• Início
  • Artigos
  • Cascais
  • Dois GNRs feridos ao intervirem em desacatos entre 20 civis no largo de Alvide

“MATADORES” de Hernâni Carvalho mostra como “todos somos capazes de matar”

Segurança

“MATADORES” de Hernâni Carvalho mostra como “todos somos capazes de matar”

“MATADORES” de Hernâni Carvalho mostra como “todos somos capazes de matar”
                          29 março 2019
Depois de “Terroristas”, lançado em fevereiro de 2016, Hernâni Carvalho lança em abril próximo, através da editora Contraponto, a sua mais recente obra: “MATADORES”.
Ao jeito daquilo a que nos habituou na televisão, em registo de conversa com o cidadão comum, que vive e sente a vida do País, Hernâni Carvalho mostra que, por estranho que pareça, todos somos capazes de matar.

Em "Matadores" - Como Matam Os Portugueses No Século XXI, o jornalista doutorado na área da psicologia forense, apresenta algumas respostas, a partir do relato de dez casos de portugueses que, no século XXI, mataram mais de três pessoas de uma só vez.
A mais recente obra do conhecido rosto televisivo dos portugueses é apresentada dia 15 de abril, pelas 18h30 no El Corte Inglês, em Lisboa, por Carlos do Carmo, antigo coordenador de Investigação Criminal da Polícia Judiciária (PJ) e pelo professor doutor Manuel Domingos, neurocientista e professor universitário.
“MATADORES” de Hernâni Carvalho mostra como “todos somos capazes de matar”
Carlos Carmo, antigo coordenador da PJ 
Nascido em Lisboa a 16 de Julho de 1960, Hernâni Carvalho é licenciado em psicologia e sociologia e doutorado em psicologia do terrorismo.
Iniciou a sua carreira jornalística há 37 anos e, ao serviço da RTP, destacou-se em áreas de conflito mundiais, em Timor Leste e na Bósnia Herzegóvina, onde arriscou a vida debaixo de fogo. E, no Afeganistão, onde foi o primeiro jornalista a penetrar nos domínios dos Talibã.
Ainda na RTP foi o primeiro jornalista, a nível televisivo, a criar e apresentar um programa de polícias, com acompanhamento ao vivo, em "Histórias da Noite".
Mais tarde, Hernâni Carvalho passou pela TVI, onde também criou o programa "Ruas" e, atualmente, é responsável pelo programa de sucesso da SIC “Linha Aberta”, para além de continuar a comentar a atualidade criminal no agora “Programa da Cristina”, que sucedeu ao "Queridas Manhãs", ex "Querida Júlia", então apresentado por Júlia Pinheiro e João Paulo Rodrigues. 
“MATADORES” de Hernâni Carvalho mostra como “todos somos capazes de matar”
É neste programa, apresentado por Cristina Ferreira, que Hernâni Carvalho analisa e comenta, com a frontalidade que lhe é caraterística, casos de crime e justiça, que marcam a agenda diária.
Casado e com dois filhos, Hernâni, 32 anos, e David, 17, Hernâni Carvalho é, também, frequentemente, convidado para seminários e conferências em Portugal e no estrangeiro no âmbito da investigação, da segurança, do crime e da justiça.
Hernâni Carvalho - um jornalista que conta com um invejável curriculum, que só pode constituir, quer queiramos, quer não, motivo de orgulho para o jornalismo português e para a sociedade portuguesa, é autor de algumas outras obras de sucesso lançadas nos últimos anos e, em regra, versando sobre casos mediáticos de crime e justiça, como “Maddie 129”, escrito em coautoria com o jornalista Luís Maia, que faz o relato do misterioso e polémico caso de Madeleine Beth McCann, 3 anos, a menina inglesa desaparecida da Aldeia da Luz, em Lagos.
Saiba mais e encomende “MATADORES” porque é de leitura obrigatória, em https://www.contrapontoeditores.pt/produtos/ficha/matadores/22064980
PORQUE (VALE) MESMO A PENA LER!

Ver o original em "CASCAIS24" na seguinte ligação::

http://www.cascais24.pt/p/blog-page_811.html

  • Criado em .
  • Visualizações: 61
Participe na Rede

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha