• Entrada
  • Artigos
  • Mundo
  • EUA devem devolver à Colômbia seu prisioneiro político Simón Trinidad

EUA devem devolver à Colômbia seu prisioneiro político Simón Trinidad

por WT Whitney, Jr. [*]

 Violência e oligarquia assassinas estiveram no centro da vida política colombiana ao longo de todo o século XX. Milhões de colombianos foram marginalizados, empobrecidos e / ou deslocados de pequenas propriedades. A violência e os fracassos da democracia liberal fizeram de Simón Trinidad um revolucionário. Poucos nos Estados Unidos e na Europa sabem dele. Os aliados da Colômbia em ambos os lados ignoram o regime terrorista colombiano.

Simón Trinidad importa; chegou a hora dele. Este líder das antigas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) enfrentou acusações criminais bizarras e sem fundamento num tribunal dos EUA. Ele está preso em condições cruéis numa prisão federal em Florence , Colorado. Morrerá ali, a menos que seja libertado. Simón Trinidad completará 70 anos em 30 de Julho.

Uma campanha internacional está a exigir que o governo dos EUA devolva Simón Trinidad à Colômbia. A seguir, um apelo em nome dessa campanha. Aqui estão alguns factos:

 

  • O seu nome de nascimento é Ricardo Palmera. Sua família era formada por advogados, políticos e proprietários de terras e residia em Valledupar, departamento de Cesar, Colômbia. Ali, Palmera trabalhou como banqueiro, ensinou economia numa universidade regional e administrou as propriedades agrícolas da sua família. Afiliado ao Partido Liberal, ele era favorável à reforma agrária. Então Palmera ingressou na União Patriótica, de esquerda, constituída em 1985.
  • Essa coligação eleitoral foi imediatamente sufocada pela violência e por assassinatos. Os camaradas próximos de Palmera estavam a ser mortos. Outros partiram para o exílio. Em 11 de Outubro de 1987, assassinos mataram o candidato presidencial da União Patriótica Jaime Pardo Leal, alguém que Palmera admirava muito. Ao descobrir que também estava prestes a ser morto, Palmera deixou Valledupar e aderiu às FARC. Ele adoptou o nome de Simón Trinidad.
  • Nesta insurgência, Trinidad era responsável pela propaganda e educação política. Ele actuou como negociador da paz. Em Dezembro de 2003, Trinidad estava no Equador a preparar-se para se reunir com o responsável das Nações Unidas, James Lemoyne, a fim de discutir os planos das FARC de libertar reféns. Em 2 de Janeiro de 2004, foi preso naquele país – com a ajuda da CIA – e dois dias depois foi entregue à Colômbia. Ficou sob custódia até 31 de Dezembro de 2004, quando o governo colombiano o extraditou para os Estados Unidos.
  • Simón Trinidad enfrentou quatro julgamentos de júri entre Outubro de 2006 e Abril de 2008. O primeiro julgamento terminou num impasse do júri, o segundo condenou-o e o terceiro e quarto julgamentos terminaram com júris num beco sem saída por acusações falsas de tráfico de drogas. A sua condenação foi por ter conspirado com outros membros das FARC – terroristas aos olhos do governo dos EUA – para capturar e manter reféns três contratados da guerra às drogas dos EUA.
  • O primeiro juiz de Trinidad foi substituído depois de ter entrevistado ilegalmente jurados para obter informações potencialmente úteis aos promotores no seu segundo julgamento.
  • O novo juiz sentenciou Simón Trinidad a 60 anos de prisão, 20 anos para cada um dos três contratados norte-americanos mantidos reféns pelas FARC. Trinidad tinha então 57 anos.
  • Ele está a cumprir sua sentença numa prisão federal "supermax" dos EUA. Trinidad permaneceu em confinamento solitário desde que chegou aos Estados Unidos até 2018. Actualmente ele pode comer a refeição do meio-dia num refeitório. Está proibido de receber cartas, emails ou jornais. As chamadas telefónicas são limitadas. Os visitantes são raros e muito poucos, além dos advogados americanos.

As negociações de paz entre as FARC e o governo colombiano ocorreram em Havana de 2012 a 2016. A delegação das FARC procurou a presença de Simón Trinidad lá como porta-voz e negociador. O governo da Colômbia nunca solicitou às autoridades de Washington que o libertassem para esse fim. Não há indicação de que o último teria feito isso.

O acordo de paz final previa uma "Jurisdição Especial para a Paz". Lá, ex-combatentes de ambos os lados do conflito têm a oportunidade, se quiserem, de falar a verdade sobre os crimes que podem ter cometido e o tribunal decidir por perdão ou punição. Simón Trinidad escolheu participar. Para fazer isso, ele precisa estar na Colômbia.

A defesa

Como alguém que buscava justiça para os oprimidos e era fiel aos seus princípios, Trinidad agora pede justiça para si próprio. Alguns activistas da solidariedade podem justificar seu apoio a ele com base em apenas um ou dois aspectos de sua vida política. Na verdade, há uma lista completa de boas razões para exigir que o governo dos EUA devolva Simón Trinidad à Colômbia.

     1. O governo dos EUA deve permitir que Simón Trinidad compareça perante a Jurisdição Especial para a Paz. Desse modo, mostraria respeito pelo Acordo de Paz entre as FARC e o governo colombiano.

     2. O governo dos EUA violou os direitos legais e humanos básicos de Trinidad. Trinidad foi extraditado como traficante de drogas, o que ele nunca foi. Foi acusado de rebelião, o que é um crime político. Os tratados de extradição e a lei internacional de direitos humanos proíbem a extradição por crimes políticos. O governo dos EUA submeteu Trinidad a processos judiciais irregulares. Seu juiz aplicou uma sentença excessivamente selvagem a um crime que não cometeu. Suas condições de prisão são desumanas.

     3. A intervenção dos EUA na Colômbia provocou os maus-tratos sofridos por Simón Trinidad nas mãos dos EUA. Seu resgate teria implicações anti-imperialistas. O governo dos EUA há muito presta assistência militar à Colômbia, principalmente por meio de seu Plano Colômbia, em vigor após 2000. Se bem que visasse ostensivamente os traficantes de drogas, o Plano Colômbia era apontado às FARC. Como negociador de paz das FARC altamente visível nas negociações com o governo colombiano em Caguán (1999-2001), Simón Trinidad tornou-se um prisioneiro troféu. O Plano Colômbia preparou o terreno, tendo ajudado a torpedear as negociações de paz.

     Aparentemente a captura e extradição de Trinidad, revelava a natureza impositiva (top-down) das relações imperialistas com as nações clientes. Talvez para agradar o seu patrão, o governo da Colômbia quase imediatamente sinalizou sua intenção de extraditar Trinidad para os Estados Unidos, antes mesmo de ter sido anunciada uma acusação criminal. E a oposição política da Colômbia afirma sistematicamente que a soberania nacional é diminuída toda as vezes que prisioneiros como Simón Trinidad são encaminhados aos Estados Unidos para processo e punição.

     4. Activistas solidários de muitos países há muito admiram os trabalhadores e os marginalizados da Colômbia que se levantam contra uma classe dominante dedicada à pilhagem e à opressão. Eles assim o fizeram ao juntarem-se a movimentos de resistência indígenas e afro-colombianos, sindicatos, partidos políticos de esquerda, a FARC e outras insurgências. Simón Trinidad estava nessa luta. Também com base nisso, ele merece apoio na sua campanha para retornar à Colômbia.

     5. Simón Trinidad foi e é um revolucionário. A tarefa dos progressistas em toda a parte é combater a opressão e a injustiça. Mas agora muitos deles estão aprendendo a verdade sobre o capitalismo. Eles vêem mudanças climáticas no horizonte, mas o colapso pandémico e económico já está aqui. Muitos dos que agora abraçam a opção revolucionária têm boas razões para estar ao lado de Simón Trinidad.

Como membro das FARC, Simón Trinidad viu a violência contra a União Patriótica transformar-se num massacre. Muitas das vítimas de assassinato, estimadas 5000, eram antigos membros das FARC que participavam em actividades políticas eleitorais. A violência assassina e a guerra entre ricos e pobres ainda estão no centro da política colombiana. Após a assinatura do Acordo de Paz, assassinos mataram mais de 200 ex-combatentes das FARC e centenas de líderes políticos e comunitários, sobretudo nas áreas rurais. O governo dos EUA, aliado aos partidários da violência na Colômbia, é cúmplice.

Essa violência ajudou a colocar Simón Trinidad no caminho revolucionário. Uma boa maneira de demonstrar repulsa à promoção estado-unidense da violência na Colômbia é aderir à luta pelo imediato retorno de Simón Trinidad à Colômbia.

25/Junho/2020
Para mais informações sobre a campanha pelo retorno de Simón Trinidad à Colômbia, acesse https://www.libertadsimontrinidad.com/ . Para perguntas ou ofertas de apoio contacte simontrinidadlibre[arroba]gmail.com.

Ver também:

Ver original em 'RESISTIR.INFO' na seguinte ligação:

https://resistir.info/colombia/simon_trinidad_25jun20.html

Artigos relacionados

Atrocidades de Bill Clinton na guerra na Sérvia expostas em nova acusa...
Atrocidades de Bill Clinton na guerra na Sérvia expostas em nova acusa...     A figura grotesca de Trump pode tentar a fazer esquecer as responsabilidades históricas dos seus ant... 37 views Mon, 06 Jul 2020, 00:24:39
Europa deve se preparar para um mundo sem a liderança dos EUA, diz Ang...
Europa deve se preparar para um mundo sem a liderança dos EUA, diz Ang... Sputnik – A chanceler alemã, Angela Merkel, apelou a uma profunda reflexão sobre uma nova realidade em que os EUA poss... 52 views Sat, 27 Jun 2020, 22:53:38
Os defensores dos direitos humanos
Os defensores dos direitos humanos David Chan - 26/06/2020 Os Estados Unidos sempre se autoproclamaram “defensores... 24 views Fri, 26 Jun 2020, 11:14:11
EUA ultrapassam 2 milhões de infectados por coronavírus
EUA ultrapassam 2 milhões de infectados por coronavírus   247 - Os Estados Unidos ultrapassaram na madrugada desta quinta-feira, 11, a marca de 2 milhões de... 84 views Thu, 11 Jun 2020, 15:43:16
Ex-secretário de Defesa dos EUA diz que Trump deliberadamente semeia d...
Ex-secretário de Defesa dos EUA diz que Trump deliberadamente semeia d... Washington, 3 jun (Xinhua) -- O ex-secretário de Defesa dos EUA, Jim Mattis, quebrou o silêncio na quarta-feira em m... 69 views Thu, 04 Jun 2020, 16:14:21
EUA ultrapassam 10 mil prisões em 9ª noite de protestos antirracistas
EUA ultrapassam 10 mil prisões em 9ª noite de protestos antirracistas 247 - Nos Estados Unidos, os protestos antirracistas continuam acontecendo mesmo com o toque de recolher em diversas c... 82 views Thu, 04 Jun 2020, 16:36:07

USA, Colômbia

  • Criado em .
  • Visualizações: 51

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Filtrar por categoria
06, julho 2020

Cascais não regista novos casos, mantêm os 1.061 infetados

em Cascais

por Portal CASCAIS

  No relatório de hoje (5), da Direcção Geral da Saúde (DGS) não se registam novos casos no número de infectados com o COVID-19 no Concelho de Cascais, mantendo o valor de 1.061 casos confirmados em Cascais.…
06, julho 2020

Seis meses de coronavírus: o pior ainda está para vir

em Mundo

por Gonçalo Lopes

José Miguel Gaspar - 05/07/2020   Seis meses de pandemia: sem vacina ainda certa, o Mundo poderá ter que conviver com a covid-19 por muito mais tempo do que o esperado. A realidade é muito…
06, julho 2020

Tiroteio em discoteca na Carolina do Sul deixa 2 mortos e 8 feridos

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / John Minchillo Na madrugada deste domingo (5), um tiroteio em uma discoteca no estado norte-americano da Carolina do Sul deixou ao menos 12 pessoas feridas em "várias condições", informou um oficial…
06, julho 2020

Caos no mercado de ouro afeta outros metais preciosos e causa grandes perdas aos bancos

em Mundo

por in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Pavel Lisitsin O caos no mercado de ouro, causado pela pandemia de COVID-19, está atingindo outros metais preciosos, incluindo a prata e a platina, provocando grandes perdas em alguns bancos. O mercado…
06, julho 2020

Amante diz que os 65 milhões dados por Juan Carlos foram presente “de amor”

em Mundo

por Gonçalo Lopes

05/07/2020   Jornal “El Pais” teve acesso ao testemunho prestado à justiça suíça por Corinna Larsen. A ex-amante do rei emérito de Espanha fala sobre os 65 milhões dados por Juan Carlos. Corinna Larsen, ex-amante…
06, julho 2020

Encontrado com tiro na cabeça no carro junto ao Autódromo chega morto ao hospital

em Cascais

por CASCAIS24

Por Redação 04 julho 2020 Um homem, 62 anos, foi encontrado ferido, dentro de uma viatura, com um tiro de pistola na cabeça, este sábado, ao início da noite, junto ao Autódromo do Estoril, acabando…
06, julho 2020

Bombeiros travam fogo em Polima e salvam oficina de carros e habitações

em Cascais

por CASCAIS24

(Fotos Bombeiros de Carcavelos e São Domingos de Rana) Por Redação 04 julho 2020 Só a eficaz intervenção dos Bombeiros, apoiados por um meio aéreo impediu que um incêndio, que deflagrou este sábado, à tarde,…
06, julho 2020

Perseguição a ladrões de carros acaba nas falésias da Guia com dois detidos

em Cascais

por CASCAIS24

Por Redação 04 julho 2020 Uma perseguição iniciada pela GNR a um veículo, cujos ocupantes andariam a efetuar furtos em viaturas estacionadas, terminou nas falésias da Guia, junto ao mar, em Cascais, com agentes da…
06, julho 2020

Funcionário da Cascais Ambiente morre esmagado por máquina na Tratolixo

em Cascais

por CASCAIS24

Por Redação 04 julho 2020 Um funcionário, 55 anos, da empresa Cascais Ambiente, morreu esmagado por uma máquina, durante uma operação de descarga de resíduos, esta sexta-feira, de madrugada, na Tratolixo, em Trajouce.   A…
06, julho 2020

IMPÉRIO EQUIVOCADO…

em Mundo

por Página Global

    Martinho Júnior, Luanda  O Império da hegemonia unipolar tem feito sistematicamente cálculos equivocados sobre as potencialidades da revolução cultural chinesa, que perfez agora sete décadas de vida, numa altura em que, por seu…
06, julho 2020

Portugal/UE | Pólvora seca e vespeiros

em Portugal

por Página Global

    Carvalho da Silva* | Jornal de Notícias | opinião   O tempo para se adotarem políticas eficazes com vista à saída da crise escasseia e Portugal surge cada vez mais enredado em dois…
06, julho 2020

Projecto «Faz Ruído pela Igualdade»

em Portugal

por AbrilAbril

A Associação Projecto Ruído apresentou a campanha «Faz Ruído pela Igualdade», que se apresenta como «intrinsecamente ligado à vida e aspirações dos jovens». Créditos / MDM Esta associação juvenil foi criada por um grupo de…
06, julho 2020

Portugal | Jerónimo acusa Marcelo de "contribuir" para "novo bloco central"

em Portugal

por Página Global

    O secretário-geral do PCP acusou hoje o Presidente da República de estar a "contribuir" para colocar em marcha uma nova vida para um "novo bloco central de interesses políticos e económicos", e para…
06, julho 2020

Quando a capa de um jornal não bate certo com o seu editorial

em Portugal

por Ladrões de Bicicletas (Nuno Serra)

1. A 27 de junho, com a divulgação da ordenação de escolas, Manuel Carvalho defendeu, em editorial no Público, que «os rankings não servem para criar hierarquias de escolas no sistema» mas sim, «pelo contrário,…
06, julho 2020

Lisboa e Vale do Tejo com 77% das novas infeções nas últimas 24 horas

em Portugal

por Página Global

  A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 77% das novas infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, com 254 dos 328 novos casos hoje contabilizados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).    …
06, julho 2020

Cantem-lhes os nomes

em Mundo

por span itemprop="author creator" itemprop="name" data-byline-name="Inês Pedrosa e Melo"Inês Pedrosa e Melo

A «greatness of America» – aquela que o Trump quer trazer de volta – está baseada em tudo aquilo que torna impossível de nela viver. Os EUA são um país construído em cima de uma…
06, julho 2020

Sentado em um café ao lado da igreja de Madonna di Loretto

em Portugal

por Beatriz Aquino in 'O TORNADO'

Os sinos de uma velha catedral ressoaram atrasados e aflitos. Decerto temerosos da bronca episcopal que ouviriam por desrespeitar a liturgia das horas. 5 Julho, 2020 Beatriz Aquino   Sentado em um café ao lado…
06, julho 2020

Portugal | Efacec nacionalizada «provisoriamente»

em Portugal

por Página Global

    Os recursos públicos são chamados a resolver os problemas da Efacec em nome da importância da empresa para o País. Mas logo o mais importante volta a ser privatizar o seu potencial lucrativo.  …
06, julho 2020

A Reforma Constitucional russa

em Mundo

por Página Global

      Bruno Veillard - Colaborador Voluntário | CEIRI em Jul 03 A Federação Russa declarou independência da União das Repúblicas Socialistas Soviética (URSS) em 12 de junho de 1990, todavia, sua conclusão ocorreu…
06, julho 2020

Vietname doou a Cuba 5000 toneladas de arroz

em Mundo

por AbrilAbril

A doação, oficializada a 17 de Abril último numa cerimónia em Hanói, foi concretizada esta semana em Haiphong, cidade portuária também no Norte do país asiático. A doação que agora se concretizou foi oficializada em…
06, julho 2020

Piquenique da Interjovem: «Já conhecemos bem a precariedade»

em Portugal

por AbrilAbril

«A luta é o caminho» para «fazer valer» a exigência de emprego estável, erradicação da precariedade, fim dos baixos salários e da reversão dos despedimentos que foram levados a cabo a pretexto da Covid-19. CréditosPaulo…
06, julho 2020

Os estéreis tacticismos de quem olha para o curto prazo

em Portugal

por jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Não me surpreende a notícia em como o governo gastou menos com a crise do covid do que estimara inicialmente: em vez de um impacto de 2,5% no PIB ele fica-se pelos 1,7%. Na realidade…
06, julho 2020

Asfaltamento na Fonte da Telha leva ministro do Ambiente ao Parlamento

em Portugal

por AbrilAbril

O PCP, perante a estupefacção das imagens de asfaltamento de caminhos na Fonte da Telha, em plena zona dunar, requereu audição do ministro do Ambiente e da Acção Climática. Créditos / Almadense A Fonte da…

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • LEGALIZAÇÃO DAS CASAS DE PROSTITUIÇÃO

        Um debate que provavelmente vai ganhar dimensão.
        Legalização da prostituição - petição apresentada na A.R
        Gravação da reunião na Assembleia da República
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      • Homicidal Cops Caught On Police Radio
        #TheJimmyDoreShow
        Homicidal Cops Caught On Police Radio
        42 219 visualizações
        •05/06/2020
        0
        0
        0
        0
        0
        0
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate