Autenticar
x
ou
x
x
Registar
x

ou
Search - AcyMailing
Search - Remove Shortcode
Phoca Gallery Search
plg_search_kunena
plg_search_docman
Search - Albums
plg_search_weblinks
Pesquisa - Categorias
Pesquisa - Contactos
Pesquisa - Artigos
Pesquisa - Sinais
Pesquisa - Etiquetas

farol002 

OUVIR MÚSICA

Clique aqui para abrir

uma janela de música

No domínio da propaganda

  • Vasco Graça
  • Avatar de Vasco Graça Autor do tópico
  • Desligado
  • Membro Iniciado
  • Membro Iniciado
Mais
03 Mar. 2017 00:09 #10 por Vasco Graça
Vasco Graça criou o tópico: No domínio da propaganda
Os fazedores de ilusões têm em Cascais um útil 'caso de estudo'. Aqui o que parece sobrepões-se ao que é. Cartazes, eventos e anúncios emaranham-se na criação de uma realidade virtual que até, por vezes, convence os próprios cascalenses que o mundo do palavreado, das imagens e das promessas constrói uma existência material diferente daquela que o dia-a-dia nos mostra.
Talvez seja por isso (ou TAMBÉM por isso ?) que tantos membros do atual governo PS, apoiado pela esquerda parlamentar, se deixam embalar por este faz-de-conta à beira mar plantado e se aventuram em entusiásticos elogios à governança PSD/CDS cá do burgo.
Dir-me-ão alguns que há razões de Estado que se sobrepõem a uma visão mais realista. Acontece que vou conhecendo demasiado bem as teias das políticas locais para poder adormecer com tas ingenuidades.

Alguns exemplos
Manuel Delgado, Secretário de Estado da Saúde, presente na cerimónia que o presidente da Câmara realizou no dia 4 de fevereiro, sublinhou “a competitividade científica” que a venda apreço de saldo do antigo hospital de Cascais (mais a promessa de uma faculdade de medicina privada) vem gerar, bem como o facto de “possibilitar formação interna e acrescentar valor para os cidadãos com a construção de duas novas unidades hospitalares (em Cascais e Oeiras), o que aumenta a prestação de cuidados de saúde. O governante destacou ainda a “componente de natureza económica” do projeto que “não se pode descartar: a criação de postos de trabalho e a dinamização do tecido económico e empresarial da região.”
Maravilhas que este secretário de Estado descobre onde muitos veem apenas um negócio muito mal explicado.

Catarina Marcelino, secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade veio a Cascais no dia 2 de fevereiro enaltecer que “Cascais é um município com uma dinâmica muito interessante do ponto de vista da democracia participativa, onde eu incluo a questão da rede social e dos parceiros”
E nós que não sabíamos !...

José Mendes, secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, em cerimónia pública no dia 11 de fevereiro referiu-se ao propagandeado Mobi Cascais declarando: “Não posso deixar de referir a importância da intervenção desmaterializada e integradora da mobilidade, por oferecer ao cidadão a possibilidade de escolher em cada momento e para cada viagem o modo mais apropriado. E, o caso da Mobi Cascais é bem emblemático daquilo que interessa às nossas cidades e que vale a pena visitar”
De facto precisamos que venha um secretário de Estado socialista explicar-nos aquilo que, por cá, não vislumbramos.


Num só mês perece-me demasiado 'deslumbramento governativo' para ser mera coincidência. Será ?
Tempo para criar a página: 0.165 segundos

- Plataforma Cascais no Facebook