• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Portugal… dos trafulhas | Berardo diz que tentou "ajudar os bancos"

Manifestação da Administração Pública reuniu milhares em Lisboa

Milhares de trabalhadores da Administração Pública participaram esta sexta-feira, em Lisboa, na manifestação nacional convocada pela Frente Comum para respostas do Governo às suas reivindicações.

Trabalhadores da Administração Pública na manifestação convocada pela Frente Comum, 10 de Maio de 2019CréditosANTÓNIO PEDRO SANTOS / LUSA

Da Praça do Marquês de Pombal até às proximidades da residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, milhares de funcionários da Administração Pública estiveram hoje nas ruas da capital a gritar palavras de ordem, como «Basta de congelamento, queremos o nosso aumento».

A Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP-IN), promotora da manifestação,​​​​​​ afirmou ser «lamentável» que o Executivo do PS, apesar de ter todas as condições políticas para uma «mudança efectiva» na «melhoria das condições de vida e de trabalho na Administração Pública», tenha optado ao invés por uma estratégia de tentar colocar «trabalhadores contra trabalhadores».

A ideia foi reforçada esta tarde pela coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila, que sublinhou aos jornalistas que o Governo «tem todas as condições» para dar uma resposta concreta às exigências dos trabalhadores do Estado, devendo por isso voltar à mesa para negociar «de forma séria».

A Frente Comum tem exigido negociações com o Governo relativas ao caderno reivindicativo para 2019, no qual exige aumentos salariais para todos, num mínimo de 60 euros para as remunerações mais baixas e 4% para as restantes, em oposição ao aumento discriminatório imposto pelo Governo, que mantém o congelamento desde 2009 para mais de 600 mil trabalhadores.

Outras reivindicações passam pela revisão da Tabela Remuneratória Única, a contagem de todo o tempo de serviço para o efeito das progressões, a reposição e valorização das carreiras, a regulamentação do suplemento de insalubridade, risco e penosidade, bem como o fim da precariedade no Estado e a conclusão do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública.

Questionada sobre o chumbo hoje no parlamento da recuperação integral do tempo de serviço congelados aos professores, Ana Avoila frisou que o Governo «não ganhou a guerra», considerando ser «uma etapa» num processo para o qual os trabalhadores vão «lutar até ao fim, até conseguirem o seu objectivo».

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/trabalho/manifestacao-da-administracao-publica-reuniu-milhares-em-lisboa

Artigos relacionados

Resistência negra: escravos fizeram greves muito antes dos imigrantes
Resistência negra: escravos fizeram greves muito antes dos imigrantes Há quem tenha indicado que a greve dos tipógrafos de 1858 foi a primeira no Rio de Janeiro. Mas, já na década de 1... 75 views Wed, 15 May 2019, 18:09:44
Dez milhões de idiotas
Dez milhões de idiotas (Miguel Sousa Tavares, in Expresso, 11/05/2019) MST   AJude a Estátua de Sal. Click aqui   1 Afi... 148 views Sat, 11 May 2019, 11:28:19
Seu artigo publicado no jornal Costa do Sol com o título "O princípio ...
Seu artigo publicado no jornal Costa do Sol com o título "O princípio ... OPINIÃO (recebido o pedido de publicação sobre um artigo publicado no "Costa do Sol") José Coelho Martins Exmo. Sr. Ve... 177 views Wed, 08 May 2019, 22:59:50
Aumento do IRS dos professores
Aumento do IRS dos professores Tantos membros do Governo a insistirem num truque nada sério De António Costa a Mário Centeno, passando por Augusto... 57 views Thu, 09 May 2019, 15:07:03
Os professores no muro europeu
Os professores no muro europeu O que podemos pensar sobre a recuperação económica do país quando o governo afirma que não há dinheiro para pagar aos ... 53 views Wed, 08 May 2019, 19:41:33
António Costa, o seu Bobi e a promessa feita ao meu genro...
António Costa, o seu Bobi e a promessa feita ao meu genro... «António Costa entendeu passear uma escova de dentes na Assembleia da República e as direitas tresmalhadas perguntar... 86 views Tue, 07 May 2019, 09:58:59

Conflitualidade social

  • Criado em .
  • Visualizações: 76

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe os seus comentários

  1. Posting comment as a guest. Sign up or login to your account.
0 Characters
Anexos (0 / 5)
Share Your Location

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha