• Início
  • Artigos
  • Cascais
  • CASCAIS JAZZ CLUB – MIGUEL MARTINS TRIO CONCERTO ANTENA2 E JAM COM NANÃ SOUSA DIAS Programação de 13 a 17 de NOVEMBRO

MISTÉRIO. PJ poderá esclarecer morte de mulher no Estoril nas próximas horas

O corpo de Carolina M foi encontrado este sábado na via pública, junto à habitação, na rua Fernando Pessoa (Foto CASCAIS24)
                        13 novembro 2019
A Polícia Judiciária (PJ) de Lisboa e Vale do Tejo está “empenhada em esclarecer todos os contornos do caso que envolve a morte de uma mulher”, Carolina M, 31 anos, cujo corpo foi encontrado este sábado, às primeiras horas da manhã, junto à habitação, na rua Fernando Pessoa, na Quinta da Carreira, em São João do Estoril, disse, a Cascais24, fonte da Direção Nacional da polícia portuguesa de investigação criminal. As próximas 72 horas poderão ser decisivas para separar a verdade da mentira e deslindar um caso com contornos bizarros, não obstante, nesta fase, os inspetores da Secção de Homicídios, que têm procurado reconstituir os últimos passos da vítima e de uma amiga, ainda não terem a certeza absoluta do que realmente aconteceu naquela madrugada, mantendo em aberto todas as hipóteses, as principais das quais suicídio ou homicídio. Segundo Cascais24 apurou, a vítima foi autopsiada esta terça-feira, de manhã, no Gabinete Médico Legal da Guia, em Cascais, mas de acordo com uma outra fonte da PJ “aguardam-se exames toxicológicos, que deverão demorar alguns dias”.  Entretanto, nas últimas horas os inspetores da Secção de Homicídios ouviram Filipe L, o namorado da vítima, e Joana M, que terá transportado na sua viatura naquele sábado de manhã o corpo desde junto de um dos campos do Estoril Praia, na Amoreira, até à rua Fernando Pessoa, na Quinta da Carreira, em São João do Estoril.  Filipe terá revelou que ele, Carolina e a amiga, Joana M, tinham ido jantar fora e ingerido álcool em excesso.
Altas horas da madrugada terá deixado as duas mulheres junto a um dos campos do Estoril Praia, na Amoreira, onde iriam encontrar-se com um alegado amigo de Joana M, desconhecendo o que aconteceu depois. 
Já numa primeira versão, fornecida às autoridades no dia da morte de Carolina, Joana M terá afirmado que tinha encontrado a amiga pendurada, com echarpe no gradeamento que delimita um dos campos do Estoril Praia, na rua Rio da Costa, na Amoreira.  A seguir transportou Carolina M no carro até junto da sua residência, na rua Fernando Pessoa, na Quinta da Carreira, onde veio a ser confirmado o óbito por parte das autoridades.  Carolina M, que deixa órfãos dois filhos, de 11 e 9 anos, entretanto entregues ao cuidado do pai, estava emigrada em Dublin, na Irlanda, onde trabalhava num hotel. Teria regressado ao Estoril há algum tempo.  Carolina e Joana manteriam um “relacionamento de amizade profundo”. Tratavam-se como “manas”, pelo menos nas redes sociais e onde a palavra “amor” estava sempre presente.  Carolina M não teria motivos para pôr fim à vida, afirmam alguns amigos, que pediram o anonimato.  “Nem quando lhe tiraram a custódia dos filhos, cuja guarda acabou por ganhar, alguma vez lhe passou pela cabeça suicidar-se, quanto mais agora, que recuperara a vida”, afirmam alguns amigos, pouco ou nada convencidos com uma eventual tese de suicídio. O corpo de Carolina M deverá ser entregue à família esta quarta-feira para que possa ser realizado o funeral.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 

Ver o original em "CASCAIS24" na seguinte ligação::

https://www.cascais24.pt/p/blog-page_2737.html

Artigos relacionados

Recluso esfaqueado na cadeia do Linhó
Recluso esfaqueado na cadeia do Linhó Por Redação 10 dezembro 2019 Um recluso, 27 anos, foi esfaqueado com vários golpes, esta terça-feira, de manhã... 44 views Wed, 11 Dec 2019, 12:42:03
Portugal/PSP | Manuel Morais alvo de processo disciplinar por criticar...
Portugal/PSP | Manuel Morais alvo de processo disciplinar por criticar... (Comentário Algo de muito grave se passa na PSP nomeadamente na sua direção quando quem alerta para o aproveitamento pa... 88 views Sun, 08 Dec 2019, 02:38:43
Portugal | “Senti nojo do assalto de André Ventura à manifestação” - P...
Portugal | “Senti nojo do assalto de André Ventura à manifestação” - P...     “Senti nojo do assalto de André Ventura à manifestação”, diz o ex-dirigente sindical da PSP que denu... 70 views Thu, 28 Nov 2019, 16:08:56
Em vez de sabonetes, Ventura vende polícias
Em vez de sabonetes, Ventura vende polícias (Bárbara Reis, in Público, 21/11/2019) Quantos polícias estão na rua e, desses, quantos estão expostos a situaç... 78 views Fri, 22 Nov 2019, 15:04:30
Portugal | Movimento Zero é neofascista e infiltrou-se na PSP e GNR?
Portugal | Movimento Zero é neofascista e infiltrou-se na PSP e GNR?     Na fotogaleria do Jornal de Notícias podemos ver imensas fotografias em que realmente Zero é palavra... 84 views Fri, 22 Nov 2019, 14:54:24
Portugal | Manifestação PSP/GNR terminou, em 21 de Janeiro há mais
Portugal | Manifestação PSP/GNR terminou, em 21 de Janeiro há mais     Foi anunciada como a maior manifestação de sempre dos polícias. Entre as reivindicações que motivara... 50 views Fri, 22 Nov 2019, 14:52:53

Segurança

  • Criado em .
  • Visualizações: 898

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate