• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Portugal | PSD pondera recuo na votação final do tempo de serviço dos professores
  • jorge rocha in 'Ventos Semeados'
  • Portugal

Desequilíbrios mediáticos e equívocas opiniões

Não é que não o soubéssemos, mas o estudo divulgado pelo MediaLab do ISCTE veio confirmá-lo na plenitude: nos últimos três anos aumentou o número de comentadores do PSD e do CDS nas diversas televisões, agravando-se o desequilíbrio anterior em seu favor e relativamente aos conotados com as esquerdas. Isto significa que os donos das televisões não se conformaram com a formação do governo de maioria parlamentar liderado por António Costa e logo cuidaram de criar um concertado fogo de artilharia opinativa destinado a desqualificá-lo, a fazê-lo cair. Nos canais generalistas em sinal aberto não há um único comentador próximo dos partidos das esquerdas, sendo vários os que têm tribuna e provém das direitas.

 

Outras confirmações retiradas quantitativamente do estudo é o forte pendor dos homens no exercício do comentário político (84%) e a clara ostracização a que o PCP se vê sujeito. Igualmente sem surpresa é a constatação sobre o canal do «Correio da Manhã», aquele em que é mais desequilibrada - numa base de três para um - a relação entre opinadores de direita e de esquerda.

 

Não é que as direitas estejam a recolher grandes frutos dessa insistência, mas poderemos questionar sobre se continuaria a deter o apoio de um terço do eleitorado se não se visse tão privilegiada na ocupação dos tempos de emissão televisiva destinados à política, tendo em conta a importância destes meios de comunicação na consolidação das escolhas eleitorais dos seus espectadores.

 

Às vezes os próprios comentadores das direitas tendem a desajudá-las, quando lhes sobra alguma honestidade intelectual ou visam interesses ideológicos imediatos dentro da sua própria barricada. No primeiro caso Vasco Pulido Valente tratou de desancar em Marcelo e em Agustina neste sábado. A propósito da falta de gravitas do primeiro escreveu que “o mundo não é feito de beijinhos e de selfies”. E quanto à incapacidade da segunda em ver reconhecido internacionalmente o talento revelou-se taxativo quanto à razão mais óbvia: “filha de Entre Douro e Minho (...) nunca percebeu o que ficava para lá das fronteiras em que sempre se fechou”.

 

No caso de João Miguel Tavares as suas palavras têm de ser lidas à luz da ânsia em ver Rui Rio apeado de líder do PSD para ressuscitar Passos Coelho. Por isso até tem razão quando aborda a esdrúxula proposta de Rui Rio em criar condições para algumas cadeiras da Assembleia da República ficarem vazias: “é uma visão infantil do mundo, que reflete uma profunda ignorância sobre aquilo que a política é e para que serve”.

 

Não é, porém, pelo facto de dizer aqui e acolá alguma coisa certa, movido pelas suas obscuras razões, que o discursador escolhido por Marcelo para «abrilhantar» este 10 de junho perca a áurea ganha nas redes sociais, onde é tido como um «caluniador profissional».

Veja o original em 'Ventos Semeados':

https://ventossemeados.blogspot.com/2019/06/desequilibrios-mediaticos-e-equivocas.html

Artigos relacionados

Pilger: é hora de salvar o jornalismo
Pilger: é hora de salvar o jornalismo Há uma guerra global pelo controle de informações. Divulgá-las provoca fissuras no sistema, como já fizeram Assa... 48 views Sat, 22 Jun 2019, 20:48:55
A Constituição hackeada e o jogo para criminalizar o jornalismo invest...
A Constituição hackeada e o jogo para criminalizar o jornalismo invest... Tânia Maria de Oliveira * | Carta Maior Do Pentágono Papers, em 1971, quando Daniel Ellsberg, analista milita... 39 views Sat, 22 Jun 2019, 20:47:05
SIRESP (finalmente) na esfera pública
SIRESP (finalmente) na esfera pública Foi aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros o decreto-lei que «transfere integralmente para a esfera públi... 63 views Thu, 13 Jun 2019, 23:15:12
Portugal | Desequilíbrios mediáticos e equívocas opiniões
Portugal | Desequilíbrios mediáticos e equívocas opiniões Jorge Rocha* | opinião Não é que não o soubéssemos, mas o estudo divulgado pelo MediaLab do ISCTE veio confi... 65 views Tue, 11 Jun 2019, 18:41:15
SINDICATO DOS JORNALISTAS INDIGNADO COM ANÚNCIO DE DESPEDIMENTOS NO GL...
SINDICATO DOS JORNALISTAS INDIGNADO COM ANÚNCIO DE DESPEDIMENTOS NO GL...   O Sindicato dos Jornalistas (SJ) reage com indignação às declarações do acionista maioritário do... 32 views Fri, 10 May 2019, 18:53:31
Os milhares de censores oficiais e as dezenas de milhares oficiosos
Os milhares de censores oficiais e as dezenas de milhares oficiosos (Pacheco Pereira, in Público, 04/05/2019) O tempo está mau para as liberdades. Não na China onde está péssimo, ... 30 views Sun, 05 May 2019, 10:37:31

Comunicação

  • Criado em .
  • Visualizações: 56
Participe na Rede

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha