PÂNICO NA PRAIA. Esfaqueado em rixa entre dois grupos rivais no Tamariz

{SCPinterestShare href=https://plataformacascais.com/plataformacascais/artigos/cascais/52092-panico-na-praia-esfaqueado-em-rixa-entre-dois-grupos-rivais-no-tamariz.html layout=standard image=https://2.bp.blogspot.com/-gQLl0baq4hE/XNihnwgMgAI/AAAAAAAANlQ/CZ7AGjE6Yvc0W_fRnlW0TL3pVJJqmAaFwCLcBGAs/s640/PraiaTamariz1%2B-%2BC%25C3%25B3pia.jpg desc=Segurança (Arquivo) Por Redação 13 maio 2019 Um jovem, com cerca de 20 anos, foi esfaqueado na região inferior ao... size=small}

Segurança

                                                                                                                                                                              (Arquivo)
Por Redação
13 maio 2019
Um jovem, com cerca de 20 anos, foi esfaqueado na região inferior ao pulmão esquerdo durante uma rixa entre dois grupos rivais de etnia africana que, este domingo, à tarde, levou o pânico à praia do Tamariz, no Estoril.

O ferido foi inicialmente assistido e estabilizado por dois nadadores-salvadores do Tamariz, aos quais agentes da Polícia Marítima de Cascais tiveram de garantir proteção até à chegada de reforços.

Depois de estabilizado e assistido numa segunda fase pela VMER, o ferido foi transportado à urgência do Hospital de Cascais.

O incidente, apurou Cascais24, registou-se pouco antes das cinco horas da tarde, em circunstâncias que as autoridades vão agora investigar.

A rixa envolveu dois grupos e acabou por criar uma "mancha" com perto de meio milhar de pessoas, que as autoridades foram obrigadas a dispersar.

As autoridades policiais não fizeram detenções, mas, soube, ainda, Cascais24, identificaram várias pessoas.

No restabelecimento da ordem pública estiveram envolvidos, para além de agentes da Polícia Marítima, efetivos da PSP, que fizeram deslocar patrulhas móveis e a Equipa de Intervenção Rápida (EIR) da Divisão Policial de Cascais.

Na primeira linha de ação

A rixa que este domingo envolveu dois grupos rivais na praia do Tamariz só não tomou proporções mais dramáticas graças ao alerta momentos antes dos incidentes pelos nadadores-salvadores, apurou Cascais24

Apercendo-se das movimentações suspeitas dos envolvidos foram céleres a alertar as autoridades, o que acabou por traduzir-se numa eficaz e musculada intervenção para reposição da ordem pública na praia.

"Os nadadores-salvadores constituem a primeira linha de ação" nas praias, disse, a propósito, a Cascais24, Pereira da Terra, comandante da Capitania e do Comando Local da Polícia Marítima de Cascais.

Ver o original em "CASCAIS24" na seguinte ligação::

http://www.cascais24.pt/p/blog-page_767.html

  • Criado em .
  • Visualizações: 371

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades

Eventos

21
Set.
PATXI ANDION 50 ANIVERSARIO
sábado, 21 Set. 2019 - 21:00
  1.  Administração web
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate