• Entrada

Do pé de guerra à surpresa prometida. Governo vai injetar 800 milhões na Saúde e contratar 8400 profissionais

José Sena Goulão

 

Há quatro ministros em “pé de guerra” com Mário Centeno, exigindo ao responsável pela pastas das Finanças mais verbas no Orçamento de Estado de 2020 (OE2020) para os ministérios que tutelam, escreve o Correio da Manhã.

 

Em causa está a ministra da Saúde, Marta Temido, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues e ainda a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

De acordo com o diário, que avança a notícia esta quarta-feira, os governantes acima mencionados reclamam mais verbas para os seus ministérios no OE2020, apesar de Mário Centeno deixado claro que é preciso manter o equilíbrio das contas públicas.

O OE2020 é discutido esta quarta-feira em reunião de Conselho de Ministros e a atribuição das verbas a cada ministério é um dos assuntos em cima da mesa. Esta “guerra” entre o titular das Finanças e os restantes governantes é habitual durante a discussão orçamental.

 
 

A ministra da Saúde, que tem repetido várias vezes a necessidade de reforçar o investimento no Serviço Nacional de Saúde, tem defendido a mesma posição no âmbito da elaboração do OE2020, segundo apurou o matutino.

No fim de novembro, o jornal Público avançava que Eduardo Cabrita pretendia um aumento no orçamento do seu ministério em 5% (cerca de 80 milhões de euros) para responder às reivindicações das Forças de Segurança. Mário Centeno terá negado a verba.

Eis a “boa surpresa” de Costa para a Saúde

Entretanto, a reunião de Conselho de Ministros acabou e o Governo anunciou que já que aprovou o Plano de Melhoria da Resposta do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

De acordo com o Executivo, trata-se de um impulsos sem precedentes” no que respeita a investimentos na Saúde. Entre as medidas, está o reforço de 800 milhões de euros para reduzir a dívida na Saúde e melhorar a reposta do serviço público, bem como a promessa de contratar 8400 trabalhadores até 2021 – o que aumenta o o ritmo anual de contratações em 14%, tal como observa o semanário Expresso.

A injeção de 800 milhões é o mesmo valor pedido pelo BE para reforçar o setor.

Estão ainda previstos 190 milhões de euros para a programação Plurianual de Investimentos – que prevê investimento em equipamentos, recursos humanos e novos hospitais – e 550milhões já em 2019 para redução do stock de pagamentos em atraso.

O Governo pretende ainda reforçar a autonomia das unidades de saúde. Estas “terão um reforço de autonomia (…) em matéria de contratações para substituição de todos os profissionais de saúde”.

https://twitter.com/govpt/status/1204724867121074177?ref_src=twsrc%5Etfw

 

Em conferência de imprensa no final da reunião, Marta Temido garantiu que o investimento não compromete “de forma alguma” o equilíbrio das contas públicas. “Manteremos o cumprimento da gestão das boas contas”, garantiu, citada pelo jornal Público.

“Aquilo que apresentamos reveste-se de carácter plurianual, são investimentos que se realizam até 2021 (…) O que o SNS tem de continuar a fazer é uma gestãocriteriosa e cuidada do que é o esforço de investimento dos impostos”, acrescentou.

Quanto ao regime de exclusividade dos médicos, nenhuma informação foi avançada.

Costa prometeu “passo decisivo”

Antes da reunião desta manhã, António Costa recorreu ao Twiter para prometer um “passo decisivo para acabar com a sub-orçamentação crónica do SNS”.

https://twitter.com/antoniocostapm/status/1204693156295512064?ref_src=twsrc%5Etfw

 

No Parlamento, o primeiro-ministro tinha já prometido uma “boa surpresa” sobre a gestão da saúde no Orçamento, respondendo às críticas de má gestão dos deputados. “Tal como há 15 dias disse a Catarina Martins que brevemente teria uma boa surpresa sobre sub-orçamentação, também amanhã terá uma boa notícia sobre a gestão. Vai ser um momento muito feliz ver que ambas vão ter boas notícias”, disse, durante o debate quinzenal.

O primeiro-ministro esteve reunido esta terça-feira com o PCP para negociar o próximo Orçamento de Estado. De acordo com a SIC Notícias, não há, para já, qualquer encontro agendado com o Bloco de Esquerda.

ZAP //

 
 
 

Ver original em 'ZAP aeiou' na seguinte ligação:

https://zap.aeiou.pt/governo-vai-injetar-800-milhoes-na-saude-296537

Artigos relacionados

Plano de Emergência para a Saúde – 15 propostas
Plano de Emergência para a Saúde – 15 propostas Clicar nas imagens para ampliar   Sobre estas propostas apresentadas pelo PCP a 15 de Maio e sobre o&... 30 views Tue, 02 Jun 2020, 13:53:51
Portugal | SAUDADES DE CENTENO
Portugal | SAUDADES DE CENTENO     José Soeiro | Expresso | opinião   Cruzei-me pela primeira vez com as ideias de Mário Centeno... 241 views Sat, 16 May 2020, 21:55:34
Fábula do Novo Banco
Fábula do Novo Banco (José Gameiro, in Expresso Diário, 15/05/2020)Andavam os três na mesma escolinha há uns anos. Uma escola peque... 371 views Fri, 15 May 2020, 15:41:24
O Ronaldo dos jogos a feijões
O Ronaldo dos jogos a feijões (Daniel Oliveira, in Expresso Diário, 14/05/2020)A minicrise desta quarta-feira, que corresponde ao prenúncio ... 135 views Fri, 15 May 2020, 11:51:34
“Não esteve bem”. PAN acusa Presidente de alimentar crise no Governo
“Não esteve bem”. PAN acusa Presidente de alimentar crise no Governo  O porta-voz do PAN, André Silva, acusou esta quinta-feira o Presidente da República de alimentar uma crise... 85 views Fri, 15 May 2020, 15:43:57
As futilidades dos que contestam Centeno
As futilidades dos que contestam Centeno Se a Comissão Europeia fez contas em que avaliava em 4,5 mil milhões de euros a quebra de receitas do Estado Portu... 76 views Thu, 14 May 2020, 14:03:05

Governação, Política de saúde

  • Criado em .
  • Visualizações: 381

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Publicações mais recentes

Últimos posts (Cascais)

Itens com Pin
    Atividades Recentes
    • Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a...
      Artigo publicado neste site (secção Cascais) A educação e a realidade social do concelho de Cascais Comentário: Há quem se especialize em ver a realidade de pernas para o ar. Neste artigo, um assumido 'liberal', militante de um partido com algumas raízes iniludivelmente alimentadas pelo fasc...  http://tinyurl.com/y9zl8npo
      Mais
      0
      0
      0
      0
      0
      0
      Publicação sobre moderação
      Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
    Aqui ainda não existem atividades

    Últimos posts (País e Mundo)

    Itens com Pin
      Atividades Recentes
      • Plataforma Cascais juntou-se ao grupo Conversando sobre o País e o Mundo
        Publicação sobre moderação
        Item de fluxo publicado com sucesso. Item passa a ser visível no seu fluxo.
      Aqui ainda não existem atividades
      LOGO4 vert01
      A Plataforma Cascais - movimento cívico é um grupo aberto de cidadãos, autónomo de quaisquer interesses económicos, religiosos ou partidários.
      Todas as publicações deste site refletem apenas as opiniões dos seus autores e não responsabilizam a PC-mc
      exceto quando expressamente assinadas por esta.
       

      SSL Certificate
      SSL Certificate