Publicações recentes

Iniciativa Liberal quer privatizar a RTP e a CGD

in Portugal

by Administração web

(Comentário à seguinte notícia: Ainda não lhes chegou? De facto o capitalismo neoliberal é um…
outubro 13, 2019

Iniciativa Liberal quer privatizar a RTP e a CGD

in Portugal

by Administração web

(Comentário à seguinte notícia: Ainda não lhes chegou? De facto o capitalismo neoliberal é um imenso buraco negro. Tudo para a engorda dos donos Disto Tudo (DDTs) com o Zé a pagar. Não lhes bastou a privatização de todos os bancos que os privados levaram à falência? Não lhes chegou…

Raquel Varela: “Sem exclusividade dos médicos, nunca teremos um SNS forte!”

in Portugal

by Administração web

  Uma percentagem do PIB de pelo menos 5% alocada ao SNS, um SNS sem…
outubro 13, 2019

Raquel Varela: “Sem exclusividade dos médicos, nunca teremos um SNS forte!”

in Portugal

by Administração web

  Uma percentagem do PIB de pelo menos 5% alocada ao SNS, um SNS sem concorrência interna, gestão democrática e exclusividade dos médicos. Estas são, para Raquel Varela, as quatro premissas indispensáveis para um Serviço Nacional de Saúde sustentável no futuro. Em entrevista ao Jornal Médico, a historiadora e investigadora…

Quando as bruxas andam à caça

in Portugal

by Ladrões de Bicicletas (João Ramos de Almeida)

  (Comentário à seguinte notícia: É certo que o prestígio, em geral,dos jornalistas anda hoje…
outubro 13, 2019

Quando as bruxas andam à caça

in Portugal

by Ladrões de Bicicletas (João Ramos de Almeida)

  (Comentário à seguinte notícia: É certo que o prestígio, em geral,dos jornalistas anda hoje muito por baixo face àquilo que é a atual Comunicação Social. Seguramente que a culpa não é de algum jornalista comunista ainda resistente, sendo estes, como se sabe, "aves raras" sem expressão visível nos (auto)censurados…

CAVACO, SEMPRE

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(Clara Ferreira Alves, in Expresso, 12/10/2019)   Ajude a Estátua de Sal. Click aqui  …
outubro 13, 2019

CAVACO, SEMPRE

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(Clara Ferreira Alves, in Expresso, 12/10/2019)   Ajude a Estátua de Sal. Click aqui   Nada une mais as esquerdas em Portugal do que a voz de Aníbal Cavaco Silva. Assim sendo, enquanto as esquerdas bem-comportadas e sorridentes se sentavam com o Presidente para saber como ajudar a governar Portugal,…

Baidu autorizada a testar nas ruas carros de condução autônoma com passageiros

in Mundo

by XINHUA Português

Shijiazhuang, 13 out (Xinhua) -- A gigante chinesa de inteligência artificial Baidu recebeu autorização para…
outubro 13, 2019

Baidu autorizada a testar nas ruas carros de condução autônoma com passageiros

in Mundo

by XINHUA Português

Shijiazhuang, 13 out (Xinhua) -- A gigante chinesa de inteligência artificial Baidu recebeu autorização para testar nas ruas da cidade de Cangzhou (Província de Hebei, norte) carros de condução autônoma que carregam passageiros. Durante a Expo Internacional de Economia Digital da China, encerrada neste domingo, a Baidu recebeu 30 placas…

Breve Tratado de Marcelologia - 2ª parte

in Portugal

by jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Na primeira parte deste Breve Tratado vimos como no laboratório dedicado à identificação dos fenómenos…
outubro 13, 2019

Breve Tratado de Marcelologia - 2ª parte

in Portugal

by jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Na primeira parte deste Breve Tratado vimos como no laboratório dedicado à identificação dos fenómenos políticos nacionais, e à busca de tratamento para as doenças suscitadas pelos sucessivos vírus das direitas, a Marcelologia assume relevância maior, sobretudo quando tenderão a passar por Belém as iniciativas para virar do avesso a…

Equador: a hora da decisão

in Mundo

by Pedro Marin

Um artigo que traduzimos e publicamos na Revista Opera em abril deste ano, escrito por…
outubro 13, 2019

Equador: a hora da decisão

in Mundo

by Pedro Marin

Um artigo que traduzimos e publicamos na Revista Opera em abril deste ano, escrito por Alfredo Serrano Macilla, do Celag, sobre o presidente equatoriano Lenín Moreno, era aberto da seguinte forma: “Ele vai embora, e já sabe. Nem sequer chegou ao marco de dois anos, e sua imagem positiva segue…

A construção do Estado norte-coreano [Parte 3]

in Mundo

by João Carvalho

Esta é a terceira e última parte de uma série. Leia aqui a segunda e…
outubro 12, 2019

A construção do Estado norte-coreano [Parte 3]

in Mundo

by João Carvalho

Esta é a terceira e última parte de uma série. Leia aqui a segunda e a primeira parte. A entrada soviética na Guerra e a divisão e ocupação da Península Coreana Apesar de ser comumente reconhecido que a entrada da União Soviética na Segunda Guerra Mundial contribuiu não só para…

O agravamento da crise económica, financeira e de governo no Grupo Montepio, o risco de despedimentos e a passividade dos…

in Portugal

by resistir.info

– A crise da Associação Mutualista agrava-se perante a passividade da ASF e do Ministério…
outubro 12, 2019

O agravamento da crise económica, financeira e de governo no Grupo Montepio, o risco de despedimentos e a passividade dos supervisores que assim se tornam coniventes

in Portugal

by resistir.info

– A crise da Associação Mutualista agrava-se perante a passividade da ASF e do Ministério do Trabalho que andam há um ano para decidir mas não decidem nada por Eugénio Rosa O grupo Montepio é constituído por 48 empresas, em que a entidade mãe, ou seja, aquela que financia todas…

A AMÉRICA VISTA ATRAVÉS DA CRISE EM GERAL E A DO ENSINO EM PARTICULAR – IV – O COLAPSO DAS…

in Mundo

by joaompmachado in 'A Viagem dos Argonautas'

        The Coming Collapse of Universities, por James Kunstler     Edição…
outubro 12, 2019

A AMÉRICA VISTA ATRAVÉS DA CRISE EM GERAL E A DO ENSINO EM PARTICULAR – IV – O COLAPSO DAS UNIVERSIDADES QUE SE AVIZINHA, por JAMES KUNSTLER

in Mundo

by joaompmachado in 'A Viagem dos Argonautas'

        The Coming Collapse of Universities, por James Kunstler     Edição de Larry Kummer   Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Resumo: James Howard Kunstler analisa o  colapso do sistema universitário  que se avizinha na América. São boas notícias. Não conheço ninguém que descreva…

Alemanha: Um texto final, um texto de síntese. Parte II

in Mundo

by estatuadesal in 'A Viagem dos Argonautas'

Regimes Monetários Internacionais e o Modelo Alemão – 2ª Parte (Fritz W. Scharpf, 18 de…
outubro 12, 2019

Alemanha: Um texto final, um texto de síntese. Parte II

in Mundo

by estatuadesal in 'A Viagem dos Argonautas'

Regimes Monetários Internacionais e o Modelo Alemão – 2ª Parte (Fritz W. Scharpf, 18 de Fevereiro de 2018) 1949-1969: A Alemanha Ocidental sob o regime de Bretton-Woods Na história económica da Alemanha, menos ainda do que na sua história política, o fim da Segunda Guerra Mundial não foi um “Nullpunkt”.…

Curdos fazem acordo com governo da Síria para combater ofensiva da Turquia

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Khikmet Dargan As Forças Democráticas Sírias (FDS) afirmaram neste domingo (13) que…
outubro 12, 2019

Curdos fazem acordo com governo da Síria para combater ofensiva da Turquia

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Khikmet Dargan As Forças Democráticas Sírias (FDS) afirmaram neste domingo (13) que chegaram a um acordo com Damasco para empregar tropas da Síria contra a ofensiva da Turquia. Agora, forças curdas e sírias irão se unir contra as tropas da Turquia que estão no norte da Síria,…

Síria move suas tropas para enfrentar ofensiva da Turquia, diz imprensa local

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Khikmet Dargan O governo sírio começou a mover tropas para o norte…
outubro 12, 2019

Síria move suas tropas para enfrentar ofensiva da Turquia, diz imprensa local

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Khikmet Dargan O governo sírio começou a mover tropas para o norte do país, onde a operação militar da Turquia, batizada de "Primavera da Paz", está em andamento, informou a imprensa local neste domingo (13). As unidades do exército sírio se deslocam para o norte para enfrentar…

O prazer da indignação

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(António Guerreiro, in Público, 11/10/2019) António Guerreiro Da campanha eleitoral, retive sobretudo a predominância de…
outubro 12, 2019

O prazer da indignação

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(António Guerreiro, in Público, 11/10/2019) António Guerreiro Da campanha eleitoral, retive sobretudo a predominância de um tom cujo triunfo não é de agora, mas está cada vez mais exacerbado: o tom indignado dos partidos da oposição (evidentemente, o PS estava na condição confortável de não ter nenhum objecto de indignação).…

Terras ocupadas e destruição no quinto dia da agressão turca à Síria

in Mundo

by in AbrilAbril

A ofensiva militar turca no Norte da Síria, em que se incluem grupos «rebeldes» com…
outubro 12, 2019

Terras ocupadas e destruição no quinto dia da agressão turca à Síria

in Mundo

by in AbrilAbril

A ofensiva militar turca no Norte da Síria, em que se incluem grupos «rebeldes» com créditos firmados na longa guerra de agressão, continua a provocar destruição e mortandade entre os civis. Bombardeamento das forças militares turcas no Norte da Síria Créditos / thenational.ae Iniciada na passada quarta-feira, a operação a…

Quanto tempo falta para o petróleo acabar no mundo?

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AFP 2019 / VITORIA VELEZ Especialistas analisaram o volume de petróleo que ainda existe…
outubro 12, 2019

Quanto tempo falta para o petróleo acabar no mundo?

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AFP 2019 / VITORIA VELEZ Especialistas analisaram o volume de petróleo que ainda existe no mundo e até quando o "ouro negro" será rentável para a indústria petroleira. De acordo com o relatório anual da BP Statistical Review of World Energy, até o início deste ano as reservas de…

Péssimas notícias da França

in Mundo

by Vitor Dias in "O Tempo das Cerejas"

Tempos modernos e ... amargos ! (no seio da população francesa, é flagrante a perda…
outubro 12, 2019

Péssimas notícias da França

in Mundo

by Vitor Dias in "O Tempo das Cerejas"

Tempos modernos e ... amargos ! (no seio da população francesa, é flagrante a perda de referências políticas)   mais aqui   Ver original em "O Tempo das Cerejas" (aqui)

Obrigado, esquerda!

in Portugal

by Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

Agradeço ao governo que ora finda o fim da crispação e o esforço para melhorar…
outubro 12, 2019

Obrigado, esquerda!

in Portugal

by Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

Agradeço ao governo que ora finda o fim da crispação e o esforço para melhorar a vida dos portugueses, depois da claustrofobia democrática e das maldades que satisfizeram os carrascos, Cavaco, Passos Coelho e Portas. Agradeço ao PS, BE, PCP e PEV a pedagogia de ensinarem que os governos se…

Breve Tratado de Marcelologia - 1ª parte

in Portugal

by jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Há ciências que só duram o breve período de existência do seu objeto de estudo.…
outubro 12, 2019

Breve Tratado de Marcelologia - 1ª parte

in Portugal

by jorge rocha in 'Ventos Semeados'

Há ciências que só duram o breve período de existência do seu objeto de estudo. Não é o caso dos dinossauros, que morreram há sessenta mil anos e continuam a dar de comer a muitos investigadores apostados em multiplicarem hipóteses, logo traduzidas em teses, aprovadas ou abandonadas em função das…

Pentágono: EUA vão retirar todas as tropas do norte da Síria devido à ofensiva turca

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Hammurabi's Justice News Mark Esper, secretário de Defesa dos Estados Unidos…
outubro 12, 2019

Pentágono: EUA vão retirar todas as tropas do norte da Síria devido à ofensiva turca

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Hammurabi's Justice News Mark Esper, secretário de Defesa dos Estados Unidos disse em entrevista ao canal de TV CBS que as tropas americanas remanescentes no norte da Síria serão retiradas da área, após ordem de Trump. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou a retirada…

Após denúncias de tortura, Justiça proibiu advogados de entrar nas prisões do Pará

in Mundo

by in AbrilAbril

Segundo os advogados, há mais de 100 vídeos com relatos de torturas. As vistorias também…
outubro 12, 2019

Após denúncias de tortura, Justiça proibiu advogados de entrar nas prisões do Pará

in Mundo

by in AbrilAbril

Segundo os advogados, há mais de 100 vídeos com relatos de torturas. As vistorias também foram proibidas. Entretanto, a Ordem dos Advogados do Brasil recorreu e conseguiu a suspensão provisória da medida. O Ministério Público Federal afastou do cargo o responsável pela Força de Intervenção Penitenciária, após denúncias de tortura…

ropas turcas tomam posse de cidade no norte da Síria

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Rodi Said As tropas turcas capturaram a cidade fronteiriça de Suluk, na…
outubro 12, 2019

ropas turcas tomam posse de cidade no norte da Síria

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Rodi Said As tropas turcas capturaram a cidade fronteiriça de Suluk, na província síria de Raqqa, relata emissora síria neste domingo (13). "Tropas do regime turco ocuparam a cidade de Suluk no nordeste de Raqqa", relata o canal de TV Ikhbariya. No sábado (12), o Ministério da…

Lenín Moreno anuncia que revisará leis de austeridade no Equador (VÍDEO)

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Henry Romero No final deste sábado (12), o presidente equatoriano Lenín Moreno…
outubro 12, 2019

Lenín Moreno anuncia que revisará leis de austeridade no Equador (VÍDEO)

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© REUTERS / Henry Romero No final deste sábado (12), o presidente equatoriano Lenín Moreno comprometeu-se a revisar o decreto que havia encerrado os subsídios aos combustíveis no Equador. O fim dos subsídios é uma das principais razões para o descontentamento dos manifestantes que estão nas ruas do Equador. Moreno…

O PS E AS “COLIGAÇÕES NEGATIVAS”

in Portugal

by Politeia

O QUE É POSSÍVEL ANTEVER Volta a ouvir-se com alguma insistência na comunicação social e…
outubro 12, 2019

O PS E AS “COLIGAÇÕES NEGATIVAS”

in Portugal

by Politeia

O QUE É POSSÍVEL ANTEVER Volta a ouvir-se com alguma insistência na comunicação social e nas redes sociais a “conversa fiada” das coligações negativas, espantalho que o PS agita sempre que está em dificuldades, como é o caso. A famosa “coligação negativa” não passa de uma invenção do PS para…

Maduro lança campanha para eleições legislativas na Venezuela

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Carolina Cabral O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou o iniciou da…
outubro 12, 2019

Maduro lança campanha para eleições legislativas na Venezuela

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© Sputnik / Carolina Cabral O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou o iniciou da campanha das eleições para a Assembléia Nacional. "Inicio aqui esta campanha que deve nos levar, em 12 de outubro, ao dia das eleições parlamentares, para a maior vitória eleitoral que já conquistamos na Revolução Bolivariana.…

Equador e os presidentes que falam javanês

in Mundo

by Bruno Antonio

O anúncio de medidas de austeridade pelo Presidente Lenín Moreno na última terça-feira (1) incendiou…
outubro 12, 2019

Equador e os presidentes que falam javanês

in Mundo

by Bruno Antonio

O anúncio de medidas de austeridade pelo Presidente Lenín Moreno na última terça-feira (1) incendiou o estopim da revolta social no Equador. Em meio à crise, o governo de Moreno decretou estado de exceção na quinta-feira (3) e, até agora, mais de 500 pessoas foram presas. Os processos econômicos e…

Leiam a Bíblia

in Mundo

by Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

Não se esqueçam de que o Antigo Testamento é a palavra de Deus e, embora…
outubro 12, 2019

Leiam a Bíblia

in Mundo

by Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'

Não se esqueçam de que o Antigo Testamento é a palavra de Deus e, embora nem todas as religiões do livro ofereçam na bem-aventurança eterna 72 virgens e rios de mel doce, é no cumprimento da vontade de Deus que o Paraíso de todas se alcança. Publico hoje um importante…

Ministério da Defesa da Arábia Saudita dá 'luz verde' para reforços militares dos EUA

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Jacquelyn Martin O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, informou…
outubro 11, 2019

Ministério da Defesa da Arábia Saudita dá 'luz verde' para reforços militares dos EUA

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Jacquelyn Martin O secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, informou anteriormente à Arábia Saudita sobre os últimos reforços que, juntamente com outras implantações e sistemas de defesa aérea somará 3.000 forças, autorizadas no mês passado. Uma fonte do Ministério da Defesa Saudita disse neste sábado,…

A direita atrasada para o século XXI

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 11/10/2019) Daniel Oliveira   Ajude a Estátua de Sal. Click…
outubro 11, 2019

A direita atrasada para o século XXI

in Portugal

by in 'Estátua de Sal'

(Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 11/10/2019) Daniel Oliveira   Ajude a Estátua de Sal. Click aqui   Dê as voltas que der, Rui Rio não conseguiu mobilizar o eleitorado de direita. Nem depois de Tancos. Nem perante uma monumental derrota do CDS. PSD e CDS conseguem menos 230 mil votos,…

França suspende venda de armas para Turquia em resposta à ofensiva na Síria

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Lefteris Pitarakis O Ministério da Defesa francês informou em um comunicado…
outubro 11, 2019

França suspende venda de armas para Turquia em resposta à ofensiva na Síria

in Mundo

by in 'Sputnik Brasil'

© AP Photo / Lefteris Pitarakis O Ministério da Defesa francês informou em um comunicado neste sábado ter suspendido a exportação de armas para a Turquia, em função da operação militar da Ancara na Síria. O presidente da França, Emmanuel Macron, já condenou a operação turca na Síria e pressionou…
  • Início

PS governará sem acordos escritos ou compromissos para a legislatura

António Costa sublinhou que governará em constante «diálogo com as diferentes forças políticas» de esquerda e com o PAN, afastando qualquer «papel» ou pacto para os próximos quatro anos, como pretendia o BE.

CréditosJoão Relvas / Agência Lusa

À saída da reunião comissão política do PS, António Costa assumiu que «estão reunidas as condições» para a formação de governo «com perspectivas de estabilidade no horizonte da legislatura». Esta reunião ocorreu na sequência de uma ronda de encontros com partidos de esquerda, como BE, PCP, PEV e Livre, e com o PAN, e da auscultação dos parceiros sociais.

O recém-indigitado primeiro-ministro salientou que a sua governação será conjugada com a «vontade do conjunto destas forças políticas para dialogar permanentemente ao longo da legislatura, tendo em vista encontrar soluções e proceder-se à avaliação prévia de orçamentos e de outros documentos considerados de política fundamental».

Fica assim de fora o primeiro cenário colocado pelo BE, que pretendia vir a ser parte de uma solução de governo. Nas declarações de Catarina Martins, líder dos bloquistas, à saída da reunião com o PS, ficou expressa a disponibilidade do seu partido para um «entendimento inicial que possa estar plasmado no programa de governo», com o objectivo de defender a «estabilidade» com «um horizonte de legislatura». Não obstante, a coordenadora do BE nunca afastou que, caso tal caminho não fosse possível, se viessem a negociar medidas caso a caso.


Já Jerónimo de Sousa, do PCP, tinha vindo explicar que, por um lado, a «estabilidade governativa depende do PS» e que, por outro, o partido aprovará, caso a caso, todas as medidas «benéficas para os trabalhadores, o povo e o País», e rejeitará tudo que for negativo para estes, como de resto foi a sua postura nos últimos quatro anos.

Estão em cima da mesa importantes desafios para a concretização de uma política que prossiga reposição de direitos e rendimentos, que promova uma melhor distribuição de riqueza e mais justiça social. Estas questões têm sido colocadas em cima da mesa em particular por PCP e BE, e também por Arménio Carlos, que, à saída da reunião da CGTP-IN com o PS, realçou que o combate à precariedade e a melhoria das condições de trabalho são elementos imprescindíveis à estabilidade do País.

António Costa não deixou, todavia, de clarificar que partia «para estes quatro anos com um PS claramente reforçado e, portanto, com melhores condições de governação [do que] aquelas que existiam...

Ler mais: PS governará sem acordos escritos ou compromissos para a legislatura

  • Criado em .
  • Visualizações: 34

Estabilidade para quem?

As eleições legislativas de 6 de Outubro deram a vitória ao Partido Socialista (PS), sem maioria absoluta, e diminuíram ainda mais as possibilidades de os partidos da direita, mesmo contando com os recém-chegados, imporem as suas políticas a um futuro governo de António Costa.

Isto é, se assim o quiser, o PS pode prescindir ainda mais da direita do que na legislatura anterior. Os partidos que com o PS formaram a solução governativa anterior perderam deputados, com deslocação de votos também para o partido do governo, premiando-o por medidas que muitas vezes não teria aprovado sem eles. Mas mantiveram uma representação com capacidade para continuar a ter peso, em particular na agenda económica e social. Será interessante ver como novos partidos que agora acederam à representação parlamentar, ou que a reforçaram, irão posicionar-se sobre estas matérias.

Para retomar os termos de um artigo escrito nestas páginas em Agosto [1], o novo Parlamento será de facto plural; importa agora saber se e como irá vincular-se à esquerda. É o tempo da negociação, seja com acordos de legislatura como os que ocorreram em 2015, seja com entendimentos política a política, Orçamento do Estado a Orçamento do Estado. Por comparação com experiências de maiorias absolutas, a democracia parlamentar sai reforçada. Mas, como há quatro anos, o que pode dar consistência à solução que vier a ser encontrada não será apenas a força eleitoral e social com que os partidos chegam à negociação. Será também a clareza...

Ler mais: Estabilidade para quem?

  • Criado em .
  • Visualizações: 41

Nova legislatura deve rejeitar o chamado «Museu Salazar»

 

Está em curso a recolha de assinaturas de uma nova petição, lançada pela URAP, para que o novo Parlamento tome medidas contra o revisionismo histórico e o saudosismo em torno da ditadura fascista.

assinar online a petição aqui:
"Petição de repúdio e exigência de que se trave e abandone a anunciada criação do «Museu Salazar», com esse ou outro nome, em Santa Comba Dão"

Créditos / vozdooperario.pt

A iniciativa da Câmara Municipal de Santa Comba Dão (PS) de construir um museu dedicado à memória do ditador Salazar tem sido objecto de forte contestação social e política. Várias têm sido as vozes, de vários sectores e espectros políticos, que, desde o anúncio feito pela autarquia, se têm levantado contra tal iniciativa, em defesa de valores antifascistas.

Neste quadro, a União de Resistentes Antifascistas Portugueses (URAP) lançou uma petição, desta feita destinada à Assembleia da República, cuja composição se decidirá nas eleições legislativas do próximo dia 6 de Outubro.

São mais de 250 os primeiros subscritores desta petição, que se afirmam como «cidadãs e cidadãos, democratas de diferentes sensibilidades, profissões e regiões: médicos; advogados; juristas; operários; escritores; empregados; académicos; autarcas; membros de entidades do turismo; ex-presos políticos; jornalistas; músicos; sindicalistas; professores; estudantes; artistas e militares de Abril que agora vos apelam para que se juntem, assinem e divulguem».

Ler mais: Nova legislatura deve rejeitar o chamado «Museu Salazar»

  • Criado em .
  • Visualizações: 63

Manifesto. A nossa escolha é o nosso apelo: votar na ‘geringonça’

(Manifesto Pró-Geringonça, in Expresso, 28/09/2019)

Há quatro anos, celebrámos o fim de um tabu. Era finalmente possível uma solução governativa suportada pelo conjunto da esquerda. Foi preciso um Governo de direita de uma inaudita agressividade social para o conseguirmos, quase meio século depois do 25 de Abril. Pela primeira vez a esquerda deixou de se enredar em guerras pueris, que tantas vezes entregaram o poder à direita, e centrou-se no essencial — o bem comum.

A solução, que os detratores apadrinharam ‘geringonça’ e que carinhosamente e com orgulho a tomámos como nossa, nasceu da vontade dos eleitores. Eles exigiram-na ao longo da campanha eleitoral aos líderes dos principais partidos de esquerda. António Costa, Catarina Martins e Jerónimo de Sousa tiveram o mérito de saber ouvir os que neles votaram. Mas também nasceu da correlação de forças que saiu daquelas eleições. A ‘geringonça’ nunca teria existido com uma maioria absoluta ou se dependesse de outras forças políticas.

Nestes quatro anos, assistimos a um aumento extraordinário das reformas, ao aumento do abono de família, à eliminação dos cortes no subsídio de desemprego, à instituição da gratuitidade de manuais escolares para o 1º e 2º ciclos, à reposição de rendimentos e direitos, ao aumento do salário mínimo nacional em 19%, ao aumento da progressividade do IRS ao mesmo tempo que se aumentavam impostos sobre o lucro e o património imobiliário de grande valor, à reversão das privatizações do...

Ler mais: Manifesto. A nossa escolha é o nosso apelo: votar na ‘geringonça’

  • Criado em .
  • Visualizações: 69

A verdade sobre as transferências do Orçamento para o SNS

O acesso cada vez mais difícil a serviços de saúde pelos portugueses, e o estrangulamento dos serviços públicos de que é o exemplo a situação na ADSE motivada pela obsessão de reduzir rapidamente o défice a zero para “brilhar” em Bruxelas

 

Neste estudo analiso, com base em dados oficiais, constantes de um outro estudo nosso mais desenvolvido – “SNS – a situação actual, problemas que enfrenta e desafios futuros – incluído num livro publicado em Junho de 2019, encomendado pelo Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos, mostrando:

  • que contrariamente ao que se tem pretendido fazer crer, a continuação do subfinanciamento cronico do Serviço Nacional de Saúde continuou com o actual governo, que a percentagem de riqueza criada no país (PIB) transferida anualmente para o SNS, através do OE, pelo actual governo não aumentou; pelo contrário, até foi inferior à de 2013 e 2014;
  • que os cortes nas despesas de saúde e mesmo as cativações continuaram-se a verificar apesar de Mário Centeno negar;
  • que o estrangulamentos dos serviços públicos continua, de que é exemplo a situação na ADSE que se vê obrigada a “comprar milhares de horas de trabalho” a empresas de trabalho temporário devido a não ter trabalhadores seus para fazer as tarefas mínimas (ex. pagar a tempo e horas os reembolsos aos beneficiários que utilizam o Regime livre) e que é o Ministério das Finanças fixa o valor máximo por hora que a ADSE pode pagar (no último concurso, que ficou...

Ler mais: A verdade sobre as transferências do Orçamento para o SNS

  • Criado em .
  • Visualizações: 46

Será ouro branco?

(Daniel Oliveira, in Expresso, 21/09/2019)

Daniel Oliveira
 

 

Numa campanha que se esverdeou, há um debate interessante a fazer, porque cruza escolhas ambientais difíceis e estratégias económica distintas: o lítio. E seria interessante porque deixaria claro que a política ambiental não é diferente de todas as outras: há clivagens ideológicas e tenta-se escolher o mal menor.

Comecemos pela primeira dificuldade: falta-nos tempo para atingir a dificílima meta da neutralidade carbónica. Para fazer a transição energética e eletrificar os transportes precisamos de armazenar energia e, para isso, precisamos de baterias. A tecnologia disponível, até que outras alternativas se tornem viá­veis (do sódio ao flúor, passando por tudo o que ainda virá), é o lítio. Podemos depender do lítio importado a quem não tem qualquer respeito pelo ambiente. Ou podemos extraí-lo nós, exigindo-nos as condições que gostaríamos que os outros cumprissem. Portugal tem uma das maiores reserva de lítio do mundo. Há 12 áreas ricas em lítio identificadas (oito e meia fora de áreas protegidas). Mas com os estudos ainda em fase preparatória é muito arriscado fazer conjeturas. Há quem pense que encontrámos a saída para todos os nossos problemas. Técnicos com quem falei atiram baldes de água gelada para o excesso de otimismo. E o lítio tem problemas ambientais relevantes: um forte impacto na paisagem, grande consumo de água e de energia e utilização de químicos nocivos, como o ácido...

Ler mais: Será ouro branco?

  • Criado em .
  • Visualizações: 33

Madeira: PSD deve formar governo, mas sem maioria absoluta

A representação plural sofreu com uma campanha marcada pela tónica artificial do bipartidarismo, com a promoção de que seria o voto do PS a única possibilidade para afastar o PSD de um quadro maioritário absoluto.

Miguel Albuquerque e Paulo Cafôfo, cabeças-de-lista por PSD e PS, respectivamente, nas eleições regionais de 22 de Setembro de 2019 CréditosHomem de Gouveia / Agência Lusa

Terá vingado para estes resultados a velha máxima do «voto útil» no PS, para afastar o PSD da governação regional.

Registe-se, não obstante, que o PSD manteve um número de votos semelhante ao que foi registado há quatro anos. A grande alteração centrou-se num aumento de mais de 36 mil e quinhentos votos por parte do PS face ao resultado de 2015, no qual tinha concorrido em coligação com PTP, PAN e MPT, e que permitiu àquele partido subir de cinco eleitos para 19 deputados.

Todos os partidos (à excepção do PS), até então com representação regional, perderam deputados. O CDS-PP passa de sete para três eleitos; o JPP (Juntos pelo Povo) desce de cinco para três representantes; a CDU perde um mandato, ficando apenas com um deputado; e o BE perde representação parlamentar, ficando assim arredado pela primeira vez em muitos anos de voz na assembleia legislativa madeirense.

O CDS-PP já demonstrou estar disponível para viabilizar um governo maioritário com o PSD, cenário que se afigura como provável e a confirmar nos próximos dias.

Paulo Cafôfo, não obstante, quer desafiar todas as forças...

Ler mais: Madeira: PSD deve formar governo, mas sem maioria absoluta

  • Criado em .
  • Visualizações: 43
  • Carlos Esperança in 'PONTE EUROPA'
  • Portugal

Há 479 anos – o primeiro auto de fé da inquisição portuguesa

Sob o pseudónimo de Tribunal do Santo Ofício vigorou em Portugal um simulacro de Justiça conduzido pela padralhada, dominicanos e jesuítas, entre outros clérigos de mau porte e piores instintos, de Ordens diferentes.

Das cláusulas impostas pelos Reis Católicos de Espanha, Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão, para que D. Manuel I pudesse casar com a sua filha, constava a criação da Inquisição como instrumento de perseguição a todas as heresias contra a fé católica, com especial empenho contra judeus que resistissem à conversão ou ainda suspeitos de práticas judaizantes e que fosse oportuno aliviá-los dos bens materiais e castigá-los da heresia pelo fogo purificador das fogueiras.

Se os judeus eram sempre os suspeitos óbvios, já antes alvo de alguns massacres, nunca o Tribunal do Santo Ofício esmoreceu no combate a outras heresias danosas para a alma e os bons costumes, protestantismo, islamismo, blasfémia, feitiçaria, sodomia, bigamia e outros sacrilégios em que a imaginação clerical era fértil.

Em dezembro de 1531, o Papa Clemente VII emitiu finalmente a bula de fundação do Santo Ofício em Portugal, que chegou no país apenas em 1532 para ser oficialmente extinta em 1821. O terramoto de grandes proporções, em 1531, cuja causa foi atribuída pela população portuguesa ao criptojudaísmo dos cristãos-novos deve ter convencido o Papa da urgência da Inquisição. E foi assim que em Évora, Lisboa, Tomar, Coimbra, Lamego e Porto foram criados tribunais para julgar...

Ler mais: Há 479 anos – o primeiro auto de fé da inquisição portuguesa

  • Criado em .
  • Visualizações: 64

Últimos posts

Itens com Pin
Atividades Recentes
  • Vasco Graça updated his profile
    Publicação sobre moderação
    Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
Aqui ainda não existem atividades
LOGO4 vert01
A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
exceto quando expressamente assinadas por esta.
 

SSL Certificate
SSL Certificate