Portugal | Governo rejeita indemnização a família de vítima dos incêndios de 2017

Avelino Ferreira morreu no dia 7 de outubro enquanto manejava uma máquina de combate a incêndios. Secretário de Estado das Autarquias Locais diz que só podem ser indemnizadas as pessoas que morreram a 15 e 16 de outubro, ou entre 17 e 24 do mesmo mês.
Avelino Mateus Ferreira morreu aos 49 anos, em outubro de 2017, num acidente com uma máquina de arrasto que manejava no combate a um incêndio no concelho de Oleiros, num ano muito dramático, em que os fogos fizeram mais de uma centena de vítimas em Portugal.
Contudo, a família do funcionário da Câmara de Oleiros não vai receber indemnização. Isto porque, apesar de ter morrido a combater um incêndio, Avelino morreu no dia 7 de outubro e não nos dias 15 e 16 ou entre 17 a24 do mesmo mês.


Conta a SIC Notícias que, logo em junho de 2018, a Provedoria de Justiça notificou a família da vítima, dizendo que nada podia fazer porque as resoluções do Conselho de Ministros não abrangiam o dia 7 de outubro. Mesmo assim, o caso foi enviado para o gabinete do primeiro-ministro.

Já em janeiro deste ano, António Costa informou o município de Oleiros que a situação estava a ser analisada pelo secretário de Estado das Autarquias Locais. Só que, dois meses mais tarde, chegou a notícia que afinal, não havia mesmo tratamento de exceção.

A resposta do Governo gerou indignação e até o presidente da Câmara de Oleiros ficou revoltado com a situação.

“Envergonho-me de ser português com um primeiro-ministro que faz uma discriminação negativa com uma família pobre como ele fez. A carta veio de um chefe de gabinete do primeiro-ministro e diz que se a família entender, que recorra à via judicial e que ponha o Estado português em tribunal se entender que tem razão. Esta é a coisa mais vergonhosa que já vi. Do ponto de vista político, nunca tinha visto nada assim”, disse Fernando Marques Jorge num comunicado citado pelo antigo canal de Carnaxide.

Entretanto, a Câmara aprovou a iniciativa de apoiar financeiramente a família da vítima, nomeadamente, os dois filhos, um dos quais a estudar na Universidade de Coimbra. A autarquia prevê pagar a alimentação, propinas, alojamento e material escolar enquanto ambos estudarem.

Natacha Nunes Costa | Notícias ao Minuto | Foto: Global Imagens

Ver o original em 'Página Global' na seguinte ligação:

https://paginaglobal.blogspot.com/2019/05/portugal-governo-rejeita-indemnizacao.html

Artigos relacionados

Fogos em Portugal: Desastre terreno e aéreo que custa muitos milhões
Fogos em Portugal: Desastre terreno e aéreo que custa muitos milhões Se vem aqui rebuscando apontamentos e acontecimentos relacionados com as ditas Eleições Europeias desiluda-se, n... 120 views Wed, 15 May 2019, 18:08:45
"Estamos a morrer aos poucos." Seis meses após o fogo, ainda nenhuma c...
"Estamos a morrer aos poucos." Seis meses após o fogo, ainda nenhuma c... Passados seis meses do incêndio que durante mais de uma semana destruiu casas e floresta no concelho de Monchiqu... 26 views Fri, 01 Feb 2019, 16:03:58
Orgulho ou vidas humanas: por que EUA não compram aviões russos para l...
Orgulho ou vidas humanas: por que EUA não compram aviões russos para l... CC BY 2.0 / Pavel Vanka Todos os anos, os EUA sofrem múltiplos incêndios florestais, mas os aviões usados pa... 35 views Mon, 12 Nov 2018, 15:58:46
Promotores imobiliários explicam ação contra Cascais, Estado e ...
Promotores imobiliários explicam ação contra Cascais, Estado e ... Claro, às vezes há coincidências... Afinal o  que querem é que a Câmara (com os nossos impostos) exproprie «com ... 122 views Fri, 12 Oct 2018, 14:09:22
Dois promotores imobiliários põem ação contra Cascais e Turismo ...
Dois promotores imobiliários põem ação contra Cascais e Turismo ... Tão estranho?! Mas estes terrenos não estavam protegidos da construção ? Então agora querem que paguemos por ter ardi... 78 views Thu, 11 Oct 2018, 16:54:28
Terrenos à venda horas após ser apagado o incêndio de Cascais
Terrenos à venda horas após ser apagado o incêndio de Cascais Estranho!A proibição de construção em terrenos ardidos existe há muitos anos em Cascais. Será que tinha caducado para qu... 1544 views Wed, 10 Oct 2018, 16:16:14

Incêndios

  • Criado em .
  • Visualizações: 123

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha