• Início
  • Artigos
  • Portugal
  • Luta pela urgência de mais funcionários na Escola BS Oliveira Júnior

Trabalhadores da Administração Pública saem à rua esta sexta-feira

Dezenas de milhares de trabalhadores da Administração Pública são esperados, em Lisboa, na manifestação nacional da Frente Comum, num protesto contra a falta de resposta do Governo às suas reivindicações.

Greve dos trabalhadores da Administração Pública em vários sectores. Foto de arquivo. Créditos / Frente Comum

A manifestação nacional que se realiza amanhã, para a qual estão previstos «muitos milhares» de trabalhadores oriundos de todos os distritos do País, está programada para arrancar às 15h do Marquês de Pombal, em direcção à residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento.

«Pensamos que esta manifestação vai ter muitos milhares de pessoas», frisou ontem aos jornalistas Ana Avoila, coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública (CGTP-IN), em conferência de imprensa, tendo acrescentado que há um «descontentamento geral» com «a postura inqualificável do Governo».

Em comunicado, a Frente Comum considerou ser «lamentável» que o Executivo do PS, apesar de ter todas a condições políticas para uma «mudança efectiva» na «melhoria das condições de vida e de trabalho na Administração Pública», optando ao invés por uma estratégia de tentar colocar «trabalhadores contra trabalhadores».

«O Governo, ao não se sentar [nas negociações] faz uma demonstração, não só de falta de respeito pelos sindicatos, mas sobretudo pelos trabalhadores e indicia que não está disponível para responder aos problemas», acrescentou Ana Avoila.

Os trabalhadores da Administração Pública exigem aumentos salariais para todos, num mínimo de 60 euros para as remunerações mais baixas e de 4% para os restantes, em oposição ao aumento discriminatório imposto pelo Governo, que mantém o congelamento que persiste desde 2009 para 600 mil trabalhadores.

Outras reivindicações passam pela revisão da Tabela Remuneratória Única, que está desactualizada há anos, a contagem de todo o tempo de serviço para o efeito das progressões, a reposição e valorização das carreiras, a regulamentação do suplemento de insalubridade, risco e penosidade, bem como o fim da precariedade no Estado e a conclusão do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública.

 

Ver original em "AbrilAbril" na seguinte ligação:

https://www.abrilabril.pt/trabalho/trabalhadores-da-administracao-publica-saem-rua-esta-sexta-feira

Artigos relacionados

Câmara de Almada responde a greve com «práticas inaceitáveis»
Câmara de Almada responde a greve com «práticas inaceitáveis» Os trabalhadores da limpeza da Câmara Municipal de Almada acusam o Executivo PS/PSD de estar a usar «mecanismos ilegai... 62 views Wed, 12 Jun 2019, 17:11:21
Governo tem de agir perante as ilegalidades no sector dos Transportes ...
Governo tem de agir perante as ilegalidades no sector dos Transportes ... Continua por cumprir, em várias empresas do sector, o contrato colectivo de trabalho vertical assinado em Outubro de 2... 49 views Tue, 11 Jun 2019, 18:48:42
Greve força acordo na Paço Rápido
Greve força acordo na Paço Rápido Após três dias de greve, os motoristas da Empresa Transportadora Paço Rápido, em Lisboa, conseguiram forçar a entidade... 68 views Fri, 10 May 2019, 18:51:20
Assegurados direitos sindicais na PSP
Assegurados direitos sindicais na PSP A Assembleia da República acabou por assegurar a necessária consensualização no sentido de alterar apenas o que é esse... 23 views Sun, 05 May 2019, 10:41:06
Parlamento aprova contagem integral do tempo dos professores mas sem p...
Parlamento aprova contagem integral do tempo dos professores mas sem p... O Parlamento aprovou esta quinta-feira uma alteração ao decreto-lei do Governo, estipulando que o tempo de serviço a r... 66 views Fri, 03 May 2019, 14:47:33
Forte adesão na fábrica ATF da Navigator voltou a parar produção
Forte adesão na fábrica ATF da Navigator voltou a parar produção Os trabalhadores da fábrica About the Future (ATF), em Setúbal, iniciaram uma greve de quatro dias por aumentos salari... 57 views Fri, 26 Apr 2019, 17:02:04

Trabalho

  • Criado em .
  • Visualizações: 48
Participe na Rede

Para estar informado(a)

Registo para receber a informação da Plataforma Cascais

captcha