar protestos

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Manuel Claure A presidente interina da Bolivia, Jeanine Áñez, convocou para o domingo (9) um "diálogo político e nacional" com autoridades, políticos e sindicalistas para determinar a data das eleições.  Além disso,…
09, agosto 2020

Espanha | O rei em fuga

em Mundo

por Página Global

    Foi o Rei de Espanha, e não a democracia, quem decidiu se o pai vai ou fica, se perde ou mantém o título honorífico de Rei, se recebe ou deixa de receber o…
09, agosto 2020

O maior inimigo do Líbano é seu governo

em Mundo

por Página Global

  Elite governante corrupta nunca esteve interessada no país, mas apenas no próprio lucro. Investigação internacional deve esclarecer quem são os responsáveis pela explosão em Beirute, afirma a jornalista Diana Hodali.     O Líbano…
09, agosto 2020

“Monarquia criminosa”. Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

em Mundo

por ZAP in ZAP

Job Vermeulen / Parlament   O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”.…
09, agosto 2020

Em Nagasáqui pediu-se um mundo sem armas nucleares

em Mundo

por AbrilAbril

Os 75 anos do bombardeamento atómico da cidade foram assinalados com um apelo às potências nucleares para que enveredem por um desarmamento efectivo, afastando o enorme perigo que ameaça a humanidade. Toru Nagata, segura os…
09, agosto 2020

A narrativa antilusitana do sistema de ensino

em Portugal

por Carlos Fino, em Brasília in 'O TORNADO'

Está tudo num estudo sobre a imagem dos portugueses nos livros didáticos de história do Brasil financiado pela Fundação Gulbenkian, em finais dos anos 80 – a situação, no essencial, não se alterou. 9 Agosto,…
09, agosto 2020

Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha

em Mundo

por ZAP in ZAP

Mike Groll / Gabinete do Governador Andrew M. Cuomo   Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins.…
09, agosto 2020

A cruzada profana dos EUA contra a China

em Mundo

por Brasil24/7

No mês passado, o discurso anti-China feito pelo secretário de Estado Mike Pompeo foi extremista, simplista e perigoso. Se literalistas bíblicos como Pompeo permanecerem no poder após novembro, eles poderão muito bem trazer o mundo…
09, agosto 2020

Casaldáliga, uma voz que permanece

em Mundo

por José Carlos Ruy, em São Paulo in 'O TORNADO'

Na manhã deste sábado (8), o bispo Pedro Casaldáliga despediu-se da vida. Mas seu exemplo de luta permanece. 9 Agosto, 2020 José Carlos Ruy, em São Paulo   Bispo Emérito da Prelazia de São Félix…
09, agosto 2020

Brasil supera as marcas de 100.000 mortes e de 3 milhões de casos da COVID-19

em Mundo

por XINHUA Português

Rio de Janeiro, 8 ago (Xinhua) -- O Brasil já ultrapassou as marcas de 100.000 mortes e 3 milhões de casos confirmados do novo coronavírus (COVID-19), segundo o balanço oficial do Ministério da Saúde divulgado…

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
Atividades Recentes
Aqui ainda não existem atividades

Últimos posts (País e Mundo)

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

    Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
    Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
    Gravação da reunião na Assembleia da República
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
  • Homicidal Cops Caught On Police Radio
    #TheJimmyDoreShow
    Homicidal Cops Caught On Police Radio
    42 219 visualizações
    •05/06/2020
    0
    0
    0
    0
    0
    0
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate